quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O Efeito Reinaldo Azevedo


Tal como vários outros, fui ao lançamento do livro de Reinaldo Azevedo aqui em Brasília. Duas questões merecem ser destacadas:

1) Por que gastar quase 50 reais num livro que está disponível de graça na internet?
2) Por que esperar 2 horas numa fila para passar 10 segundos ao lado do autor e tirar uma foto?

Notem que o livro de Reinaldo Azevedo é, basicamente, uma junção de seus escritos no seu blog na internet. Tais escritos podem ser acessados de graça. Então, por que pagar 50 reais pelo livro? Também vale ressaltar que esperar por duas horas numa fila não é das tarefas mais agradáveis. Então pergunto, por quê?

Simples: as pessoas não estavam lá apenas para comprar um livro. Estavam lá para demonstrar seu apoio a uma causa. As pessoas esperavam 2 horas na fila para demonstrar o respeito que têm por quem defende valores tão caros à elas. Quando eu comprei meu livro, eu estava dando meu apoio a um dos maiores defensores da liberdade individual e do estado de direito no Brasil. Ao esperar duas horas numa fila eu estava dizendo que estou pronto a apoiar quem defende os ideais de liberdade individual e economia de mercado.

A lição que Reinaldo Azevedo deixou em Brasília foi simples: defender a liberdade individual, o estado de direito e a economia de mercado é um caminho extremamente viável para políticos e partidos políticos que queiram ocupar espaço no cenário nacional.

Em alguns dias estarei inaugurando o grupo CAFÉ DA TARDE. Um grupo sem vinculação partidária, mas com um compromisso claro de defender valores liberais em economia, e valores conservadores em termos morais.

10 comentários:

Pedro Henrique disse...

Legal! Isso se confirma na foto que ele mesmo publicou da mulher que viajou de Goiânia só para participar do lançamento do livro. E também nos vários comentários na página.
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/uma-noite-memoravel-em-brasilia/

M. Silveira disse...

Bacana que o Café da Tarde seja inaugurado, lembro de quando você o anunciou, achei que tivesse desistido.

JV disse...

Subscrevo.

Luiz Gustavo Almas disse...

Caro professor,

Desde a distância de Praga, dou meu total apoio ao Café da Tarde. Pode contar comigo.

luizgustavo.almas@gmail.com

Luiz Gustavo Almas disse...

Caro professor,

Ainda que estou aqui na distante Praga, pode contar comigo para esta iniciativa.

Luiz Gustavo Almas
luizgustavo.almas@gmail.com

Anônimo disse...

Professor,

Ainda que estou um pouco longe, aqui em Praga, pode contar comigo nesta iniciativa. luizgustavo.almas@gmail.com

Eek! disse...

Adolfo, só por curiosidade, quando você diz "com um compromisso claro de defender valores liberais em economia, e valores conservadores em termos morais", você está querendo dizer que é contra a união consensual entre pessoas do mesmo sexo, contra o uso de entorpecentes por adultos responsáveis pelo seu próprio corpo, contra o direito de um ateu expor suas ideias contra a existência de Deus, etc? Ou você está falando de outros valores morais conservadores e eu entendi errado?

Sergio D. disse...

Gostaria de fazer parte do Café da Tarde. Imagino que será divulgado aqui no blog, certo?

Bruno Furtado disse...

Adolfo,

Eu também gostaria de saber o que você quer dizer com "valores conservadores em termos morais". Acho, inclusive, que muito do que se considera "valores conservadores" é incompatível com verdadeiro liberalismo econômico.

João Melo disse...

Caro Adolfo,

Evidentemente se eu estivesse em Brasília, estaria presente ao lançamento do livro.
Porém, aqui na selva amazônica, fico feliz em estar lendo o novo livro do Reinaldo Azevedo, sem autógrafo rs.

Abraço.
João Melo

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email