sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Adolfo Sachsida (25.444): Propostas para o Distrito Federal


Neste vídeo descrevo minhas propostas para o Distrito Federal:

1) combater a doutrinação ideológica nas escolas;
2) Privatizar o BRB; e
3) Criar um fundo imobiliário na Terracap.

Por um Distrito Federal que respeite o funcionário público, mas que dê oportunidades a iniciativa privada. Para assistir clique aqui.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

O Truque do Orçamento

Para elaborar seu orçamento o governo federal precisa de duas estimativas importantes: crescimento do PIB e inflação. Se o governo fosse honesto projetaria inflação ao redor de 6% e crescimento do PIB ao redor de 1,2%. Isso poderia gerar um aumento nominal aproximado de 8% no orçamento federal.

Isso se o governo fosse honesto... como não o é ele projeta inflação de 5% e crescimento do PIB de 3%. A rigor isso gera os mesmos 8% de crescimento no orçamento, mas evita ao governo o constrangimento de assumir que a inflação esta alta e o crescimento do PIB baixo.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

MAV's me atacam na internet: notícias falsas tentam destruir minha reputação. O desespero esta batendo neles... estamos crescendo!

Meus Caros,

No dia de hoje fui obrigado a ficar sem postar e sem responder comentarios, peço desculpas. Infelizmente, fui obrigado a passar o dia recolhendo provas e fazendo uma denúncia na delegacia de polícia.

Não me incomodo com piadas, ou brincadeiras. Isto faz parte, as vezes as piadas são boas outras não, paciência. Contudo, algo muito diferente é espalhar mentiras como se verdade fossem. Nos últimos dias passaram a circular na internet diversas mentiras a meu respeito. Apresentavam minha foto e em seguida um trecho mentiroso tipo "Não vote em Adolfo Sachsida, pois ele....". Então se você ver alguma foto minha seguida pelos 3 pontinhos, saiba que eu não tenho um único processo judicial contra mim. Repito: não existe uma única ação contra minha pessoa.

Se ouvirem que meu vizinho me processa, saibam que é mentira. Se aparecer que eu apoio bandidos, podem apostar que é mentira. Se disserem que eu apoio a violência, tenham certeza de que é mentira. Em resumo, como minha candidatura esta crescendo multiplicam-se as agressões mentirosas a meu respeito. Não sou ladrão, trabalho duro, e meu trabalho tem qualidade reconhecida internacionalmente. Sou bem preparado academicamente e não tenho "rabo preso" com ninguém, nem devo favores a quem quer que seja. Falo bem, e escrevo bem. Minhas ideias fazem sentido. Então só resta a eles atacarem minha honra. Obviamente não podem provar o que dizem, pois não sou e nem apoio bandido.

Sei que não preciso me explicar, minha vida é um livro aberto. Mas creio que por respeito as várias pessoas que tem me apoiado, é meu dever escrever esse texto. Deixando claro que não devo nada a ninguém. Por fim, uma breve visita ao perfil das pessoas que me difamaram mostra que TODOS são perfis falsos. Neles você não encontra endereço, não encontra ocupação, não encontra nada sobre os difamadores. Um dos fakes inclusive reagiu assim a meu pedido para que retirasse o conteúdo mentiroso de sua página "você pode até ser um "bom" economista, porém precisará mesmo de um ótimo advogado para te explicar o que é e como funciona uma Carta Rogatória, além de bom hacker para te explicar que na #DEEPWEB não existe justiça". Entenderam? A pessoa sabe que esta a mentir sobre minha pessoa, mas no fundo o que ela quer é atacar minha reputação, na crença na impunidade.

O lado bom disso é que o desespero dos adversários só pode significar uma coisa: estamos vencendo, estamos incomodando! Como eles não tem com o que me atacar, inventam e espalham mentiras em suas redes de perfis falsos. Peço que compartilhem essa postagem para que pessoas desavisadas não sejam enganadas por esses difamadores.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

EU NÃO QUERO O COMUNISMO NO BRASIL. E VOCÊ?

Um segundo turno entre Dilma x Marina é o pesadelo de qualquer liberal, conservador, libertário, ou afins. Basicamente seria uma escolha entre um PT corrupto e ineficiente, e outro PT corrupto e ineficiente, mas agora com a vantagem de não ter amarras no segundo turno.

Marina x Dilma no segundo turno é a garantia do fim de uma sociedade baseada na família, na propriedade, e na liberdade. Temas como o controle da mídia e a maior relativização da propriedade privada seriam rapidamente implementados. Não precisam acreditar em mim!!! Leiam as propostas de ambas, leia o que ambas dizem, leia o que esta no estatuto de ambos os partidos!!!!

