quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Ninguém segura esse país!!!!!

O IBGE divulgou os resultados do PIB brasileiro em 16/11/2009... hoje, 16/12/2009 (ou seja, apenas 1 mês após a divulgação dos dados) o IBGE reviu os mesmos. Vamos a uma análise bem simples das mudanças que ocorreram em 1 mês:

Período Correção

janeiro-março 2007 2.26%
abril-junho 2007 2.59%
julho-setembro 2007 2.58%
outubro-dezembro 2007 2.37%
janeiro-março 2008 4.24%
abril-junho 2008 3.28%
julho-setembro 2008 4.26%
outubro-dezembro 2008 4.18%
janeiro-março 2009 4.79%
abril-junho 2009 3.01%

Sim, vocês leram corretamente. Em alguns casos as revisões chegam a incríveis 4,79% do PIB!!!! Por exemplo, o PIB revisto para abril-junho de 2009 se situou 3% acima do indicado anteriormente. De maneira semelhante o PIB revisto para janeiro-março de 2009 ficou 4,79% acima do anunciado anteriormente. Essas revisões começam em janeiro-marco de 1995 e vão até abril-junho de 2009, mas as mudanças significativas começam a partir de janeiro-março de 1999.

Gostaria de ver os resultados de papers acadêmicos refeitos com esses dados....

6 comentários:

Anônimo disse...

Professor,

Se depender da VAIDADE de alguns... Coitado do IBGE...

Anônimo disse...

Alguém referia-se, no auge da campanha eleitoral de 2006, à glorificação do apedeuta. Hoje, aos institutos oficiais (IBGE, IPEA, etc) cabem glorificar o governo do apedeuta. Com um pedido de perdão ao autor do bordão, É uma vergonha!

Marcelo disse...

Ué? Não sabia que os Kirchners mandavam por aqui tbm! Como dizia aquela velha propaganda de vodka dos anos 80's: Eu Sou você amanhã.

Anônimo disse...

Isso não é novidade, teve um paper na ANPEC que tratou justamente disso, das revisões do PIB.

É hilário, o cara pegou somente o PIB de 1996 e mostrou como ele foi revisado até a última atualização. A variação do PIB chegou a mudar de sinal umas 3 ou 4 vezes...

Anônimo disse...

A Economia vai dominar o mundo, olhem isso:

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1382085-5602,00.html

Interessante

Anônimo disse...

por favor tirem a duvida de um nao economista: essas variações nao se devem à mudança na metodologia de calculo do PIB?

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email