domingo, 17 de fevereiro de 2008

Inveja Mata

É fato notório que as pessoas que menos entendem de futebol no mundo são os comentaristas esportivos. Impressiona o despreparo desses profissionais para comentar qualquer partida de futebol. Hoje vimos mais um exemplo: os comentaristas se apressaram em exaltar o belo gol de Alan Kardec (no jogo Vasco x Flamengo). Realmente foi um belo gol, mas uma pessoa que entende o mínimo de futebol se faria a seguinte pergunta: por que um centroavante rápido, recebendo a bol na frente da zaga, dá um breque para driblar o zagueiro? Alan Kardec marcou um golaço, mas fez a jogada errada. Quando um atacante recebe a bola na frente da zaga, ele apenas avança em direção ao gol, não há necessidade de tentar outra jogada.

O que mais chama a atenção em relação à inabilidade dos comentaristas esportivos é a inveja notória em relação ao sucesso do campeonato carioca. Inveja e desprezo esses só comparáveis ao absurdo apreço pelo campeonato paulista (aquele que tem o Guaratinguetá como líder). A todo momento aparece algum “expert” para dizer: “o campeonato carioca só tem 3 ou 4 rodadas, o resto é jogo de mentira”. Engraçado é que os mesmos comentários maldosos NUNCA são feitos ao campeonato paulista. Ou você vai me dizer que Guaratinguetá x Sertãozinho é um clássico nacional? O campeonato paulista também está recheado de times horríveis, tal como qualquer campeonato mundo afora, por que só reclamar do carioca? Contudo, confesso que não tenho como não rir ao ouvir o hino nacional sendo tocado antes do início do clássico Bragantino x Portuguesa Santista. Cá entre nós, o hino nacional não merece esse tipo de homenagem.

Outro absurdo comumente falado, em anos passados, pelos comentaristas, refere-se a times pequenos chegando à frente de times grandes no campeonato carioca. Eles atribuíam isso à péssima organização dos times cariocas. Nesse ano os líderes do campeonato paulista são guaratinguetá, noroeste e ponte preta, por que os mesmos comentaristas não criticam agora a organização dos grandes times paulistas? A verdade é que times pequenos baterem times grandes em campeonatos estaduais não é um fato isolado e muito menos absurdo. O que acontece é que os grandes times brasileiros disputam competições até dezembro, e os campeonatos estaduais começam no começo de janeiro. Assim, times pequenos tem muito mais tempo para se preparar do que os grandes. Nada mais natural do que eles se saírem melhor no começo da temporada. Obviamente, assim que a temporada avança os grandes fazem valer seu melhor plantel.

Nesse ano, no campeonato paulista, vários times que estão na divisão principal não disputam nenhum campeonato nacional. Dessa maneira, tiveram tempo de sobra para se preparar, daí o sucesso deles. Quanto tempo será que os comentaristas esportivos levarão para entender isso?

Por fim, os amantes do campeonato liderado por Guaratinguetá e Noroeste podem fazer cara feia, mas o campeonato carioca é um sucesso. Aliás, além da equipe da Bandeirantes, alguém acompanha o campeonato paulista?

11 comentários:

Nemerson Lavoura disse...

É verdade. Eu só lamento, entretanto, a decadência do Bangú de do América, clubes com grande tradição que mereciam sorte melhor. No entanto, sem uma torcida grande para pressionar os dirigentes, a má administração faz estragos maiores...

Anônimo disse...

Não dá pra ser imparcial nesse assunto. Quem torce pra time paulista, vai falar que o Paulista é melhor. Você, Adolfo, pode não acompanhar o Paulistão, mas todos os torcedores de times paulistas acompanham.
Mas uma coisa é fato: Os pequenos cariocas não se comparam aos pequenos paulistas. Os paulistas têm muito mais dinheiro, têm time bem melhor.
Grande carioca x pequeno carioca é sempre goleada, e alguns gostam desse tipo de campeonato. Eu prefiro mais competição, igual o Paulistão, mas cada é cada um.
Todo mundo já ouviu falar em Ponte Preta, São Caetano, Barueri, etc. E do Rio eu só conheço Vasco, Flamengo, Botafogo e Fluminense... Não é à toa que os paulistas dominam a Série B.
O Carioca só tem 4 times e nem é 'estadual', visto que só tem jogos na cidade do Rio de Janeiro.
Já o Paulista pode ser chamado de Campeonato Estadual.

Anônimo disse...

No meu ponto de vista, os comentaristas esportivos estão mais para manipuladores de passe de jogadores do que comentaristas, sendo assim eles podem engrandecer em determinado campeonato e detonar outro, aumentar um passe e desvalorizar outros, contudo, os meios de comunicação e comentaristas, são mais manipuladores do que qualquer outra coisa,.....

Irineu disse...

Adolfo,

O campeonato carioca eh tao excitante para seus fas, porque o torcedor carioca sabe que seus clubes sao figurantes no campeonato brasileiro...