Chega de brigarmos entre nós, nosso objetivo deve ser um só: evitar um segundo turno entre Marina e Dilma. Chega de falarmos mal de outros candidatos, eles não são nossos adversários imediatos. Chega de falarmos mal de pessoas que estão combatendo nas trincheiras ao nosso lado. Se é para atacar alguém, se é para combater alguém, combatamos a maior e mais imediata a liberdade, a propriedade e a família em nosso país!!!! Essa ameaça tem nome: Marina x Dilma no segundo turno.

Se você concorda, por favor, divulgue esse post e o vídeo (que esta no youtube). Eu não quero o comunismo no Brasil. E você?

VideoCast do Sachsida: Chega de Brigas, nosso objetivo é evitar Dilma x Marina

Nesse vídeo faço um pedido: chega de brigas entre liberais, conservadores, libertários e afins. No momento temos um único objetivo que é evitar um segundo turno entre Dilma e Marina. Para assistir clique aqui.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Lições de Arturo "Thunder" Gatti sobre a Vitória. O que é vencer uma eleição?

Para grande parte das pessoas vencer uma eleição significa ser eleito. Essa parece ser uma interpretação por demais restritiva do verbo vencer. Ser eleito não é condição nem suficiente e nem necessária para vencer uma eleição. Pode-se vencer uma eleição mesmo sem ser eleito. De maneira equivalente, pode-se perder uma eleição e ainda assim ser eleito.

Quando poucas pessoas votam em ti, e poucos confiam em suas ideias, ainda assim, dependendo da coligação pode-se ser eleito. Você perdeu as eleições, mas por algum acaso do destino (uma coligação partidária forte), ainda assim foi eleito. Seguindo o mesmo raciocínio, quando muitas pessoas votam em ti, e muitos confiam e abraçam as ideias que você defende, isso também não é garantia que serás eleito. Ser eleito não é prova de vitória e nem de derrota.

A vitória nas eleições consiste em trazer as ideias para a discussão pública. Tornar as alternativas que você defende de conhecimento da população, mostrar alternativas e soluções aos problemas de nossa sociedade. Vencer uma eleição é difundir as ideias que se defende. Essa é a verdadeira vitória. A verdadeira batalha esta no campo das ideias. Manter viva a chama do que se acredita é a verdadeira vitória.

Quando se disputa uma eleição a vitória a ser almejada é a divulgação de suas ideias. Sou candidato a deputado distrital no Distrito Federal. Ser eleito ou não é algo que me foge ao controle. Mas uma coisa posso controlar: posso usar todos os meios de que disponho para defender o que acredito. O que quero dessas eleições é que as ideias que acredito saiam fortalecidas, que tenham cada vez mais penetração na população, e o que parece improvável hoje seja a alternativa de amanhã.

Como candidato defendo a privatização do Banco de Brasília, a criação de um fundo imobiliário na Terracap, e o combate a doutrinação ideológica e política nas escolas. Se ao final dessas eleições mais pessoas, mais politicos, e mais formadores de opinião, defenderem essas bandeiras, acredito que terei vencido. Ser eleito não é minha preocupação. Luto pela divulgação e implementação de minhas ideias, e não por um cargo político. As vezes vencer significa tão somente terminar um round de pé.

Falando Francamente!!!! A Corrida Presidencial Brasileira

Falando Francamente é um programa sobre a corrida presidencial brasileira. Ocorre todos os domingos as 21:00 horas no meu canal de youtube. Presenças de Alexandre Borges, Flavio Morgenstern, e Rodrigo Souza. Além disso, todo programa conta com um convidado especial, nesse o convidado foi Kim Kataguiri. Assista aqui, e domingo que vem tem mais!!!!

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Lições da Destruição de Atenas para o Brasil

Geralmente abro minhas palestras citando uma frase. De uns tempos para cá passei a adotar essa: "Isso só acabaria com o incêndio do Pireu" (Tucídides, A História da Guerra do Peloponeso). Logo após uma derrota militar, o general ateniense Tucídides rapidamente compreendeu que aquele seria o fim de Atenas (que teria seu ápice com o incêndio do Pireu, o porto da cidade ateniense). Essa lição nos serve hoje: as loucuras econômicas de 12 anos de governo petista só terminarão com a destruição de nossa economia.

Tal como Tucídides fez ao verificar a importância estratégica de determinada derrota, é possível verificar a implicação dos desastres que estão por vir. Aqui você pode saber mais sobre os 4 ajustes que ocorrerão ano que vem (ou logo após as eleições). Lembrando que já venho alertando sobre isso há um bom tempo.

