segunda-feira, 19 de outubro de 2009

O Argumento da Segurança Nacional

Um argumento popular contrário ao livre comércio refere-se à segurança nacional. Isto é, argumenta-se que um país deve estimular determinadas indústrias de defesa para que possa se defender, sem depender do resto do mundo, em caso de guerra.

O argumento da defesa nacional visa fortalecer as indústrias nacionais de armas e equipamentos de defesa, em detrimento da compra de equipamentos melhores e mais baratos que podem ser encontrados no resto do mundo.

Vale a pena ler esta manchete: "Exército veta compra de metralhadoras". Graças a esse procedimento, policiais e cidadãos que poderiam estar vivos hoje estão a mercê dos criminosos. Ou seja, o procedimento de impedir a compra de melhores equipamentos no exterior, para fortalecer a indústria nacional, gerou o efeito contrário: DIMINUIU a segurança nacional e nos coloca cada vez mais como vítimas de criminosos.

Interessante o discurso do Presidente Lula, dizendo estar disposto "a fazer o sacrifício necessário para limpar a sujeira que essa gente impõe ao Brasil". Caro Presidente, o primeiro passo é deixar que os policiais tenham acesso aos melhores equipamentos disponíveis, pouco importando se tais armamantos são produzidos no Brasil ou no exterior.

Um comentário:

Augusto Freitas disse...

Acontece que essas indústrias financiam campanhas políticas, então os benefícios jamais deixarão de serem dados a elas. Infelizmente.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email