quinta-feira, 30 de outubro de 2014

BACEN aumenta taxa de juros, mas ao mesmo tempo estimula o crédito. Essa não é a maneira de combater inflação!

Quem acompanha esse blog sabe que essa não é a primeira vez que falo sobre o assunto (você pode ler sobre isso aqui e aqui). Mas irei reforçar meu ponto: a eficiência do aumento da taxa de juros para combater a inflação é diminuída quando se expande o crédito.

O argumento é simples: quando o Banco Central aumenta a taxa de juros ele está tentando reduzir a liquidez da economia, gerando um aperto monetário visando forçar uma redução na demanda agregada (por exemplo reduzindo o consumo ou o investimento privado). Isso por sua vez levaria a uma redução na pressão por aumentos de preços, reduzindo assim a taxa de inflação. CONTUDO, quando o Banco Central aumenta o crédito ele está agindo em sentido oposto: aumenta-se a liquidez da economia, gerando um afrouxamento monetário que visa forçar um aumento na demanda agregada (por exemplo aumentando o consumo ou o investimento privado). Isso por sua vez leva a um aumento na pressão por aumentos de preços, aumentando assim a taxa de inflação.

Confesso que não entendo a política adotada pelo BACEN. Ontem o BACEN aumentou a taxa de juros para 11,25%. CONTUDO, entre julho e agosto desse ano, esse mesmo BACEN tomou medidas para estimular o crédito. O resultado dessa política de expansão do crédito foi que em setembro o volume de crédito ofertado atingiu a marca inédita de R$ 2,9 trilhões, o equivalente a 57,2% do PIB.

Claro que você pode argumentar que o BACEN esta tentando estimular investimentos em infraestrutura e aumento da produção, o que geraria um aumento da oferta agregada e reduziria a pressão sobre os preços. Será que é isso que está ocorrendo? Com a palavra Tulio Maciel, chefe do Departamento Econômico do Banco Central:

"Isso [crescimento] refletiu principalmente o crédito direcionado [BNDES, habitacional e crédito rural], com destaque para o crédito do BNDES, influenciado pela taxa de câmbio. O crédito imobiliário cresceu 1,5% no mês. Mas também houve aumento do crédito para compra de veículos, o que pode ser resultado das medidas do BC". (grifo meu).

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Um Comentário ao Artigo de Mansueto Almeida

Mansueto Almeida é certamente uma das maiores autoridades brasileiras em questões fiscais. Aprecio e aprendo muito com seu excelente blog. Desta vez, contudo, tenho um comentário a respeito de seu último texto: "A dificuldade do ajuste fiscal".

No texto Mansueto mostra como será difícil ao atual governo realizar um ajuste fiscal sem frustrar suas promessas de campanha. Verdade, concordo com ele. Aliás, os leitores desse blog sabem, desde março de 2011, exatamente como deve ser feito um ajuste fiscal no brasil.

Sim, concordo com o texto de Mansueto. Contudo, talvez por ser mais otimista que eu, Mansueto deixa de analisar o real ajuste fiscal do próximo governo. O ajuste fiscal do próximo governo Dilma será via INFLAÇÃO. Esse é o caminho que o PT irá escolher. Em vez de realizar os cortes necessários, em vez de realizar as reformas imprescindíveis, o governo irá gerar inflação para acomodar o orçamento.

No Brasil, dada a estrutura das receitas e despesas, a inflação é uma maneira eficaz (apesar de ERRADA) para se reduzir gastos e aumentar receitas nominais. Meu palpite é que o governo irá tolerar uma inflação acima de 6%, e usar isso como uma maneira de se fazer o ajuste fiscal.

REPITO: usar inflação para realizar o ajuste fiscal é uma medida ERRADA. Contudo, me parece que esse será o ajuste fiscal a ser realizado pelo próximo governo Dilma.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Dilma Aplica a Kansas City Maneuver na Reforma Política

O que é a Kansas City Maneuver? Essa é uma manobra diversionista: faz-se um movimento para um lado quando o ataque verdadeiro se dará no lado oposto.

Dilma esta aplicando essa manobra na questão da reforma política. Ela alardeia para todos os cantos que quer uma reforma política via plebiscito. MENTIRA!!! Dilma e o PT sabem que isso é operacionalmente impossível. Um plebiscito deve necessariamente ser feito com perguntas que impliquem em respostas do tipo SIM ou NÃO. Mesmo em questões simples, do tipo: "Você é a favor do financiamento público de campanha?", ainda que a resposta implique em SIM ou NÃO, a sequência da pergunta impede isso. Por exemplo, suponha que se responda "sim" a pergunta acima. Então necessariamente precisaremos de uma segunda questão que disserta sobre como será feita a divisão dos recursos públicos para bancar as campanhas. Por exemplo, todos os partidos receberão a mesma quantia? A quantia será proporcional à bancada no Congresso ou ao número de votos recebidos? Notem que mesmo uma questão simples como essa gera desdobramentos que não podem ser respondidos num plebiscito.

