segunda-feira, 19 de maio de 2014

Lula e a Ilha dos Mortos

Em "As Viagens de Gulliver" Jonathan Swift nos apresenta a ilha dos mortos. Nessa ilha o rei tinha o poder de invocar os mortos, com a vantagem de que eles sempre respondiam as perguntas dos vivos e nunca mentiam. Gulliver então pede ao rei que invoque determinado herói do passado para falar sobre suas proezas. Para decepção de Gulliver, o herói confessa que era um alcoólatra covarde. Então Gulliver decide tentar outro personagem histórico, dessa vez uma rainha famosa. Novamente, outra decepção, a rainha era uma devassa que nada tinha de nobre. Personagem após personagem, decepção após decepção, Gulliver vai se dando conta de que todos os personagens históricos que ele acreditava terem sido heróis eram verdadeiras fraudes.

Imagino uma cena fictícia, com Gulliver pedindo para conhecer Lula. O que o ex-presidente brasileiro diria a Gulliver? Mensalão, corrupção, caso Rose, enfraquecimento das instituições, desrespeito ao processo eleitoral, desrespeito ao judiciário e ao legislativo, cerceamento da imprensa livre, seriam apenas algumas das passagens da fala do ex-presidente. Impedido de mentir, esse é o legado de Lula.

Chega de ficarmos dando crédito a quem não os tem. Lula começou seu governo respeitando a democracia, terminou no maior escândalo de corrupção da história de nosso país. Na parte econômica, ate meados de 2006, o presidente teve mais acertos que erros. Montou uma boa equipe econômica, e fez boa parte dos ajustes que se fizeram necessários. Mas entre 2006 e 2007 alguma coisa mudou. Depois disso foi desastre após desastre. O crescimento econômico não se deveu a Lula, mas ocorreu apesar de Lula. O crescimento do preço das commodities no mercado internacional, aliado a taxas de juros internacionais baixas, forneceram o cenário ideal para o Brasil realizar os grandes ajustes que nosso país precisava. Infelizmente, o ex-presidente preferiu fazer demagogia a ajustes, gastou uma renda transitória com consumo (e não com reformas e investimento). Boa parte dos problemas de Dilma devem-se aos erros cometidos por Lula.

Sim, alguns podem idolatrar Lula. Quanto a mim, sei exatamente o papel que ele desempenharia na ilha dos mortos.

Um comentário:

Luiz Carlos Reis disse...

Isso aeh, precisamos desmascarar esse escroque impostor.
Lula é nojento.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email