sábado, 13 de outubro de 2007

Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço

A cultura da estupidez não é domínio exclusivo do Brasil. Parece que o mundo foi tomado por uma epidemia aguda jabazeira. Quanto mais absurdos você fala, mais gente aplaude.

O prêmio Nobel sempre foi uma das mais altas condecorações que uma pessoa poderia receber. Claro que erros as vezes acontecem, pessoas que mereciam não recebem e pessoas sem grandes contribuições acabam por recebê-lo. Mas o que aconteceu em relação ao prêmio Nobel da paz esse ano ultrapassa todos os limites do absurdo. O comitê responsável pelo Nobel da paz comete erros não é de hoje, já concedeu inclusive o Nobel da paz para TERRORISTAS. Isso mesmo, já tivemos terroristas, pessoas que mataram (ou participaram ativamente) da morte de inocentes, recebendo o prêmio Nobel da paz. Mas dar o Nobel da paz para Al Gore é ridículo, não é erro é má fé. Tivesse Al Gore um pingo de vergonha na cara não aceitaria o prêmio. Motivo: ele sabe perfeitamente bem que não merece o prêmio. Se o comitê do Nobel lhe deu o prêmio isso mostra que o comitê perdeu o juizo, mas não o isenta de manter o seu.

O que Al Gore fez para receber o prêmio? Fez palestras e um filme a respeito do aquecimento global. Só isso. Pergunto: Al Gore deixou de usar seu jatinho particular? NÃO. Al Gore deixou de usar sua mansão que consome muita energia? NÃO. Por acaso ele deixou de usar seu carro luxuoso e passou a usar um modelo mais econômico? NÃO. Ou seja, Al Gore é mais um dos democratas pronto a dizer “Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

Em resumo, o Nobel da Paz foi para uma pessoa que NADA fez pelo mundo, mas que ganhou muita reputação dizendo o que os outros deveriam fazer. Uma vergonha. Notem que eu nada digo a respeito da controvérsia sobre o aquecimento global acontecer ou ser provocado por humanos (o que é extremamente discutível), digo apenas que dar um prêmio dessa importância para um hipócrita é o fim da picada.

4 comentários:

Badger disse...

Ele está em boa companhia: Arafat, Carter, Annan, ElBaradei, Menchú e a instituição mais corrupta do mundo, as Nações desUnidas. Este prêmio Nobel da paz é uma grotesca piada.

Totti_ucb. disse...

Professor essa é a piada do ano, isso deve ter sido armado para que Al gore
possa ter uma chance de vencer as proximas eleiçoes nos EUA. oque nao me admira ja que politico é tudo igual tanto aqui como lá!

Anônimo disse...

morro de rir quando republicano cospe marimbondo... go Hillary!

Anônimo disse...

Não devomos nos esquecer que a administração Clinton, da qual Al Gore foi vice-presidente, não ratificou o protocolo de Kioto.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email