O truque aqui é simples: Dilma e o PT NÃO querem um plebiscito para a reforma política, o que eles querem é: 1) a vantagem moral de dizerem que tentaram incluir a população na discussão; e 2) a própria reforma política. Entenderam? Eles pedem por um plebiscito, mas no fundo o que querem mesmo é a reforma política. Esse é o truque!!! Infelizmente boa parte do Congresso tem caído nesse truque: recusam o plebiscito, mas dão como certa a reforma política!!! O PT ainda controla a Câmara e o Senado, é extremamente arriscado fazer uma reforma política nesse cenário.

Diga NÃO a reforma política!!! Sim, temos que mudar nosso sistema político. Contudo, tal mudança deve ser feita quando partidos que respeitam a democracia e a alternância de poder estejam em condições de enfrentar os inimigos da sociedade aberta. Esse não é o momento da reforma política, o PT irá dominar o cenário e implementar mudanças que dificilmente darão chances a outros partidos nas próximas eleições.

Nada de culparmos o Nordeste pela vitória do PT, temos que aprender com essa derrota

Neste vídeo mostro que Dilma venceu em estados fora do Nordeste. A vitória de Dilma foi um desastre, não faz sentido culparmos o nordeste. Temos que aprender com essa derrota, e não criarmos mais divisões em nosso país. Para assistir ao vídeo clique aqui.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Um Pedido de Desculpas a Aécio Neves

Em 2002, e depois em 2006 e 2010, critiquei severamente Aécio Neves. Reclamava de que ele fazia corpo mole em Minas Gerais nas eleições presidenciais. Em 2002, Aécio foi eleito governador de Minas (ainda no primeiro turno) com 57,7% dos votos válidos. Contudo, no segundo turno presidencial em Minas, o candidato tucano José Serra obteve apenas 33,5% dos votos contra 66,4% de Lula. Em 2006, Aécio foi reeleito governador de Minas, novamente no primeiro turno, com incríveis 77% dos votos válidos. Mas para presidente repetiu-se a derrota: Alckmin com 35% e Lula com 65%. Em 2010, Aécio se elegeu para o Senado, mas Serra (com 41% dos votos válidos) foi derrotado em Minas Gerais por Dilma (que obteve 58%). Em todas essas derrotas culpei Aécio Neves.

Nesses eleições aconteceu o impensável: Aécio que por duas vezes havia sido governador em Minas (ambas no primeiro turno), que saiu do governo com um índice de aprovação acima de 90%, foi derrotado em seu próprio estado por Dilma. Aécio recebeu 47,5% dos votos contra 52,4% recebidos por Dilma. Esses número deixam claro que Aécio não fez corpo mole, ele não foi desleal com seus colegas de partido. Infelizmente, para Presidente da República, Minas Gerais vota mesmo é no PT. Como mudar isso? Essa é uma pergunta importante, e que deve ser estudada com calma, para que ajustes sejam feitos na próxima eleição. Contudo, fica claro que a culpa da derrota tucana nas eleições presidenciais passadas não pode ser colocada nos ombros de Aécio Neves.

Deixo aqui, publicamente, meu pedido de desculpas ao Senador Aécio Neves. Desculpe-me por culpá-lo dos fracassos do PSDB em Minas nas eleições presidenciais passadas. Hoje resta evidente que o senhor atuou com lisura e respeito aos candidatos tucanos que foram derrotados nas eleições de 2002, 2006, e 2010.

domingo, 26 de outubro de 2014

Perdemos mais uma. A única coisa boa dessa derrota é ver o desastre que o PT plantou ser colhido pelo próprio PT


Perdemos mais uma. Mais uma vez um candidato sem expressão, sem talento político, vence um candidato mais preparado. Na internet todos buscam por um culpado. Acho isso perda de tempo, estamos todos de cabeça quente. O momento agora não é de procurar culpados ou bodes expiatórios. O momento é de esfriar a cabeça e corrigir erros. Não adianta culpar o Nordeste, se perdemos lá cabe a pergunta: por que perdemos lá e o que podemos fazer para mudar essa situação? Minas Gerais foi outra incógnita, como Aécio foi perder lá? E o que deve ser feito para mudar isso?

