segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Um conto de segunda-feira

- Emergência, Cabo Janjão falando
- Cabo Janjão, estou tentando reformar minha casa. Mas apareceu aqui um pessoal da Associação de Moradores do Bairro, e eles estão impedindo minha reforma. Poderia enviar uma viatura pra ca?
- Qual seu nome cidadão?
- Eu sou o Joao Ricardo.
- Sr. Joao Ricardo, já tentou negociar com eles?
- Como assim? Negociar? Eles INVADIRAM minha propriedade, estão agindo de maneira claramente ilegal. O que você quer dizer com negociar com eles???
- O Sr. já pediu a eles para saírem de seu terreno?
- Sim. Fiquei 2 horas implorando para eles saírem. Mas eles dizem que reforma aqui só se eles autorizarem. Eu já mostrei a eles que tal atitude é ilegal. E eles já concordaram que apesar de agirem contra a lei irão continuar com o movimento.
- Infelizmente não poderemos ajudá-lo Sr. Joao Ricardo.
- Você está maluco!!! Eu vou repetir: invadiram minha propriedade, e não querem sair!!! Impedem que eu faça a reforma de minha casa. Cada hora de atraso é prejuízo pra mim e pra minha família. Agora, além de tudo, estão ameaçando acampar no meu terreno.... como é que a polícia não pode me ajudar???
- Sr. Joao Ricardo, minha sugestão é que o Sr. negocie com os invasores. É o melhor a ser feito. Ceda as exigências deles e, com um pouco de sorte, eles irão embora.
- Cabo Janjão em que universo você vive??? Eu não vou negociar com um movimento ilegal e que comete atos ilegais!!!
- Sr. Joao Ricardo se acalme ou eu serei obrigado a prendê-lo por desrespeito...
- Me desculpe Cabo Janjão, eu estou perdendo a cabeça. Mas, por favor, me esclareça: por que não pode enviar uma equipe da polícia aqui para prender esses invasores?
- Sr. Joao Ricardo, se eu enviar uma equipe da polícia em sua casa os invasores farão com ela o mesmo que estão fazendo contigo. Irão desrespeitar e provocar os policiais, irão fazer pouco caso deles e irão agredí-los moralmente. E, o que é pior, assim que um policial tentar prendê-los, eles o acusarão de violar os direitos humanos. Farão um vídeo sobre isso, colocarão no youtube, espalharão no facebook, e em breve esse policial será execrado publicamente e acabará por perder o emprego. Sendo assim, boa sorte ao Sr. e por favor desocupe a linha.

Hoje em dia é difícil ser policial: os salários são baixos, os riscos são altos, e não bastasse isso tudo os policiais são execrados publicamente por tentarem prender quem viola a lei. O caso recente da USP mostra bem isso. Fosse nos Estados Unidos tão logo um policial dá uma ordem, e o infrator se recusa a obedecer, o infrator é imediatamente algemado e vai dormir na cadeia. O erro do policial no caso da USP foi não ter chamado reforço, e prendido imediatamente os infratores. Tudo o mais decorreu desse erro inicial: tentar discutir com quem, além de estar infringindo a lei, quer apenas confusão.

6 comentários:

Lucas disse...

"E, lembre-se, quando se tem uma concentração de poder em poucas mãos, freqüentemente homens com mentalidade de gangsters detêm o controle. A história provou isso. Todo o poder corrompe: o poder absoluto corrompe absolutamente.”


É estranho como alguns esquecem dessa frase quando se trata infalível e sempre justa polícia brasileira defendendo o bem e a justiça, ao contrário de todo resto do Estado onde só tem abuso de poder, corrupção e incompetência.

O problema da invasão da USP não foi terem retirado os estudantes, foi fazer isso com porrada, intimidação e tortura, e, pior, foi o fato de ter sido extremamente leve em relação ao que milhares de jovens sofrem todo dia dessa instituição criada pra caçar escravos fugidos.

Mas, claro, é mais fácil simplificar e esquecer do liberalismo quando se trata disso. Tem mais é que dar porrada!

Cristiano disse...

Parabéns pelo post!
Seria interessante se você conectasse o teu blog ao facebook com o objetivo de ter uma discussão mais ampla sobre os temas que você aborda.
Abraço!

Pedro H. Albuquerque disse...

Exceto Adolfo, que quando eu vivia nos EUA a polícia ficou do lado do invasor da minha casa (conhecido pelo nome de prefeitura).

Anônimo disse...

O Adolfo é claramente tendencioso quando fala dos Eua, não precisa escrachar o país como a maioria dos brasileiros invejosos fazem, mas é bom ser imparcial as vezes, a história do FBI é a mais suja possível, e todo mundo sabe disso, mas hollywood fala o contrário, e a gente acha que eles são os caras,mas na verdade usaram e abusaram do poder muitas vezes, até para monitorar e invadir a privacidade de pessoas inocentes.

JV disse...

Mas o petismo invadiu o blog do Adolfo?

Anônimo disse...

No caso recente da USP, o policial foi afastado incontinenti. Falta a USP que tem autonomia e recebe impostos de todos para produzir conhecimento, adotar as medidas que pode adotar em relação ao fato.
O policial errou e foi punido. Não poderia e não pode agir da forma como agiu. Deveria chamar reforço de negociadores experimentados a tratar com provocadores.
Contudo, os estudantes não podem, a todo momento, escudarem-se numa pretensa "violência e perseguição policial" para justificarem o que bem entenderem.
Notadamente, invasão e ocupação de patrimônio público.
E ainda mais sendo ações de grupos minoritários, o que caracteriza arrogância e autoritarismo.
A USP não é gratuita. É Pública.
E o que é Público tem de ser respeitado e conservado.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email