Mas a destruição que o PT causou ao Brasil não foi só econômica, foi também moral. Nossas instituições estão em frangalhos: STF, Banco Central, Tesouro Nacional, IPEA, Congresso Nacional, apenas para citar algumas das instituições que tiveram sua credibilidade severamente abalada pelos desgovernos petistas. Além delas, é digno de nota ressaltar a decadência moral de nossas escolas. Os professores simplesmente perderam sua autoridade frente a alunos e pais. Para piorar, determinados professores estão mais interessados em doutrinar seus alunos do que em propriamente ensiná-los a raciocinar e aprender. E, como não poderia deixar de ser, boa parte das escolas foi invadida por gangues, tornando o estudo uma profissão de risco.

Há muito tempo alerto meus amigos que o verdadeiro embate em nosso país se dará em 2018, nas próximas eleições presidenciais. Talvez o fenômeno Marina Silva tenha puxado o desastre mais para perto, mas o fato inquestionável é um só: tal como os atenienses, nós ainda nem sonhamos com o desastre que se aproxima.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

VideoCast Do Sachsida: Mais Crédito Para Imóveis, O Resultado Será Aumentar o Custo do Ajuste

O ministério da fazenda continua insistindo em direcionar mais crédito ao mercado imobiliário, impedindo assim o seu ajuste natural. A consequência disso é simples: o custo do ajuste no mercado imobiliário será maior do que seria na ausência desse estímulo. Para assistir clique aqui.

Pastor Everaldo, Aécio Neves e o Risco Marina Silva

"Não tenho vergonha de mudar de ideia, porque não tenho vergonha de pensar" (Pascal)

Não há duvidas de que o Pastor Everaldo é o candidato que explicita os anseios dos eleitores conservadores ou liberais clássicos. Suas propostas apontam claramente para a redução do papel do Estado na economia (privatizações, corte de gastos públicos, e redução da carga tributária), aliadas a uma agenda conservadora em questões morais (contra o aborto, contra a liberação das drogas, e a favor do casamento tal qual especificado na Constituição).

Duas dúvidas sensatas pairam sobre a candidatura do Pastor Everaldo. Em primeiro lugar, são necessárias explicações acerca de seu passado de apoio a candidaturas de esquerda. Sim, é inegável que o Pastor Everaldo apoiou o PT no passado. Contudo, o argumento dele me pareceu honesto: para quem nasceu e foi criado numa favela o discurso de esquerda parecia fazer mais sentido. Sejamos francos, há muito tempo perdemos o diálogo com essa importante parcela da população. Não porque o liberalismo clássico seja ruim para os pobres, mas simplesmente porque a esquerda soube vender melhor seu discurso. Cabe a nós, e com o Pastor a nosso lado, mostrarmos que as políticas liberais são o melhor remédio contra a pobreza e a desigualdade social. Outro detalhe: FHC não deixou para trás uma série de ideias que tinha quando virou presidente? Lula também não fez o mesmo? Qual o problema do Pastor ter mudado de ideia? Acaso nenhum de nós aqui nunca flertou com ideias esquerdistas? Tão logo o Pastor teve assessores mais liberais a seu lado, foi apresentado a uma nova literatura, novos autores clássicos, que o convenceram de que o liberalismo é a melhor política para erradicar a pobreza, e gerar desenvolvimento econômico. Já dizia o sábio: "Não tenho vergonha de mudar de ideia, porque não tenho vergonha de pensar". Por fim, uso um argumento mais simples: entre votar em um candidato que ao menos professa defender ideias liberais e outro que nem isso faz, prefiro votar no primeiro.

A segunda dúvida refere-se ao risco Marina Silva. Eu mesmo já alertei nesse blog: nosso objetivo imediato é evitar um segundo turno entre Dilma e Marina. Assim, muitos tem argumentado que, apesar de preferirem o Pastor Everaldo, irão votar em Aécio Neves para evitar Marina no segundo turno. Sim, este é um risco real. Contudo, que tal darmos tempo ao tempo? Nas próximas pesquisas de opinião, no facebook, nas redes sociais, vamos apoiar o Pastor Everaldo (e vamos nos abster de criticar Aécio Neves). Se no final da campanha eleitoral a disputa estiver entre Marina e Aécio, votemos em Aécio. Mas até lá vamos dar um voto de confiança a candidatura do Pastor. Afinal, será que um candidato que prometeu privatizar a Petrobras no horário nobre do Jornal Nacional não merece um voto de confiança?

