segunda-feira, 5 de maio de 2008

Divulgação do Índice de Custo de Vida do Distrito Federal

Hoje foi divulgado o Índice de Custo de Vida do Distrito Federal (ICV-DF), indicador inédito que mede a variação no custo de vida do Plano Piloto e de 3 cidades satélites: Taguatinga, Ceilândia e Guará. O ICV-DF é calculado pelo curso de Economia da Universidade Católica de Brasília, em conjunto com a Empresa Júnior de Economia e com os alunos de Gestão Macroeconômica. Abaixo algumas informações interessantes:

O custo da cesta básica no Plano Piloto é 11,3% superior ao custo da mesma cesta na cidade de São Paulo. Comprar a cesta básica em Taguatinga representa uma economia de 3% em relação à mesma cesta no Plano Piloto, em termos de produtos, essa economia equivale ao consumo de arroz de uma família de 4 pessoas por um mês.

Comprar a cesta básica no supermercado mais barato pode significar uma economia de até 90 reais/mês, o que equivale a uma economia de 27% do custo da cesta básica. Além disso, comprar as marcas mais caras, ao invés das mais baratas, pode representar um aumento de 100% no custo da cesta básica.

Na média, o aluguel mensal de um apartamento no Plano Piloto custa R$ 1.825 (R$ 18,15 o metro quadrado) contra um aluguel médio de R$ 479 em Taguatinga (R$ 7,87 o metro quadrado), R$ 380 em Ceilândia (R$ 7,20 o metro quadrado), e R$ 671 Guará (R$ 9,61 o metro quadrado). Nas 5 quadras mais caras do Plano Piloto o aluguel mensal médio custa R$ 4.060. Já nas 5 quadras mais baratas de Ceilândia o aluguel mensal médio custa R$ 261.

Uma família composta de 4 indivíduos, com renda familiar média mensal de 10,3 salários mínimos, que reside num apartamento de 3 quartos no Plano Piloto consome, em média, 47% de sua renda com gastos referentes a alimentação e aluguel; valor esse que cai para 29% se a família residir num apartamento de 3 quartos em Taguatinga; 18% caso o imóvel seja em Ceilândia; e 25% num imóvel situado no Guará.

5 comentários:

Anônimo disse...

Muito bem-vindo o índice de custo de vida do distrito federal. Ajudará a compreender melhor a economia local. Parabéns ao Curso de Economia da Católica! - Cedric

Ricardo disse...

Muito interessante esse índice, ajudar a entender a economia local. Parabéns pela iniciativa.

Anônimo disse...

Quando foi divulgado na UCB, que dentro em breve estaria sendo divulgado esse novo índice, confesso que não tive tanto interesse pelo assunto e achei até que seria algo sem muita importância. Ledo engano.
Ontem dia 05/05/2008 estive no auditório do Bl. M, e pude constatar o quanto estava errado. Muitas informações pertinentes, interessantes e principalmente novas, para balizar nossa decisão de compra, moradia, transporte e outras.
Felizmente ando com o rádio ligado na CBN, pois hoje fui surpreendido pelo anúncio de uma entrevista ao vivo com o Prof. Adolfo Sachsida, e outra vez fomos brindados com mais informações interessantes. Digo brindados, principalmente porque para nós que somos estudantes da UCB é motivo de alegria, quando vemos surgir em nosso meio, idéias que corroboram com a sociedade.
Parabéns aos alunos que estão a frente deste projeto, e principalmente ao prof. Adolfo que tem dado o suporte necessário para que não seja apenas um embrião, mas cresça de forma consistente e sólida.
Alcimar Nascimento

Anônimo disse...

Ótimo trabalho!!! E que idéia heim!!!

Bastante oportuno a criação do ICV-DF. Ademais, nesse momento em que os preços devem ser acompanhados rigorosamente, pois contribuem de forma significativa em nossas decisões de consumo e investimento.

Parabéns professor e alunos da UCB!!!

Marcos Paulo

habibinhos disse...

Caros listeiros:
Sou do rio grande do sul e irei para o df realizar o concurso do ibama em janeiro de 2009.
gostaria de saber o custo de vida no df o meu salario base sera de aproximadamente 4100 por messou casado mas nao tenho filhos.
por favor me auxiliem, preciso alugar um apartamento de 2 quartos, e coisas como internet, tv a cabo e etc.
em porto alegre onde vivo gasto 700 reais de aluguel em um bairro muito bom e cerca de 450 reais em alimentacao por mes para mim e minha esposa.
gostaria de saber se com o salario pretendido de 4100 reais seria viavel uma vida "melhor" do que a que tenho aqui.
muito grato
guilherme guerra
mahmoudpoa@hotmail.com

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email