quarta-feira, 21 de julho de 2010

Doutrinação na UnB

A doutrinação socialista na UnB não é nenhuma novidade. Novidade é que agora um grupo de corajosos alunos resolveu encarar o desafio de frente.

Olha só o que os professores da UnB andam ensinando....

"A independência ou autonomia do BC em relação ao governo é, portanto, incoerente com a chamada soberania popular"

"(...)o imperialismo na atualidade baseia-se em, de um lado, controlar as políticas econômicas nacionais, para deter o controle da repartição da renda e redirecioná-la para o centro da acumulação, utilizando, especialmente o expediente da dívida pública. Por conseqüência, o endividamento empurra o Estado para a crise fiscal. De outro lado também, promover as reformas, cujo sentido é desonerar o Estado das despesas sociais, liberando recursos financeiros para sustentação do mecanismo do endividamento público. É fácil perceber que esses fatores conjugados podem conduzir à deslegitimação do Estado e, ao mesmo tempo, indicam a possibilidade de uma saída autoritária."

Leia mais pérolas sobre essa aula referente ao Banco Central aqui.

4 comentários:

Anônimo disse...

Adolfo

Quem? Alguma dica, desenho.....

Brados

Martins

GAbiRu disse...

vê se pode, os nego 'denunciam' um monte de absurdos mas o que eles querem é 'controlar as políticas econômicas nacionais, para deter o controle da repartição da renda e redirecioná-la para as MARGENS da acumulação',o problema não seria com o 'controle econômico', ou com a repartição da renda [alheia!milhão pra você, milhão pra mim], mas utilizar o tal esquema bizonho para favorecer a sei-lá-quem [comparsas?].


para piorar, 'desonerar' o cidadão de pagar [para a] vagabundagem alheia é algo considerado maléfico. faz sentido?

e o final é que ficou foda, rolou algum ato falho: "É fácil perceber que esses fatores conjugados podem conduzir à deslegitimação do Estado e, ao mesmo tempo, indicam a possibilidade de uma saída autoritária". resumindo, a escolha é entre menos estado [ruim] ou autoritarismo como 'saída'[bom].

tem uma prima minha que faz economia na unb, mas que quase não vejo, tem anos até, deve estar para se formar. será que ela é keinesiana?

Anônimo disse...

DÁ-LHE, DÁ-LHE, DÁ-LHE, NENSEEEEEEEEEEE!
DÁ-LHE, DÁ-LHE, DÁ-LHE, NENSEEEEEEEEEEE!
DÁ-LHE, DÁ-LHE, DÁ-LHE, NENSEEEEEEEEEEE!
SEREMOS CAMPEÕES!

Chutando a Lata disse...

Se tirasse o colorido marxista, as especulaçoes não estariam distante das minhas. Na verdade, devemos estimular o debate, para que nao sejamos acusado de praticarmos o fundamentalismo tantã.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email