domingo, 16 de maio de 2010

Adeus a UCB

Semana passada falei com o reitor, e com o pro-reitor de extensão da UCB, já havia conversado antes com o diretor da graduação. Após 10 anos chegou o momento de deixar o barco, a partir do próximo semestre não estarei mais fazendo parte dos quadros da Universidade Católica de Brasília.

Deixo lá ao menos três contribuições importantes: a consolidação do mestrado, a implantação do doutorado (podem falar o que for, mas fui EU o responsável pelo doutorado em economia da UCB, essa contribuição é minha e ninguém tasca), e o índice de custo de vida (incluindo o índice de bolha imobiliária) do Distrito Federal.

Nesses 10 anos foram diversas vitórias: fui diretor da graduação e do mestrado em economia (um dos únicos três diretores de toda a universidade a acumular cargos de direção na graduação e na pós-graduação); fui homenageado pelos alunos em cerimonias oficiais; fiz parte do conselho superior da universidade (CONSEPE); criei e fui o primeiro editor da Revista Brasileira de Economia de Empresas (RBEE); quando cheguei o mestrado não era sequer reconhecido, hoje o doutorado tem nota 5 na CAPES (a mesma da PUC-RJ por exemplo); orientei a primeira defesa de doutorado em economia da UCB; entre outros bons momentos. Deixo uma derrota importante: não consegui criar o Centro de Estudos de Cidades, projeto pessoal antigo que tinha como objetivo realizar pesquisas e capitalizar o programa de economia.

Dia 31/05 (segunda-feira), às 19:30 horas no auditório do Bloco M da UCB, farei um grande evento com a presença de várias autoridades divulgando os índices de custo de vida e imobiliário. Será uma despedida com chave de ouro.

Eu só tenho a agradecer a esta maravilhosa universidade. A UCB faz parte de minha história, e eu espero ter feito parte da história dessa grande instituição.

28 comentários:

Bruno Aguiar disse...

Parabéns pelas contribuições a UCB e a Ciências Econômicas como um todo.

Quais são seus planos para o futuro?

Nilo disse...

Pode ter certeza que seu dever foi cumprido. Que essa nova etapa da sua vida seja ainda mais gratificante e continue levando a outros estudantes tudo oq trouxe para nós que fomos seus alunos.
Boa sorte e saiba q estamos com vc seja lá pra onde vc for!!

Aline Amaral disse...

Parabéns!!

E para onde for conseguirá muitas vitórias!!
A UCB perde um dos melhores, para mim, o melhor professor. Tive o grande prazer de ter aulas com vc, foi meu orientador, e agora se tornou um grande amigo..

A saudade vai ficar.. para alguns.. que nao tiveram a grande chance de te conhecer!

Parabéns novamente pelas grandes vitórias na UCB!

Blog do Luca$ disse...

Fico muito triste com essa informação. Mas só tenho a desejar tudo de melhor que o mundo possa lhe oferecer. Adolfo, você com certeza é um grande exemplo, não apenas de professor, mas também de homem, de um grande vencedor. Com certeza foi uma grande honra ter a oportunidade de ter sido seu aluno, com certeza aprendi bastante em cada minuto ministrado.

Felicidades.


Lucas Cardoso dos Santos

lelê disse...

Querido Adolfo
Eu fiquei surpresa, apesar de você já ter comentado isso antes achei que não iria acontecer, porque você gosta muito da UNIVERSIDADE CATÓLICA, adora dar aula. A única coisa que tenho a dizer é: a universidade perdeu um grande profissional, é uma pena, mas entendo seus motivos e estou com você. Agradeço o legado que você deixou, agradeço o prazer tê-lo como professor e meu orientador, aprendi tanta coisa com você, até minha forma de pensar em economia foi modificada por sua causa.
Desejo, nem preciso desejar isso, que o seu caminho continue brilhante e que você continue sendo excelente em tudo que faz.
Obrigada, obrigada mesmo por tudo que fez na universidade.
Alessandra Santos

Anônimo disse...

Eita, Adolfo,

Notícia desagradável, amigo. Pelo menos para a UCB. Mas, eu suponho, foi por uma causa superior. Desejo-lhe sucesso nas novas empreitadas.

