quinta-feira, 26 de junho de 2008

Você x Estado

Quem sabe o que é melhor para você? Você ou o Estado?
Quem sabe a melhor maneira de educar seus filhos? Você ou o Estado?
Quem sabe a melhor estratégia para sua empresa? Você ou o Estado?
Se você acredita saber o que é melhor para você, acredita saber educar seus filhos e como gerir sua empresa, então você é um liberal.

Quem é o dono de sua propriedade? Você ou o Estado?
Se você acredita que sua casa é sua, que seu carro é seu, que seu dinheiro é seu, então você é um liberal.

Você acredita em propriedade privada? Você acredita na importância da liberdade?
Se você defende a propriedade privada e a liberdade individual, então você é um liberal.

Nós liberais acreditamos que as pessoas sabem o que é melhor para elas; acreditamos que os pais sabem o que é melhor para seus filhos; acreditamos no direito à propriedade privada e no direito inalienável à liberdade de escolha, o direito ao livre-arbítrio.

Escolha o nome que quiser, mas se você defende a liberdade individual e a propriedade privada, então você é um liberal.

3 comentários:

Fabio disse...

Problema: o que o indivíduo acha bom para si ele não acha bom, necessariamente, para os outros. Veja os exemplos dos empresários: eles concordam, em princípio, com a competição, mas não no setor deles! Estão sempre tentando um subsídio aqui, uma proteção ali, etc. Podem até se definir como liberais, mas só quando lhes convém.

Joao Melo disse...

Adolfo, ainda não sou o rei Luís XIV, mas O ESTADO SOU EU.
Diante disso, eu defendo que o Estado faça a parte dele,(mínimo e competente) mas EU sei o que é melhor para mim. E disso não posso deixar o ESTADO controlar.
Seu ex-aluno, direto da floresta, tentando melhorar este BRASIL.

MGuedes disse...

Pode ser, até, que o comentário a seguir suscite antagonismos, mas vamos lá.

Estado, no Brasil, não existe. Logo, como competir “você vs estado”? É uma abstração. Competir com abstração é negócio para star wars. Agora, o que existe e é bem real, são os políticos. Assim, estado são os políticos, reais, vivos e vivaldinos.

Quem são os políticos? Simplesmente os donos do poder, donos dos cofres, senhores da tributação, têm como objetivo permanente farta ordenha do leite da população ($, $, $) e o estabelecimento de regras de controle geral, formas eficazes de garantia de manutenção do status. O resto que se dane.

Portanto, o jogo (isso, na verdade é um tipo de jogo, faz lembrar da teoria dos jogos) é com ou contra os diabos dos políticos. Até parece que próximo encontro dos liberais sinaliza neste sentido.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email