quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Considerações sobre a aplicação da Ética na Sociedade

Ética refere-se basicamente ao bem agir. Certamente a ética, ou a arte do bem agir, é um importante guia para o comportamente individual em sociedade. Um detalhe fundamental é que a ética refere-se sempre a princípios.

Justamente por se referir a princípios é que a ética deve ser aplicada com ressalvas a julgamentos de valor. Por mais paradoxal que possa parecer a primeira vista a ética, apesar de ser importante a nível individual, deve ser sempre mantida num plano mais elevado (abstrato) mas menos concreto.

Julgamentos de valor devem ser feitos com base em magnitudes, e não apenas em princípios. Toda a moral ocidental é fortemente baseada em magnitudes, e não apenas em princípios (ética). Por exemplo, do ponto de vista ético o roubo é sempre errado e deve ser condenado. Do ponto de vista ético, roubar um banco ou uma bala é igualmente condenável. Afinal, ambas violam o mesmo princípio ético. Contudo, ninguém em sã consciência defenderia penas semelhantes para um ladrão de bancos e um ladrão de balinhas de supermercado.

No julgamento moral devemos sempre nos lembrar não só da ética, mas sobretudo das magnitudes. Por exemplo, comparar Cuba com os Estados Unidos no conceito de defesa dos direitos humanos é certamente uma vigarice intelectual. Sim, os EUA mantém a base de Guantânamo, onde direitos humanos não são respeitados. Assim, do ponto de vista ético, os EUA e Cuba são igualmente condenáveis. Contudo, na formulação de um juízo de valor, devemos levar em conta também as magnitudes. Assim, é simplesmente absurda a afirmação de que não podemos condenar Cuba pois os outros países também violam direitos humanos.

Recorrer a princípios, sem levar em consideração as magnitudes, é uma tremenda trapaça intelectual. Esse truque é recorrentemente usado para confundir a população, e livrar a cara de ditadores e corruptos. Toda vez que lhe falarem em princípios lembre-se de que eles são importantes, mas nossa sociedade é fortemente baseada em magnitudes. Infringir um princípio é condenável, mas numa sociedade livre a magnitude da infração nunca deve ser desconsiderada.

4 comentários:

Anônimo disse...

Mesmo considerando apenas princípios existem algumas diferenças significativas:

Ninguém está em Guantánamo por crime de opinião, na melhor das hipóteses são prisioneiros de guerra. Isto já configura uma diferença importante.

Mas o que eu creio ser fundamental é que os EUA são uma democracia. Não é preciso um chefe de estado estrangeiro denunciar violações de direitos humanos feitos pelos americanos. Eles mesmos fazem isto por meio da imprensa, dos partidos políticos e da sociedade organizada em geral. Aliás, o atual presidente americano foi eleito denunciando estes abusos.

Denunciar Guantánamo é chover no molhado, não requer coragem ou compromisso com nada. Receber perseguidos políticos cubanos em Cuba é contribuir para a liberdade na ilha. É mostrar aos cubanos que estas pessoas existem.

Entre o discurso covarde e o compromisso com a liberdade nosso governo escolheu o primeiro. Nada de novo...

Anônimo disse...

O mais engraçado é que, se todo mundo têm telhado de vidro, então, como que os integrantes do PT podem querer investigar as violações dos direitos humanos da época da ditadura brasileira, que foi mais branda que a cubana?

Anônimo disse...

ditaduras existiram aqui no Brasil também! superadas, é verdade, mas suas consequências hodiernas são ainda muito ocultadas.

não como comparar a democrocia dos EUA com a perversidade de Cuba.

ambos tem defeitos, exatamente como o Brasil.

Guantânamo deve "hospedar" bem melhor que qualquer presídio brasileiro.

é bem melhor lutar para termos melhorias por aqui, do que ficar atacando inutilmente potências estrangeiras.

temos que ter credibilidade o bastante para servir de exemplo, e não ficar na inutilidade de jogar pedras no telhado dos outros.

Anônimo disse...

conceitue "magnitudes". ou então disponha o autor de tal colocação para posteriores estudos.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email