VideoCast do Sachsida: Pastor Everaldo no Jornal Nacional, Mais Brasil e Menos Brasília

Neste vídeo comento minhas impressões sobre o desempenho do Pastor Everaldo no Jornal Nacional. Privatizar empresas estatais, diminuir impostos, diminuir o tamanho do governo, contra o aborto e a favor da família. Em resumo, o Pastor Everaldo defende o liberalismo clássico. Para assistir clique aqui.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

VideoCast do Sachsida: Dilma no Jornal Nacional, Lições para a Oposição

Neste vídeo descrevo o desempenho de Dilma no Jornal Nacional: um erro inacreditável de Bonner, a levantada de bola de Patrícia Poeta, e lições que devem ser aprendidas pela oposição. Para assistir clique aqui.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Você é a favor da Socialização dos Meios de Produção? Então vote MARINA!!!

Eu tenho o péssimo hábito de confiar no que as pessoas dizem. Confio mais ainda quando escrevem o que pretendem fazer. Pois bem abaixo esta o link do estatuto do PSB, partido de Marina Silva. Que tal olharem o artigo 1o parágrafo 3o:

§ 3º O PSB, fiel à democracia pluralista como valor político permanente, ao regime republicano e à forma federativa de organização administrativa do país, às elaborações socialistas e à luta pelos direitos individuais, coletivos, sociais, econômicos e políticos da cidadania, exerce suas atividades visando à realização de seus objetivos programáticos, em particular:

II democratizar o Estado através de mecanismos que garantam a participação da
sociedade civil organizada na formulação, execução e fiscalização das políticas públicas;

III socializar os meios de produção considerados estratégicos e fundamentais ao
desenvolvimento, social, cultural e da democracia, e a preservação da soberania nacional;


O inciso II mostra que o PSB é a favor dos conselhos populares que Dilma quer emplacar (e Marina já se disse favorável). O Inciso III mostra que o PSB quer socializar os meios de produção considerados estratégicos e fundamentais ao desenvolvimento, social, cultural e da democracia, e a preservação da soberania nacional.... então é isso, se você concorda com a ideia vote Marina Presidente!

Um Voto Faz Diferença?

Será que um voto pode fazer a diferença? Do ponto de vista prático não. As possibilidades estatísticas de um voto mudar o resultado de uma eleição são próximas de zero. Na teoria pode-se argumentar que se todos pensam assim, então ninguém irá votar, logo um voto fará a diferença. Modelos teóricos a parte, a importância de um voto não se limita a capacidade do mesmo definir um resultado eleitoral. Mas engloba o apoio que determinada ideia tem na sociedade.

Quando votamos em um candidato, outros políticos prestam a atenção nessa votação. Com base nesse resultado muitos decidem apoiar, ou não, determinado conjunto de ideias. Qundo um candidato a favor do porte de armas para civis perde uma eleição, isso não quer dizer que a ideia perdeu a eleição. Se o candidato foi bem votado nas próximas eleições outros se sentirão animados a defender a facilitação do porte de armas.

A real importância de se votar não está em se eleger seu candidato, mas sinalizar para o conjunto de ideias que se quer ver defendidas. Nesse sentido, acho estranho alguns grupos apoiarem o voto nulo. Basicamente o voto nulo sinaliza para o seguinte tema: sou contra a tudo que ai está. Contudo, não sinaliza para um conjunto de ideias que se quer defender. Isso é algo próximo do que ocorreu durante as manifestações de junho do ano passado. Do ponto de vista político, isso tende a favorecer grupos que estejam politicamente mais organizados.

Se você quer um país mais a direita, se quer um país mais liberal e com menos Estado, não adianta votar nulo. A próxima geração de políticos interpretará seu voto nulo como um repúdio a tudo que aí está, mas provavelmente entenderá que você quer algo ainda mais a esquerda (exatamente como ocorreu nos desdobramentos das manifestações de junho).

Não fuja da luta política, não abra mão dessa arena de batalha por medo de votar em Aécio Neves ou em Pastor Everaldo. Talvez eles não te representem, mas certamente Dilma, Lula ou Marina te representam menos ainda. Não deixe de votar em deputados e senadores que defendem ideias mais similares as suas, mesmo que eles não te representem totalmente, pois se você não votar neles outros mais a esquerda ainda vencerão.

Na vida nem sempre podemos optar pelo ótimo. As vezes temos que nos contentar com o bom, ou com o menos pior. Mas um fato é certo: ideias bem votadas serão cada vez mais defendidas por políticos, ideias menos votadas serão gradativamente abandonadas. Tem certeza que quer votar nulo?

VideoCast do Sachsida: Minhas Propostas e um Pedido de Ajuda (Adolfo Sachsida - 25.444)

Neste vídeo descrevo minhas propostas e ideias. Além disso, faço um pedido: se você compartilha de minhas ideias preciso de sua ajuda para me eleger. Compartilhe e divulgue esse vídeo entre seus amigos. Meu nome é Adolfo Sachsida, sou doutor e pós-doutor em economia, meu número 25.444, e sou candidato a deputado distrital no Distrito Federal. Para assistir ao vídeo clique aqui.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

VideoCast do Sachsida: Por que Criar um Fundo Imobiliário na Terracap?

