segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Finalmente alguém da imprensa divulga o Liberdade na Estrada

Finalmente algum veículo de imprensa divulgou o evento Liberdade na Estrada. Foi o Centro de Mídia Independente, que nos deu a pomposa manchete:

Capitalistas estão promovendo seminários nas principais instituições de ensino

O artigo começa assim:

"Mercenários neoliberais, travestidos de "libertários" e financiados pelo imperialismo ianque em prol da prostituição de toda a América Latina, estão realizando seminários nas principais instituições de ensino do país a fim de propagandear a escravidão capitalista e o anticomunismo.

Duas faculdades já foram alvos desta corja. Amanhã (dia 8) será a USP. Fique atento se sua faculdade consta na lista e sabote o evento!
"

Obrigado ao Centro de Mídia Independente pelo apoio na divulgação do evento.

22 comentários:

Luiz Mário Brotherhood disse...

Meu deus...

Bruno Aguiar disse...

Nossa senhora!

Achei que fosse mentira! Mas eles escreveram isso mesmo!

Está quase no mesmo nível daquele panfleto da crítica radical!

Anônimo disse...

Chamar tais indivíduos de energúmenos, seria algo equivalente a insultar os energúmenos. São, no máximo, uns m*****.

J. Coelho

Ginno disse...

Não me assustou em nada tal discurso, pois já presenciei um parecido feito por professores da UCB. A impressão que tive é que professores como Rogério e Adolfo constroem de um lado, e esse tipo de gente destrói do outro. Lendo isso, quem vocês acham que são os radicais?
Lamentável.

Anônimo disse...

Impressionante, quando abri o link achei que fosse um texto do tipo ironico.

José Carneiro da Cunha disse...

Beleza Adolfo,

Nossa, ri muito com a matéria... vou adicionar o site deles junto com o KibeLoco e o Jacaré Banguela... diviam participar do Top 10 Comédia... eles só não ganham do blog da Dilma e do Jornal Causa Operária.

abs

José Carneiro

Daniel disse...

Interessante que depois desses trexos eles até falam do evento sem apedrejar....
Querendo chamar leitores só isso.
De qualquer modo, hj estamos lá!

Anônimo disse...

Seria o caso de ligar para os (ir)responsáveis por esse site e perguntar o quê exatamente eles querem dizer com "sabotar o evento". Que história é essa? Quem sabe eles não gostariam de explicar isso nos autos de uma ação judicial???

Essa turminha faz o que quer porque ninguém os enfrenta com a devida energia.

abç, Daniel M.

GAbiRu disse...

cara, nao devia, mas eu ri

GAbiRu disse...

cara, nao devia, mas eu ri

cristosom disse...

Nada melhor que como uma recepção acalourada como essa. Oferece todo o ânimo que necessitamos para continuar a jornada.

Lucas Santos

Pedro H. Albuquerque disse...

Este texto é um excelente exemplo de como funciona a mente de um fascista.

Cibele Bastos disse...

Ora n devia... eu RI! hahaha!

Anônimo disse...

Ainda estou tentando entender pq sempre julgam os liberais como mercenários. Alguma coisa tem para serem tratados assim.
Achei bem curioso o link postado em um comentário da matéria. [Não sei se vc chegou a ler os comentários e se abriu o link do coment., prof.] "a contra-história do liberalismo", taí um livro que talvez explique algumas coisas.
Acredito que o cmi divulgou bem. Pior seria se tive se calado como os outros.

infelizmente, pelo menos aqui na ucb, ñ teve ninguém para verdadeiramente questionar as ideologia liberais. Acho que um debate é muito mais esclarecedor até mesmo para não parecer uma grandíssima utopia.

...agora que os discursos foram bonitos, realmente foram!

Anônimo disse...

São uns otários.

Anônimo disse...

O que seria dos "libertários" se não fossem os comunas!

Flávio disse...

Professor Adolfo, primeiramente gostaria de dizer que acompanho seu blog e compartilho algumas de suas idéias desde que vi suas palestras na semana de Economia da UEL no ano passado. Na época era estudante de economia na UEL mas me tranferi para UFMG neste ano. Enfim gostaria de lhe perguntar como foi a passagem pela UFMG, infelizmente não pude comparecer ao prédio de direito porque estava tendo uma prova de econometria na mesma manhã. Aqui é um ninho de marxistas e de todos os tipos de keynesianos, já tive alguns problemas aqui (inclusive com meu professor de Economia Política) só por ter lido o Caminho da Servidão. Enfim, gostaria de perguntar como foi o recebimento da caravana pelos marxistas e keynesianos em geral pelas faculdades do país.

ate mais professor...

Daniel disse...

De fato, a falta de informação geral essas tipos de matéria e pensamentos, se é possível chamar isso de matéria. Logo em um país de plena democracia, onde a liberdade de expressão e ideais é permitido, o que é diferente em muitos outros países, a mídia não sabe aproveitar e utiliza de meios até mesmo estúpidos ao fazer tais criticas.
O problema em questão não seria a critica ao liberalismo, e sim a falta de conteúdo, pois ao fazer uma criticar tem que se ter uma argumentação, e isso eu não pode observar.Observei sim a falta de respeito.

Anônimo disse...

Todas as universidades públicas têm marxistas e comunas. Eles são a maioria, fato!! Elas formam os alunos para saírem com as ideias de uma sociedade democrática mais justa e igualitária. Evidente que não para serem comunistas...
Ah, vai pq vc acha q o Estado, que mantêm as universidades públicas, deixaria de apoiar a visão da sociedade, descrita acima? E pq elas incentivariam a leitura de escritores/filósofos/pensadores/economistas do liberalismo? se o próprio liberalismo é contra tanta intervenção governamental? Quem acha que o governo é burro, levanta o dedo. Ele pode tomar medidas idiotas, mas tudo é pensado. Engana-se quem acha que tudo está solto.
O fato é que as universidades públicas são abarrotadas de revolucionários. E eles têm sempre as idéias marxistas como base de seus discursos.

Jacopo Belbo disse...

Professor,

O único remédio para esta turma é lítio e/ou capim, de preferência numa jaula dentro de um museu de arqueologia, onde os mesmos poderiam ser apresentados como "Verdadeiros Fósseis Vivos".

Bruno Pontes disse...

Professor Sachsida, tive o prazer ouvir sua palestra aqui em Fortaleza, semana passada. Escrevi um modesto agradecimento:

http://brunopontes.blogspot.com/2009/10/obrigado-professor-adolfo-sachsida.html

Agradeci ao senhor pessoalmente, em forma de artigo e, agora, em forma de comentário no seu blog. Obrigado pela aula!

Diego disse...

O artigo todo é hilário, mas cabe notar a melhor parte: O nome.

Mídia independente?! Independente de quem?

Alias, José Caneiro, faltou uma página que anda nos rendendo boas risadas: A do IPEA.

Google+ Followers

Share It

Follow by Email