quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Quando Explode a Violência!!!

Esse blog tem alertado a tempos: 2015 será um ano de ajustes fortes na economia brasileira. Mas esse post vem alertar sobre outro problema: o que será de nossa sociedade??? O que irá ocorrer na sociedade brasileira a partir de 2015?

Vejamos: 1) a taxa de desemprego está num mínimo histórico; 2) a desigualdade de renda tem sido reduzida consistentemente nos últimos 10 anos; 3) a população pobre tem tido um incomum acesso a crédito barato (principalmente estatal); 4) a renda dos mais pobres tem aumentado consistentemente nos últimos anos; e 5) a escolaridade média do brasileiro tem aumentado. Notaram??? TODOS os fatores socio-econômicos usados para explicar a criminalidade tem apresentado melhora significativa nos últimos anos. Mesmo assim a taxa de homicídios tem, consistentemente, superado a marca dos 50 mil homicídios por ano. Imaginem então o que ocorrerá em nossa sociedade quando esses indicadores piorarem?

Nos meus estudos acadêmicos sobre a taxa de homicídios, venho demonstrando a importância de se prender bandidos, e de se por policiais na rua, para combater o crime. Infelizmente, para um amplo rol de "especialistas" esse seria um caminho conservador e não combateria as raízes do crime. De maneira geral, acredito que existam várias formas de se combater a criminalidade. Claro que fatores sócio-econômicos são importantes, mas não devemos desprezar nunca a importância do aparelho repressor da justiça sobre a criminalidade.

Para a infelicidade nossa, grupos de pressão tem criminalizado cada vez mais a atuação da polícia (mesmo quando a polícia está claramente cumprindo corretamente com seu papel). Hoje um policial é vítima de um sistema midiático pronto a condená-lo pouca importa o que ele faça. Pior que isso, autoridades públicas, no afã de agradar a imprensa, são as primeiras a lançar dúvidas sobre a conduta policial. Esse comportamento gera uma reação de inércia por parte da polícia. Por que prender um black bloc que destrói uma vidraça se em seguida será punido por ter cumprido com seu dever? Por que intervir num assalto se, caso mate o bandido, será tratado como criminoso?

Hoje o policial é refém de um sistema que dá muito valor a grupos de pressão ditos de "direitos humanos". Grupos esses sempre prontos a condenar ações legítimas da polícia se as mesmas forem direcionadas a grupos selecionados. Por exemplo, quando bandidos escolhem policiais para morrer isso não gera uma única palavra de comoção na mídia, ou qualquer consolo vindo dos grupos de "direitos humanos". Já quando um policial, amparado por uma ordem judicial, promove uma desocupação pacífica, então o mundo vem abaixo. Policias são, num proporção grande de vezes, acusados sem prova alguma. Pior, são condenados primeiro e julgados depois (longe dos holofotes midiáticos). O policial sofre, sua família sofre, e tudo porque ele cumpriu com seu legítimo papel.

Ano após ano, tal condenação da nobre atividade policial gera um vazio no policial. Por que combater o crime se vou ser punido por isso? O resultado dessa campanha, orquestrada principalmente por ong's de "direitos humanos" e certa imprensa, é a inação do policial.

Nos últimos anos tivemos uma média superior a 50 mil homicídios por ano (número maior do que o de todos os americanos mortos em toda a guerra do Vietnã). Em 2014 não será diferente. E o que nos espera em 2015? Se com todos os indicadores sócio-econômicos favoráveis a taxa de homicídios já é assustadora, o que ocorrerá em nosso país quando o desemprego aumentar, a desigualdade de renda piorar, a renda dos mais pobres cair, e o crédito desaparecer? 2015 não será apenas o ano do ajuste econômico, será um ano de desafios enormes no que se refere a estabilidade da sociedade brasileira.

3 comentários:

F Ol disse...

Olá Sachsida,

sou um leitor assíduo de seu blog, e esse tema é bastante interessante. Mas eu tenho uma dúvida, será que a melhora nesses indicadores sociais não demandaria um certo tempo para fazer efeito?
Digo, não existe uma defasagem entre essa melhora e seus impactos sobre a criminalidade?

Adolfo Sachsida disse...

Sim, algumas dessas coisas levam tempo para afetar a criminalidade. Mas note que esses indicadores já estão positivos há quase 1 década....

Adolfo

Peruibense das Sombras disse...

2015? Será ainda neste ano, a Bolha Imobiliária está prestes a estourar.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email