segunda-feira, 22 de julho de 2013

Governo Brasileiro não deveria permitir que Papa desfile em carro aberto


As autoridades brasileiras não deveriam permitir que o Papa desfile em carro aberto. NÃO INTERESSA se essa é a vontade do Papa.

O Papa é um chefe de Estado, existem protocolos de segurança que devem ser respeitados e cumpridos. O Papa está no papel dele, quer aproximar a Igreja dos fiéis, quer dinamizar a Igreja. No entanto, caberia as autoridades brasileiras vetarem esse pedido do Papa. Escolha o nome que quiser "Deus escreve certo por linhas tortas" ou ainda "Deus se manifesta de maneiras estranhas", não interessa. Caberia as autoridades brasileiras impedirem que o Papa desfile em carro aberto. O risco é grande demais.

Pior de tudo é que tal decisão foi anunciada com muita antecedência, isto é, se tinha alguém mal intencionado no mundo, este alguém teve tempo de vir ao Brasil operacionalizar seu intento. Não interessa o esquema de segurança, num carro aberto não há tempo de reação suficiente para os seguranças. Cabe as autoridades brasileiras serem mais realista que o Papa.

3 comentários:

Anônimo disse...

Risco? Que risco? Risco de o Papa levar um tiro, morrer e ir para o céu!!!! Afinal de contas o dito-cujo que afirmam ser humilde permite que o chamem de "Sua Santidade". Jesus nem "bom mestre" permitiu.

Luis disse...

por um minuto imaginei se algo acontecesse, o que seria do responsavel, quantas entrevistas teria de dar para explicar que fucinho de porco nao é tomada..

como o problema é todo deles, entao por mim tanto faz

é um risco que apenas eles estao tomando mesmo

Anônimo disse...

Adolfo, belo liberal que tu és!
Se o Papa quer colocar a vida dele sob risco, problema dele, uai.
Sds.,
de MarceloF.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email