Por outro lado, para o torcedor paulista, o campeonato paulista eh apenas um aquecimento para o prato principal, a Libertadores ou o brasileiro.

Aluno Ucb disse...

Pr. Adolfo,
Me desculpe não concordar com suas opiniões:
Primeiro, declarar que Alan Kardec fez uma jogada errada, é não se lembrar de alguns dos grandes jogadores que fizeram história no futebol mundial. O que dizer de um Garrincha, que inumeras vezes fingia ir para frente e voltava com a bola deixando seu marcador desnorteado, ou um Pelé que quantas vezes dava o drible da vaca, chapeuzinho, e tantos outros que, muitas vezes, não foram em direção ao gol. E mesmo assim foi o maior goleador Brasileiro. Dizer que Alan Kardec deveria ter ido em direção ao gol, é ter o mesmo raciocinio óbvio que teve seu marcador naquele momento. Por isso o o futebol é tão bonito: Alguns jogadores não fazem o óbvio.
Sou torcedor do Fluminense. Mas acho o campeonato paulista mais dificil e mais emocionante. No carioca, a muito tempo não vemos outro time campeão que não seja um dos quatro grandes. Isso deixa o campeonato muito previsivel.

Tião Carreiro disse...

Adolfo, Adolfo...
Muito cuidado com a cerveja que você anda bebendo. É sempre bom olhar a data de validade. Você esqueceu de mencionar a brilhante regra do campeonato fluminense: os quatro grande não fazem NENHUM jogo fora da capital. Bom, aí fica fácil fazer a super-semi-final desse ano. E outra, faço minhas as palavras de um outro comentário, que nenhum clube pequeno do Rio sequer amarra a chuteira de um clube pequeno de SP. Mas, apreciador de jogos que sou, gosto muito de dados.

CAMPEONATO BRASILEIRO (PÓS 1971)
Rio: 11 (com as colheres-de-chá de 1987 e 2000)
SP: 16

COPA DO BRASIL
Rio: 3
SP: 5

LIBERTADORES
Rio: 2
SP: 6

MUNDIAL DE CLUBES
Rio: 1
SP: 5

E, por fim, o verdadeiro tira-teima
TORNEIO RIO-SP
Rio: 10
SP: 17

Como se vê... acho melhor a Federação do Rio jamais aceitar a filiação de times cuja sede fique a oeste da Serra da Mantiqueira.

Abraço

Anônimo disse...

ô Irineu,

A CIDADE do Rio tem quatro clubes na série A e dois na libertadores. O ESTADO de São Paulo tem quantos na libertadores e quantos na série A?

Abraço,

Roberto

Pedro disse...

Adolfo, lendo esse post creio que me ficou claro somente uma coisa: você torce para um time do Rio! Do meu ponto de vista é absurdo comparar o Campeonato Paulista com o Carioca. Enquanto grandes craques do Carioca são Edmundo, Romário, Dodô, Fábio Luciano, o goleiro Tiago e outros decadentes (salvo o último), no Paulista existem Rogério Ceni, Valdívia, Adriano, Kleber, Felipe e por ai vai. Acho que você esqueceu alguns pontos importantes. No campeonato Carioca os grandes só jogam em casa diante da sua torcida. Tem duas chances de chegar à final do campeonato com a Taça Rio e a Guanabara e jogam com times infinitamente inferiores. Basta olhar a série B do Campeonato Brasileiro e ver quantos são os Cariocas e os Paulistas. Poupando seu trabalho não há nenhum Carioca e vários Paulistas, dentre eles o Santo André campeão da Copa do Brasil em cima do Carioca Flamengo e atualmente participante da série A-2 do Campeonato Paulista. Gostaria de estender-me ainda nesse assunto, mas infelizmente me falta tempo e acima de tudo uma injeção de ânimo, já que é tão maior a superioridade dos Paulistas sobre os Carioquinhas.

Irineu disse...

Roberto,

SP tem 4 na Serie A e 2 na Libertadores tambem alem de uma pa na Serie B... A diferenca eh que um paulista vai ganhar a Libertadores e o Brasileiro... Enquanto o lixao do Flamengo...

Anônimo disse...

"O que acontece é que os grandes times brasileiros disputam competições até dezembro, e os campeonatos estaduais começam no começo de janeiro. Assim, times pequenos tem muito mais tempo para se preparar do que os grandes. Nada mais natural do que eles se saírem melhor no começo da temporada."

César Carlos
Aluno Economia II

Os pequenos clubes disputam as séries "B" ou "C", logo permanecem jogando até o final do ano. Talvez o entrosamento seja uma resposta para o sucesso inicial de equipes pequenas. Grandes clubes desmancham suas equipes ao término de cada ano, pequenos times permanecem, em sua maioria, com os mesmos desconhecidos jogadores.

Cesar R. Delfino Campos disse...

Quanto bairrismo !!!

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email