Neste vídeo descrevo mais uma de minhas propostas para o Distrito Federal: a criação de um fundo imobiliário na Terracap. O fundo é um importante instrumento para combater a corrupção e promover o desenvolvimento econômico e social do Distrito Federal. Para assistir clique aqui.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

E agora José? Um Guia Para Salvar o Brasil

A morte de Eduardo Campos foi um evento trágico. Toda vida humana perdida prematuramente é um evento trágico, e que entristece as pessoas de bem. Contudo, é inegável que essa tragédia supera os limites da família, afetando toda corrida presidencial. O objetivo desse post é analisar as implicações dessa tragédia sob o espectro político.

1) No dia da tragédia havia um depoimento importante no Congresso: Meire Bonfim Poza, contadora do doleiro Youssef. A oposição precisa dar um jeito de fazer esse depoimento voltar ao noticiário nacional.

2) Não sou petista, e não voto no PT. Contudo, num eventual segundo turno entre Marina Silva e Dilma, voto Dilma. Marina é o caminho certo para o apocalipse. Até Dilma é uma opção melhor.

3) Marina Silva coloca em risco a candidatura de Aécio. Contudo, se não for Marina a escolhida pelo PSB corre-se o risco de não haver segundo turno (e Dilma vencer no primeiro). Marina Silva é o único nome nacionalmente forte do PSB. Marina é a garantia da ocorrência de um segundo turno. Infelizmente é forte o bastante para tirar Aécio do páreo.

4) Fundamental que ocorra uma pressão para que o Jornal Nacional entreviste Dilma nos mesmos moldes em que entrevistou Aécio Neves e Eduardo Campos.

5) Não é hora de falar mal de Aécio, e nem do Pastor Everaldo. São os dois candidatos que podem levar a eleição para o segundo turno, e eventualmente tirarem o PT do poder.

6) Fundamental entender que o adversário a ser batido é Marina Silva. Marina tinha 20% das intenções de voto em abril desse ano. Isso dá uma ideia de sua força.

7) Quem defende o agronegócio tem que ser alertado sobre os devaneios de Marina.

8) Marina foi quadro importante do PT por muito tempo. O PT apoia o aborto. Quem vota em Marina deve ser informado disso. Marina não saiu do PT por causa do mensalão. Saiu porque queria um PT ainda mais a esquerda.

9) Devemos fortalecer o Pastor Everaldo, pois ele dividirá os votos evangélicos com Marina. Facilitando assim o caminho de Aécio.

10) De hoje até as eleições devemos ter um único objetivo: evitar um segundo turno entre Dilma e Marina.

A Brevidade da Vida e a Boneca de Bambam

"Matamos o tempo, o tempo nos enterra" (Machado de Assis)

Ontem comecei o dia animado. A noite seria a vez da Presidente Dilma se apresentar no Jornal Nacional. Triunfante afirmava "Hoje cai a Máscara: Se tudo seguir o ritmo normal a candidatura de Dilma termina hoje". Mas as coisas não seguiram seu ritmo normal. As perspectivas mudaram, o cenário mudou, tudo mudou num espaço de poucas horas. Como a nos lembrar de nossa insignificância e incapacidade de planejar ou prever o futuro. O mundo tem de suas ironias.

Grandes planos, grandes expectativas estão a um passo da frustração ou da glória, mas não é nossa a palavra final. O que podemos fazer é dar o nosso melhor, acreditar sempre na vitória, e estarmos prontos e de cabeça erguida frente as derrotas da vida. Mas podemos também fazer algo mais. Podemos não esperar o dia seguinte para iniciarmos nossos planos, podemos não esperar até amanhã para perdoar um irmão ou amigo, podemos ligar para alguém que temos saudade apenas para dizer "olá". Perdoar, amar, dizer que sente saudade, dar uma nova chance a alguém, iniciar novos planos, não precisamos esperar amanhã para isso.

No final do dia vale a pena relembrar da boneca de Bambam. No primeiro Big Brother Brasil da rede globo o vencedor foi Bambam. Ele ficou famoso por ter se desesperado certa vez que seus colegas esconderam sua boneca. Todos riram. Por meu turno fiquei a meditar "Será que sou assim? Será que meus problemas também não são bonecas?". As vezes tendemos a transformar pequenos incômodos em verdadeiros monstros. Assim, quando estiver chateado, pergunte-se se não está você também a chorar por uma simples e insignificante boneca. A maior parte de nossos problemas são insignificantes frente a brevidade da vida.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

1 Trilhão em Impostos e vem mais por aí!!!

Neste vídeo descrevo que para diminuirmos os impostos no Brasil precisamos de um grande programa de privatização: Petrobras, Eletrobrás, Correios, Banco do Brasil, entre outras empresas precisam ser vendidas para diminuirmos o custo de rolagem da dívida pública. Para assistir clique aqui.

