sexta-feira, 2 de março de 2012

Vi mais longe pois me apoiei no ombro de gigantes...

A passagem abaixo foi escrita por John Locke, provavelmente em 1689*.

Disso resulta que aquele que tenta colocar a outrem sob seu poder absoluto põe-se consequentemente em estado de guerra com ele, devendo-se entender isso como a declaração de um propósito contrário à sua vida, pois há razões para se concluir que aquele que pretenda colocar-me sob seu poder sem meu consentimento haverá de usar-me como bem lhe aprouver quando o conseguir, e também me destruirá se tal for o seu capricho. Pois ninguém pode desejar ter-me em seu poder absoluto a menos que seja para obrigar-me, pela força, àquilo que contraria meu direito à liberdade, ou seja, para fazer de mim seu escravo.

Estar livre de tal força é a única garantia de minha preservação, e a razão leva-me a enxergar um inimigo de minha preservação naquele que desejaria tomar de mim a liberdade que a assegura; de modo que aquele que procure escravizar-me colocar-se-á, por tal ato, em estado de guerra comigo.

Aquele que, no estado de natureza, subtrai a liberdade que cabe a qualquer um em tal estado deve necessariamente ser visto como imbuído da intenção de subtrair todo o resto, sendo tal liberdade o fundamento de todo o mais, assim como se deve presumir que aquele que, no estado de sociedade, subtrai a liberdade que cabe aos membros dessa sociedade ou Estado tem a intenção de subtrair a estes todas as demais coisas, devendo ser considerado, portanto, como em estado de guerra
”.

O muito obrigado do Sachsida a um dos maiores gênios da humanidade.

*: John Locke "Dois Tratados sobre o Governo". Editora Martins Fontes, páginas 396/97.

Um comentário:

SIMONE GONÇALVES FRANCO MATOS disse...

Na cabeça dos jovens de hoje,a liberdade está muito mais na possibilidade de conquistas de bens materiais e tecnologicas ,bem estar e lazer.Do que em estado de guerriar por direitos que o estado nega a população.Não temos voz ativa,nem protestos organizados contra a corrupção.Somos escravos do poder,desse domÍnio sobre o povo.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email