segunda-feira, 5 de novembro de 2007

A Noção de Democracia dos Sindicatos

Este post não faz distinção entre sindicato patronal e sindicato de trabalhadores. Ambos possuem uma noção um tanto esquisita de democracia: acreditam que TODOS devem pagar por seus serviços. Não importa se você irá usá-los ou mesmo se você quer o serviço por eles prestados, os sindicatos acham democrático que você deva pagar a eles uma contribuição. Por que? Por que dar parte de nosso trabalho a um sindicato? Resposta: existem situações onde alguns podem estar em situação melhor caso sejam filiados a sindicatos. Sim, isso é verdade. CONTUDO, se é verdade que estarei em situação melhor caso seja filiado a um sindicato, então por que me obrigar a isso? Resposta: não há razão para isso. Caso eu esteja melhor me filiando a um sindicato, então será de meu interesse fazê-lo. Não é necessário que me obriguem a isso. Em resumo: a filiação a um sindicato deve ser OPTATIVA, não obrigatória. Isto é, quem quiser se filiar a um sindicato que faça isso. Mas deve ser garantido aos demais o direito de não se vincular a grupos com os quais você não tem interesse em se associar.

Sempre é perigoso elogiar um deputado, mas ai vai um elogio à coragem de Augusto Carvalho (PPS-DF). Digo coragem, pois ele é nitidamente ligado a movimentos de esquerda. No Brasil é assim, ao invés dos partidos que fingem ser direita pedirem a extinção da contribuição sindical, quem pediu a extinção desse estúpido IMPOSTO foi alguém de esquerda. Parabéns Augusto Carvalho. Para os que não sabem, a contribuição sindical OBRIGA TODOS os trabalhadores a pagarem o valor de um dia de seu trabalho. Esse dinheiro financia boa parte da atividade sindical no país. Aos curiosos: da próxima vez que você ver um líder sindical andando de carro importado ou alugando avião particular, saiba que ali está mais um bom uso de sua contribuição sindical.

Existem pessoas que defendem sindicatos, eu não sou uma delas. Mas mesmo os defensores dos sindicatos sabem que a cobrança OBRIGATÓRIA dessa contribuição está longe de ser democrática. Mas como bons democratas que são falam uma coisa e fazem outra. Veja o exemplo da centrais sindicais (todas elas): reconhecem que a cobrança dessa contribuição é errada, mas ao mesmo tempo pressionam os deputados a não extinguí-la. Se você sabe que algo é errado mas continua fazendo a coisa errada, qual é o nome que você recebe? Pois esse é o nome que deve ser dado às centrais sindicais. Fazem algo que sabem estar errado, reconhecem que é errado, mas continuam fazendo.

Se você tiver um tempo, escreva para algum deputado ou senador: diga claramente que você é contra mais esse IMPOSTO que é a contribuição sindical. Se os sindicatos querem clientes, que façam como qualquer empresa: mostrem que o benefício de associação é maior do que o custo. O que não vale é usar o Estado para garantir essa regalia.

2 comentários:

Anônimo disse...

sindicato gosta mesmo da mordamia. FIM DO IMPOSTO SINDICAL!!!!

Anônimo disse...

Concordo que esse imposto e um absurdo e deve acabar mesmo, mas fiquei aqui me perguntando:

por que diabos o Sr Augusto Carvalho, que fez sua carreira no movimento sindical bancario esta agora defendendo o fim da contribuicao sindical. Pode ser que ele sempre tenha sido contra, o que seria mesmo de parabenizar. Pode ser bem que os atuais detentores do poder no sindicato nao lhe sejam afaveis e assim quer retribuir a gentileza...

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email