Hoje cai a Máscara: Se tudo seguir o ritmo normal a candidatura de Dilma termina hoje

Hoje tem Dilma no Jornal Nacional, se os entrevistadores seguirem o padrão de perguntas que vem fazendo até agora a candidatura de Dilma termina hoje. Tanto Eduardo Campos como Aécio Neves foram duramente questionados, e quando tentaram sair do tema foram puxados de volta a ele (parabéns aos entrevistadores do JN por essa postura). Se fizerem o mesmo com Dilma, enterram hoje as esperanças da presidente.

Dilma fala mal, é incompreensível, suas falas são soltas, não tem ligação e, na maior parte das vezes, ela se garante pois ninguém rebate o que diz. Hoje tudo isso pode acabar. Só existe uma pessoa que esta mais ansiosa que eu por essa entrevista de Dilma no Jornal Nacional: Lula.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

VideoCast do Sachsida: Por Que Privatizar o Banco de Brasília?

Neste vídeo explico os motivos para privatizar o BRB: combater a corrupção, diminuir o poder do Estado, melhorar as contas públicas e o sistema educacional do Distrito Federal. Mostro também que a privatização melhora a situação dos funcionários do BRB e da população do Distrito Federal. Para assistir clique aqui.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

VideoCast do Sachsida: Doutrinação nas Escolas Prejudicam Severamente os mais Pobres

Neste vídeo explico o porque da doutrinação política e ideológica nas escolas punir desproporcionalmente mais o segmento mais pobre da sociedade. Ou seja, todos perdem com a doutrinação ideológica nas escolas, mas os mais pobres perdem mais! Para assistir clique aqui.

Hangout do Sachsida: Por que Privatizar a Petrobras? Opinião de Rodrigo Mezzomo

Neste vídeo converso com Rodrigo Mezzomo sobre privatização de empresas estatais, vouchers para saúde e educação, e o fim do BNDES e do monopólio estatal na emissão de moeda. Para assistir clique aqui.

O que penso sobre o Islã

Já me manifestei diversas vezes sobre o Islã. Agora, quando mais uma vez seguidores do Islã executam genocídios, creio que vale a pena reler e refletir sobre o que escrevi.

No dia 11/02/2008 escrevia o post "Islamismo e Terrorismo" que concluía da seguinte maneira:

"Não adianta criticar o terrorismo, mas aprovar que membros da comunidade islâmica enviem dinheiro para financiar a Al Qaeda. A comunidade islâmica tem que deixar claro para toda a sociedade que é CONTRA A DESTRUIÇÃO DO ESTADO DE ISRAEL, QUE É CONTRA BIN LADEN, QUE É CONTRA A AL QAEDA, QUE É A FAVOR DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO DESFRUTADA NO MUNDO OCIDENTAL(...) Líderes do Islã: vocês têm uma obrigação, uma obrigação com a paz, uma obrigação com sua religião e com o respeito ao próximo. Está na hora de condenar ao inferno todos que ajudam, financiam, ou tomam parte em atividades terroristas".

No dia 02/05/2011 escrevi "A Hora da Verdade para os Líderes do Islã", onde podia-se ler:

"A sociedade aberta está em guerra contra o terrorismo, está mais do que na hora dos líderes islâmicos tomarem sua posição do lado da civilização. Não existe meio termo aqui: ou se é a favor da civilização ou se é a favor das trevas. Essa é a hora da verdade para os líderes do Islã".

Para finalizar, no dia 24/09/2012 escrevi "Liberdade de Expressão e Terrorismo". Onde deixava claro que:

"A sociedade islâmica também possui os moderados. Se cedermos aos radicais estaremos diminuindo o poder relativo dos moderados. Em última instância estaremos condenando nossos aliados no mundo islâmico. Ao combatermos veementemente o radicalismo estaremos fortalecendo a corrente do islã que prega a convivência pacífica. Sendo este um passo importante para o futuro de nossas civilizações".

Reforço: ou os líderes do Islã passam a condenar de maneira veemente e aberta o genocídio praticado por islâmicos ou estarão reforçando as suspeitas dos que não acreditam no caráter pacífico do Islã. Radicais sempre existem, mas cabe aos líderes puni-los e censurá-los. O silêncio aqui equivale a apoio. A liderança nunca é exercida sem custos.

