quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Brasil x Honduras

Exatamente o que o governo Brasileiro esta aprontando em Honduras? O Itamaraty deve esclarecimentos a população brasileira. Como é que Zelaya apareceu na Embaixada Brasileira em Honduras? O que outras 40 pessoas que apóiam Zelaya estão fazendo dentro da Embaixada do Brasil?

Por que Zelaya esta tão agradecido ao governo Brasileiro? O governo brasileiro forneceu logistica para a volta de Zelaya? Essas questões devem ficar claras.

Por fim, o que aconteceria se os militares de Honduras invadissem a Embaixada Brasileira? Que força tem o Brasil para evitar isso? Tudo leva a crer que estamos prontos para passarmos por mais um vexame internacional.

10 comentários:

Pedro H. Albuquerque disse...

Poucas vezes na vida eu tive tanta vergonha de ser brasileiro. Seria interessante porém descobrir se isto foi somente mais um ato burro e irresponsável do governo brasileiro, ou se foi feito com a anuência do governo americano. No último caso, seria um escândalo com repercussões internacionais gravíssimas.

Pedro disse...

Se eu fosse militar hondurenho invadia a embaixada, prendia o Zelaya, cumpria a ordem de prisão dada a ele.
DUVIDO QUE TEM MACHO NO GOVERNO AQUI NO BRASIL PRA FAZER QUALQUER COISA CONTRA HONDURAS.
Acabaria de vez com essa historinha de conselho de segurança.
O Brasil não tinha nada que se envolver.

Lully disse...

É patético...
Não havia necessidade alguma do Brasil fazer esse papel.
Não é possivel que seja só burrice!
Pra mim tem mais coisa por trás disso tudo!

Hugo disse...

Será que o Lula está querendo ter um motivo para comprar aqueles jatinhos de guerra? Essa situação me lembra do filme "Segundo em Comando" do Van Dame. Para quê meter o pentelho nessa histório, e se os militares hondurenhos resolvem invadir o local e mater brasileiros que estão lá na embaixada, o que o governo faria? Mandarei os nossos soldados pra lá? Me lembro de uma frase de uma música do Humberto Gessinger "Com a coragem que a distância dá". Se nem os Estados Unidos interviram, vem o Brasil querer fazer isso? E esse presidente deposto ai, o caro não é santinho não, queria mudar a constituição para se reeleger, ele foi deposto com o apóio do supremo, da igreja e do congresso. Não é bem um golpe militar. Lula arrancou aplausos na ONU, mas nenhum daqueles q apludiram interviram. Vamos voltar nossas discussões para os "golpes" internos, pois ao meu ver o que o Sarney anda fazendo é um verdadeiro golpe contra a ética e a moral. A indicação do Toffoli e o cancelamente da decisão do juiz lá que condenou o advogado-geral da União é um verdadeiro golpe contras os princípios da adm pública.

Thiago Alves disse...

Como disse o colega Pedro Albuquerque acima, poucas vezes senti vergonha de ser brasileiro.. e ainda vem Lula defender publicamente Zelaya, um cara que seria o próximo Chavez adotando o regime da "ditadura branca". E com cara mais lavada ainda aparece Célso Amorim declarando que está tão supreso quanto nós com a notícia de que Zelaya está abrigado na embaixada brasileira.. Sobre a questão de militares hondurenses invadirem a embaixada brasileira, acredito que não. Afinal, a embaixada é um território estrangeiro. Criaria toda uma crise diplomática desnecessária.

Anônimo disse...

O maluco do Hugo Chaves disse que armou tudo para o Zelaya chegar à embaixada brasileira. Será que havia um acordo entre o Zelaya, Hugo Chaves e Lula?
Essa estória tá muito bizarra....
Abs,
Tito.

Paulo Stéffano disse...

deixem de serem idiotas vocês querem que o Brasil entregue o presidente covardemente, não dêem uma de embaixadores, vocês não sabem nada de relações internacionais e ficam falando bobagens e criancices, o cara entrou na embaixada brasileira e vocês queriam que o Brasil demonstra-se medo dos golpistas e não deixasse o Zelaya entrar na embaixada brasileira, vocês são pura fonte de informação errada, vão estudar antes de falar.

Ginno disse...

Nossa rsrsrs o pior erro de um ser humano e ter acesso a apenas uma fonte de informações. Vamos tirar a 'redia' que a globo colocou. Vamos acessar mais meios de comunicaçãos amigo Paulo ai você vai saber que o verdadeiro golpe e do Zelaya. Em tempo, que eu saiba embaixada ou tao pouco embaixadores não são para esse tipo de situação.

Anônimo disse...

Honduras sediou o centro de operações da CIA na América Central no períodos das revoluções nicaraguense e salvadorenha. Dali partiam os "Contra", armados e treinados por oficiais americanos para derrubar os governos de esquerda daqueles países.

A elite hondurenha é entreguista e fortemente ligada ao capital americano. Finais de semana nos EUA e casa em Miami fazem parte do cardápio.

Zelaya contrariou interesse fortes, foi deposto e a comunidade internacional fica quieta sem apoiar Micheletti. O Brasil botou a cara e deixa o atual governo golpista com um enorme pepino sem solução. Há indícios que as eleições marcadas para este ano não ocorrerão, existem ameaças a embaixada brasileira e agora torniquete na imprensa. Fórmula velha conhecida de ditadores ridículos.

NUCLEAR-ARM`i´S disse...

vivemos no passado uma forte ditadura militar, durante decadas ficamos prisioneiros em nosso proprio país, sabemos q teve apoio dos estados unidos.
hoje é lá em honduras, amanha pode ser aki novamente.
não queremos ditaduras na america,
o brasil tem q tratar duramente os golpistas em hoduras, com punhos de ferro, hj estamos caminhando a ser uma potencia mundial, se
e não pode se acovardar para um governo terrorista apoiados por industrias nort americanas. se atacarem a embaixada, desejo q caiam bombas, muitas bombas nas cabeças dos golpistas. e q jamais aconteça isso novamente

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email