Um abraço,

J. Coelho

Anônimo disse...

Bora!

Mais para o time da UnB!!! Cajueiro, Ricardo, Loureiro. Falta dosi o Adolfo e depois o Angelo Divino

Abração

Anderson

Pedro H. Albuquerque disse...

Adolfo, parabéns cara, você deixou sua marca na UCB. Deixo aqui meus votos de igual sucesso nas próximas empreitadas!

O ETERNO TRADE-OFF disse...

Acompanho seu blog e lhe desejo muita sorte!!

Bem que você poderia entrar para o departamento de economia da UFMG e botar um pouco de juízo na cabeça desses keynesianos!

Boa sorte.

Anônimo disse...

Acabaram as esperanças da turma que iniciou no 1° semestre 2009 ter aula com você de novo.
Por unanimidade, o melhor professor de nossas vidas.

Muito mais que aula de Macroeconomia, Adolfo, reafirma princípios e valores humanos, perdidos junto à desvalorização ao longo dos anos da entidade máxima de uma sociedade que é a família.
Sem dúvida nenhuma a noticia chega a ser trágica para o curso de graduação de Economia da UCB.

Mas deixando o egoísmo de lado ‘rsrsrs’, boa sorte onde for. E continue contribuindo, da forma que sempre fez, pela liberdade e defesa da propriedade privada.

Ginno

Danilo Haony disse...

Eu só tenho a agradecer este maraviolhoso professor e amigo. O Adolfo faz parte da minha formação como economista e como cidadão de bem, e tenho muito orgulho disso.
Obrigado Adolfo, sei que suas consquistas não param!

Anônimo disse...

Boa sorte.
Nessa saida eu gostaria de sugerir um tópico para um post: como varia o pacote (salário + benefícios) entre as universidades. O que explica a migração entre universidades que estamos vendo por parte dos professores/pesquisadores?
Abraço.

Alberto Cavalcanti disse...

Adolfo, é impossível expressar a tamanha influencia positiva que o Sr causou em nossas vidas. Uma nova forma de ver o mundo (foi o que aprendi) uma forma que preserva o carater, a família, o respeito ao indivíduo. Parabéns!!! Tenho certeza que onde estiver fará muito sucesso!

Tudo de bom para o Sr e que possa continuar mudando vidas por onde passar.

E não se esqueça de dizer pra onde vai!


Abraços e boa sorte!


Eternamente Agradecido,
Alberto Cavalcanti

Zé luiz 20 disse...

Adolfo, é um paradoxo falar algo sobre sua saída da UCB,pois fico triste da universidade está perdendo um excelente profissional mas ao mesmo tempo feliz pela sua nova caminhada.

Agradeço antes de tudo todo conhecimento passado pelo senhor aos alunos de economia, o modo de ver e analisar os fatos.

Mas é isso ai, vida que continua e caminho a ser seguido
felicidades pra você meu caro.

JOSÉ LUIZ

Anônimo disse...

Caro,

Sei o quanto você fez pela a UCB e pelo ensino e pesquisa na área de economia em todo o DF, imagino que não tenha sido uma decisão fácil. Te desejo boa sorte no caminho que você seguir. Você sabe que as portas da UnB estão abertas para você, bem como as de qualquer centro de ensino e pesquisa de economia do Brasil.

Grande Abraço,

Roberto Ellery

Anônimo disse...

Sem dúvida o melhor professor que já tive. As horas de aula passavam voando.

Adolfo, boa sorte na nova empreitada. Saiba que a contribuição foi a melhor possível. Além de qualquer expectativa. Obrigado pelas aulas de macro na graduação.

Abraço
Guilherme

Kelma Cristina disse...

Puxa vida!!!

Certamente a Instituição e os alunos perderão muito com sua saída. Também tive a satisfação de ser sua aluna e notavelmente tens uma proposta ousada nos ideais, na forma e na prática do "ser".
A UCB foi uma oportunidade de fazer história e aí estão os feitos para comprovar.
Quero deixar registrado o meu desejo de que as conquistas sejam suscessivas, que a paixão companheira e o sucesso uma consequência da dedicação e empenho em sua carreira.

Boa sorte em tudo pra ti!