Está mais do que na hora do mundo islâmico deixar claro seu lado: apoia a barbárie ou a civilização? Nenhuma dessas escolhas é isenta de benefícios ou de custos. Ao final, é essa escolha que determinará o modo de convivência entre nossas sociedades.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Percepções: 1.000 adesivos em 40 minutos!!! Fora Dilma e Leve o PT Junto

Acabo de chegar de um adesivaço realizado em frente ao Brasília Shopping (Brasília). Eu e uns colegas nos reunimos e pagamos de nosso próprio bolso pela impressão de adesivos com os dizeres "Fora Dilma e Leve o PT Junto". Distribuímos gratuitamente esses adesivos hoje.

Percepções:

1) O evento foi um sucesso completo! Foram distribuídos 1.000 adesivos em 40 minutos. Ficamos sem adesivos e tivemos que parar o adesivaço.

2)Praticamente todos que pegaram um adesivo pediram por um segundo (ou tereiro, ou quarto, teve até uma pessoa que pediu 6). Eles queriam dar o segundo adesivo para outros amigos ou parentes, ou mesmo num segundo carro.

3) Quatro amigos num carro ofereceram dinheiro para que nós pudéssemos imprimir mais adesivos. O que foi rejeitado.

4) Uma pessoa implorou para dar dinheiro para nossa campanha, queria de todo jeito doar 100 reais para que fossem feitos mais adesivos. Rejeitamos essa doação, pois não era nosso objetivo levantar fundos.

5) Muitos reclamaram dessa história do PT dividir a sociedade em brancos e negros, homens e mulheres, ricos e pobres, nordeste contra sudeste. Várias pessoas argumentaram que não aguentam mais essa história de dividir nosso país, nossa sociedade. Outros reclamaram muito do aparelhamento DESCARADO que o PT faz nas instituições públicas.

6) Nunca vi tamanha ojeriza a um partido político. Confesso que não sei se é Dilma que bota o PT pra baixo, ou se é o PT que bota Dilma pra baixo. O que vi foi um stress sem tamanho contra Dilma e o PT.

O Brasil não aguenta mais 4 anos de PT!!!

Adesivaço Hoje em Frente ao Brasília Shopping!!!

Hoje vamos fazer um grande adesivaço em frente ao Brasília Shopping: FORA DILMA E LEVE O PT JUNTO!!! Passe lá e pegue seu adesivo DE GRAÇA!!!

Data: Sexta-feira (08/08/2014)
Horário: 13:30 horas.
Local: em frente ao Brasília Shopping (na cidade de Brasília)

Compartilhe e divulgue!!!!

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Resposta Localizada e Uso Desproporcional de Força

Durante os anos da Guerra Fria o mundo conheceu o risco real de extinção. Era necessário aprimorar uma técnica de resposta militar que evitasse o uso de armas nucleares. Foi nesse ambiente que ganhou musculatura a ideia da resposta militar localizada e a teoria do uso proporcional de força. Essas ideias, bem ou mal, evitaram colapsos nucleares mesmo durante guerras sangrentas (como a do Vietnã ou do Afeganistão, por exemplo).Um exemplo recente: foi com o princípio da resposta localizada, e do uso proporcional da força, que a Inglaterra respondeu a invasão argentina das ilhas Malvinas.

Com o fim da guerra fria, talvez por inércia, os princípios acima continuaram sendo adotados. Contudo, vale salientar que tais princípios buscavam evitar uma guerra nuclear. Não é função de tais princípios serem adotados no caso de uma grande potência contra uma pequena. Aliás, é ridículo pensar na ideia do "uso desproporcional de força" quando um país militarmente ataca outro militarmente forte. Ora, se o país militarmente forte não pode fazer uso de sua superioridade militar, então por que manter gastos militares?

O princípio do "uso desproporcional de força" não se aplica quando um país fraco ataca outro forte. Afinal, aplicar esse princípio nessa situação equivale a evitar a punição ao agressor. Equivale a dar ao agressor a garantia que suas perdas serão moderadas, o que em outras palavras significa estimular sua agressividade.

Tudo isso para dizer o óbvio: não se aplica a ideia da resposta localizada, e do uso proporcional de força, ao confronto entre o Hamas e Israel. Não faz o menor sentido Israel responder ao ataques do Hamas de maneira proporcional e localizada. Quando um grupo militarmente fraco ATACA um país militarmente forte, esse grupo deve entender que sua extinção é uma possibilidade real.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

VideoCast do Sachsida: Segurança Pública

Neste vídeo comento mais um absurdo referente a segurança pública: policiais são obrigados a pagar do próprio bolso pelo conserto de viaturas. É essa a política pública de segurança que você quer? Para assistir clique aqui.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Eu não sou petista, mas...

Recebi uma avalanche de mensagens que começam sempre do mesmo jeito: "não sou petista, mas..." ou ainda "não voto no PT, mas...", e por aí vai. Já notaram isso? Essa é a velha arma dos petistas, mas agora com roupagem diferente, a velha e imoral técnica de destruir reputações.

