sábado, 2 de junho de 2012

Minhas sugestões para a presidência do IPEA

O IPEA está com sua presidência vaga. Dado que a Presidente Dilma diz que o mérito deve permear a escolha de cargos técnicos, aqui vão os nomes que o Sachsida sugere para presidirem o IPEA. Atenção, estou listando apenas nomes que pertencem ao quadro do IPEA. Mas, CERTAMENTE, existem vários outros com capacidade nas Universidades, Banco Mundial, FMI, etc. Além disso, podem existir vários outros técnicos do IPEA de gabarito, mas que por eu não conhecer tão bem acabei não listando (o que não quer dizer que a pessoa não tenha os méritos).

O próximo presidente do IPEA precisa reunir as seguintes características: 1) ter conhecimento da casa (saber quem são os técnicos (quais são suas expertises e projetos), e conhecer os procedimentos administrativos do instituto bem como sua história de respeito a diversidade de opiniões); 2) ter capacidade técnica (titulação, publicações, liderança acadêmica em sua área de atuação); 3) ter tido experiência prévia em cargos de direção (seja como chefe de departamento, diretor de pesquisa, ou qualquer outra experiência administrativa); e 4) bom senso (talvez a mais importante de todas as características).

Repito o que já disse antes, se existem pessoas melhores de fora do IPEA, então que a elas sejam dados os cargos de presidência e direção. Mas elas devem ser NECESSARIAMENTE melhores que os técnicos do IPEA. É ridículo levar para dentro do IPEA, para assumir posições de destaque, pessoas sem a qualificação necessária.

Pessoas de dentro do IPEA que poderiam ocupar a presidência (está em ordem alfabética, e não em ordem de prioridade ou competência):

1) Alexandre Ywata
2) João de Negri
3) Leonardo Monasterio
4) Mansueto Almeida
5) Marcelo Caetano
6) Marco Antônio F. de H. Cavalcanti
7) Mario Jorge Cardoso de Mendonça
8) Rogério Boueri Miranda
9) Serguei Soares
10) Waldery Rodrigues Junior

3 comentários:

Anônimo disse...

Profº Boueri! Muito bom!!!

Anônimo disse...

Pôxa, será que não existe nenhuma mulher no Ipea que possa ser presidente?

Sobre as características que você citou (necessárias mas não suficientes):
1) concordo
2) discordo porque acho melhor ter um bom administrador com articulação política (não politiqueira)
3) concordo
4) seria bom, mas bom-senso não existe.

E o segundo escalão, também vai ser leiloado?

Anônimo disse...

Porque não vou ser Adolfo?

Eu apostaria em você!

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email