sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Previsões do Sachsida para 2015

Como já é tradição nesse blog, em dezembro faço minhas previsões para o ano seguinte. Aqui você pode ler sobre as previsões que fiz para 2012, aqui as previsões feitas para 2013, e aqui as feitas para 2014. E ai? Estou indo bem ou não estou?

Previsões para 2015:

Inflação: próxima de 7% (com direito a tarifaço nos preços administrados, esperem só para ver o reajuste na tarifa de ônibus)

PIB: -1% (isso mesmo, redução do PIB)

Contas públicas: o governo irá aumentar a CIDE (contribuição sobre combustíveis), cancelar as desonerações tributárias setoriais, e possivelmente aumentar a CSLL (contribuição sobre o lucro líquido das empresas). Acho que tentarão também ressuscitar a CPMF (talvez com outro nome). O salário do funcionalismo público ficará na sua maior parte congelado. O investimento público será reduzido. O rombo nas empresas estatais irá começar a aparecer, com destaque para Petrobras e CEF. Os estados e municípios, seguindo o exemplo do governo federal, tentarão dar um chega pra lá na lei de responsabilidade fiscal. Resumindo: os gastos públicos continuarão altos, e o ajuste será feito mesmo via aumento de impostos, inflação, e redução no investimento público.

Mercado imobiliário: vai passar por um ano ruim, um ano de ajustes, quem tiver dinheiro no bolso fará ótimos negócios.

Taxa de câmbio: a instabilidade cambial vai continuar, mas a tendência de desvalorização do real vai continuar (tudo bem, estou meio vaselina nessa previsão, mas o BACEN tem ajudado muito a aumentar a instabilidade cambial, aí fica realmente difícil).

Resumindo, tal como avisei INÚMERAS VEZES, 2015 será o ano do ajuste. Alertei da necessidade dos ajustes, fui chamado de pessimista. Ano que vem a taxa de juros americana vai subir, e nesse momento o Brasil vai conhecer o estrago que anos e anos de péssima política econômica causam a uma nação.

A inadimplência vai subir, o desemprego vai subir, a renda do brasileiro vai cair. Quando isso acontecer NÃO CULPE O MERCADO. Também não diga que essa é a "tempestade perfeita". Tempestade sugere algo aleatório. A crise que se abaterá no Brasil em 2015 nada tem de aleatória, ela foi causada pela PÉSSIMA qualidade das políticas monetárias e fiscal adotadas pelo governo petista.

12 comentários:

Anônimo disse...

Adolfo quais as chances das seguintes coisas acontecerem ate 2018 na sua opiniao:

1 - moratoria da divida

2 - censura da internet

3 - criacao de nova moeda substituindo o Real

4 - fechamento quase que completo de importacoes para o Brasil

Anônimo disse...

*medo

Anônimo disse...

Sachsida, olhando suas previsões e o que realmente aconteceu podemos afirmar que você foi otimista. E o Levy acha que vai ser só um boneco no poder? Ele tenta fazer um ajuste fiscal e o Barbosa do outro lado continua incentivando o crédito via BNDES e bancos públicos? E a Selic você acha que fecha o ano em quanto?

Andrei Porto disse...

Grande Sachsida! Considero perfeitas suas análises, todavia, gostaria apenas de fazer duas ponderações sobre esta última: 1) a sigla para a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido é CSLL, e não CSSL; 2) no final de 2011, boa parte do funcionalismo público federal obteve um aumento de pouco mais de 15% de seu salário, escalonado em 3 vezes. Portanto, este ano teremos um aumento de pouco mais de 5% nas remunerações destes servidores federais, impossibilitando o arrocho supra citado. Forte abraço!!!!

Anônimo disse...

Sachsida tem razão!

Anônimo disse...

Sashida, infelizmente este ano está fácil fazer (e acertar) estas previsões para 2015.
O Governo seguiu um receituário de desastre do início ao fim, parece que a caracteristica maior dos lideres atuais é ser "cabeça-dura".

Qual tua estimativa para este período - ou ciclo - de ajustes para o pais ?

Anônimo disse...

Ficou bem na foto da Veja, hein? haha

Francisco Pompeu disse...

Grande Sachsida,
Vi as fotos de sua batalha democrática contra a polícia totalitária do PT no Senado. Bravo! Meus parabéns!

Anônimo disse...

Sachida, vc acha que irão alterar as tarifas de importação de maneira geral??

Anônimo disse...

O sachsida acerta mais que meus consultores de investimento e nem cobra por isso :)

Rud Kroll disse...

Essas previsões são um tanto obvias....o paìs esta entre a cruz e a espada....mas o mérito do Sachisida é que ele já há nuito tempo alertou que 2015 seria o ano do ajuste....eu por exemplo, um pouco mais otimista falei que a maionese ia azedar depois das olimpiadas em 2016.....Quanto ao aumento dos juros americanos, creio que com o petroleo em baixa vai ser o " plus " que a economia mundial precisava para recomeçar a retomar o crescimento.....se isso se confirmar com consistencia, os USA adiarão mais uma vez essa alta nos juros e isso nos dará um certo refresco por algum tempo.

Victor disse...

Esse post é a prova de que todo pessimismo ainda é pouco quando se trata do governo Roussef

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email