Alguém compartilha um post meu, e lá vem o "não sou petista, mas...". A credibilidade dos petistas está tão baixa que para serem ouvidos precisam rejeitar seu partido. A roupa é nova, mas a moral continua a mesma. Logo em seguida passam a atacar os críticos da política econômica petista. Aliás, passam a ofender abertamente todos que discordam de suas ideias.

O mais engraçado, para não dizer trágico, dessa nova modalidade de ataque é o nível dos detratores. Houve época em que era possível ao menos respeitar o CV desses meninos e velhos mimados. Hoje o nível deles é tão baixo que sequer entendem o que é um curriculum vitae de respeito!!! Algumas semanas atrás um "gênio" se referiu ao próprio CV como algo brilhante... o rapaz sequer entendia a diferença entre Texto para Discussão e uma publicação acadêmica... isso é equivalente a dizer que 13-4=7..... bom o garoto tem a quem puxar. Já alertei sobre essas pessoas: é o famoso caso de se criar artificialmente excelentes CVs. Os detratores galgam postos cada vez mais altos na hierarquia do governo, não por mérito, mas por serem isso que são... em alguns anos olha-se o CV desse detrator e tem-se a falsa impressão de que ele galgou postos por mérito (quando na verdade os adquiriu por ser um pau mandado, um pretendente a destruidor de reputações alheias).

Faço um pedido aos leitores do blog. Da próxima vez que tentarem me desqualificar, deem uma lida no meu CV. Alguns podem até não gostar de mim, mas ser professor de economia nos Estados Unidos não é pra qualquer um. Publicar diversos artigos no Brasil e exterior, também não é algo trivial. Enfim, esse post é uma resposta ao recente ataque dos mediocres a minha pessoa. No final do dia, o que mais deve doer esse pessoal é que eles sempre sabem quem eu sou, mas eu nunca faço ideia de quem sejam eles.... são peões, gente rasteira, que para subir na vida recorrem a qualquer manobra. Me odeiam por uma razão simples: não importa onde e nem quando, sempre deixo claro o que penso deles e de seus métodos. Tal como deve ser feito com os psicopatas faço com os detratores: desmascaro-os.

Enfim, termino aqui com a citação que foi deixada em minha página no facebook: "Não sou petista, mas se fosse teria vergonha". Perfeito!

sábado, 2 de agosto de 2014

Mais um Exemplo do Doutrinação Ideológica nas Escolas do DF!!!

Neste vídeo mostro mais um exemplo de doutrinação ideológica nas escolas do Distrito Federal. Dessa vez, prova de geografia faz apologia ao MST. Para assistir clique aqui.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

O Inverno Está Chegando: Contas Públicas estão se deteriorando cada vez mais!

"O governo central, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, acumulou no primeiro semestre um superávit primário de R$ 17,237 bilhões. Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a economia somou 0,69%. Nesse critério, foi o menor resultado para o período desde 1998. Também foi menos da metade do resultado obtido no primeiro semestre do ano passado e de 2009, o pior ano da crise econômica internacional, quando a economia brasileira entrou em recessão e o governo decidiu aumentar os seus gastos para amenizar os efeitos do desaquecimento econômico".

Amigos, imaginem o que irá ocorrer com o Brasil quando a taxa de juros internacional subir? Nosso déficit nominal (que inclui a conta de juros) irá disparar. As contas públicas desse país que vão de mal a pior serão postas em situação calamitosa. Sabem o que me assustou mais no parágrafo acima??? Foi ver diversos especialistas dizendo algo como "O problema é que as despesas estão crescendo mais rápido do que as receitas...". Nos primeiros seis meses do ano as receitas cresceram 6,1%, será que ninguém acha isso estranho? O secretário do Tesouro diz que no segundo semestre as receitas crescerão ainda mais!!! A lógica esta errada! O problema todo é que as despesas deveriam estar caindo, e atualmente as mesmas estão não só subindo, como subindo a um ritmo de 10% em relação ao período anterior.

Não basta frisar que a despesa esta crescendo mais rápido que a receita. É fundamental deixar clara a necessidade de baixar a despesa, a necessidade de se gastar menos. Novamente, o governo tenta equalizar suas contas arrecadando cada vez mais. Esse é o caminho errado. Fico espantado com argumentos que não levam isso em consideração.

Enfim, tal como já alertei em diversas ocasiões, o governo federal esta implodindo as contas públicas desse país. Verdade seja dita, ele não está sozinho nessa empreitada: os estados estão fazendo sua parte para piorar ainda mais o cenário fiscal do ano que vem.

O inverno está chegando...

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email