Abraço

Kelma Cristina

Camila disse...

Tenho certeza de que todos esses parabéns são sinceros, mas vem acompanhados de uma pontadinha de dor.
Afinal, suas contribuições não foram apenas para o curso e alunos da economia,mas eu como estudante de administração e sua aluna com muito prazer, falo em nome de todos os alunos de outros cursos, que o professor Adolfo foi sem dúvida uma grande inspiração.
Inspiração como profissional,como pessoa e como professor sempre disposto a ajudar.
Eu em meus 2 anos de UCB nunca tive tal experiência: Um professor que me comprimenta ao final da aula, e que se interessa pela minha opnião ao final de suas avaliações.
Adolfo, sua jornada pela Católica chega ao fim, tenha certeza de que deixa para tráz grande conquistas, não somente suas, mas de muitos que aprenderam com você!

Parabéns!

joaocassiu.blog.com disse...

Uma pena que vc vai sair!
Mas deixo um voto de sucesso na sua nova carreira.
Abraços

Anônimo disse...

Concordo com o Nilo, pode ter certeza de que seu dever foi cumprido. Seu nome sempre será lembrado na UCB.

Foi uma honra trabalhar ao seu lado nesse período e eu só tenho a agradecer por todo a contribuição em minha formação profissional.

Só tenho a desejar sucesso nessa nova caminhada!

Abraços,

Viviam Catarina

Augusto Freitas disse...

Vai pra onde? Pra UnB?

Alinny disse...

Desejo sinceros votos de felicidade e sucesso em sua jornada. Desde sempre agradeço pela dedicaçao, por nos prestar atençao e nos ensinar (muito bem).Voce é um dos dois melhores professores, suas aulas foram as melhores. Obrigada por tudo! E sempre que puder VC É BEM VINDO na UCB, quem sabe como palestrante?!É um orgulho ter tido o Sr. como professor!

Alinny Christian.

Anônimo disse...

Prof. Adolfo,

Quando iniciei o curso de Economia não sabia bem ao certo se eu iria concluí-lo. Contudo, quando você entrou na sala e começou a falar sobre economia e após a aula fez questão de cumprimentar um a um de nós... tive certeza de uma coisa: que eu continuaria. E mais, que você seria meu orientador, tamanha era minha admiração por seu conhecimento e postura. De modo que estou me formando e ter você como meu orientador, mesmo sabendo que não ganharei nenhum prêmio pela mono, afirmo que o grande prêmio que receberei será ter seu nome na capa da minha mono. MUITO OBRIGADA é pouco pelo tanto que sua competência me influenciou e pelo tanto que aprendi ao observar sua postura e seu respeito por cada um que assistia a suas aulas, principalmente, por aqueles que mesmo depois de um dia de trabalho desgastante iam para ver como podemos ser melhores, se quisermos.

LD

Alexandre Ywata disse...

Adolfo, parabéns pelas diversas realizações na UCB. Brasília certamente tem muito a lhe agradecer. Parabéns, meu amigo.

Anônimo disse...

Pra onde ele vai?

Anônimo disse...

Pra onde ele quiser. Certamente, ele pode escolher. Ele tem esse privilégio! mas sem dúvida irá para onde pagarem melhor.

Adolfo,
Boa sorte em tua escolha. O bom de mudança é que ela nos sacode e nos anima para enfrentarmos qualquer coisa. É uma injeção de ânimo! Novos ares trazem sempre novas conquistas! E é o que te desejo: NOVAS e muito mais GRANDIOSAS CONQUISTAS!


Muito sucesso!

Anônimo disse...

Adolfo,
Sou mais um amigo/aluno que lhe deseja a mesma luminosidade acadêmica e profissional em sua nova caminhada. Sua marca deixada na UCB é muita densa. Você sabe como poucos ENVOLVER seus alunos no processo de aprendizado.
Como muitos aqui, estou contigo e não abro!
SUCESSO!!
Carlos Wagner.

Anônimo disse...

bem fazer o que né.... lá se vai um grande professor.... aprendi muito com vc professor adolfo só tenho que agradecer por muitas coisas... um grande abraço... e eu tenho certeza que para onde vc for vc irá fazer uma nova e grande historia

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email