Enfim, perdemos. Meu sentimento de derrota é enorme, mas enfim, fiz o que estava a meu alcance. A partir de amanhã é juntar os pedaços, por a cabeça no lugar, e começarmos de novo. Acredito que em 2018 as eleições serão de outro tipo, não acredito que teremos mais eleições nos moldes atuais. O PT vem com tudo: reforma política, controle social da mídia, e conselhos populares tirando autonomia do Congresso Nacional. Enfim, serão 4 anos de batalhas duras para manter viva a chama da democracia no Brasil. Ou nos unimos, ou nos apoiamos, ou deixamos algumas de nossas diferenças de lado, ou não teremos a menor chance em 2018.

A única coisa boa da vitória do PT é que a crise que o PT plantou em nosso país nos últimos anos será colhida pelo próprio PT. Serão anos ruins pela frente. Os próximos anos serão de duras provações econômicas: inflação alta, crescimento econômico baixo, salários estagnados ou em queda, e desemprego subindo. Tal como alertei em inúmeras oportunidades ao longo dos últimos anos, teremos a volta da década de 1980.

Em toda grande crise econômica os extremos ganham força. Isso quer dizer que a extrema esquerda e a extrema direita irão crescer. Nosso objetivo pelos próximos quatro anos deve ser um só: elegermos alguém de centro ou de direita para ser o próximo presidente do Brasil. Se você concorda então junte-se ao Foro de Brasília, uma entidade criada para combater o avanço da esquerda em nosso país. Outra opção é juntar-se ao Café da Tarde, outro movimento criado para defender ideias liberais em economia e valores conservadores em questões morais.

sábado, 25 de outubro de 2014

E Agora?

Neste domingo, dia 26 de outubro de 2014, os brasileiros se confrontarão com uma de suas mais importantes decisões: Aécio x Dilma. Amanhã descobriremos se a frase “Todo povo tem o governo que merece” é um ditado popular ou uma maldição.

Votarei em Aécio Neves e, com a graça de Deus, poremos fim a esse pesadelo.

domingo, 12 de outubro de 2014

A Bandeira do Brasil não é vermelha, nossa bandeira é VERDE E AMARELA!!!

Neste vídeo faço um desabafo: a bandeira de nosso país não é vermelha!!! Nossa bandeira é VERDE E AMARELA!!! Para assistir clique aqui.

Nossa Senhora, São Francisco e o PT

Hoje, 12 de outubro, é dia de Nossa Senhora. 4 de outubro foi dia de São Francisco de Assis. São Francisco é um dos santos mais queridos e amados da Igreja. Sua oração figura entre uma das mais belas:

"Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé;
Onde houver erros, que eu leve a verdade;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz
Ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar,
que ser consolado;
Compreender, que ser compreendido;
Amar, que ser amado;
Pois é dando que se recebe;
É perdoando, que se é perdoado;
E é morrendo que se vive para a vida eterna
"

De uma oração bela como essa o PT aprendeu apenas uma única coisa, e ainda por cima aprendeu errado. Não, o PT não aprendeu levar a união onde há discórdia. Pelo contrário, o partido busca justamente levar a discórdia onde antes havia união. O PT insiste em jogar pobres contra ricos, brancos contra negros, homens contra mulheres, filhos contra pais. Não, o PT também não tenta levar a verdade onde há erro. Pelo contrário, aparelha completamente a máquina pública, premiando não a verdade ou a competência, mas louvando a militância petista em detrimento do país. Não, o PT não leva o perdão. Pelo contrário leva sempre a ofensa contra os que discordam de suas atitudes contrárias ao interesse da nação.

De toda oração de São Francisco, a única coisa que o PT aprendeu, e aprendeu ERRADO foi a parte "é dando que se recebe". O PT pegou uma das orações mais lindas da igreja e a transformou num sinônimo de corrupção. Quando São Francisco disse que é dando que se recebe, isso era uma referência a doação presente, a doação aos pobres, em prol do recebimento da salvação perante Deus. O PT transformou isso num apelo a corrupção.

Hoje é dia de Nossa Senhora, a protetora do Brasil. O que será que os petistas pensam de Nossa Senhora? Que nesse dia a paz de espírito e o amor de Cristo abençoe a todos. E reforço aqui a oração de São Francisco "Onde houver trevas, que eu leve a luz".

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Nova Política Econômica do Governo para Combater a Inflação: Coma mais Frango!!!


Quando pensamos que a estupidez não tem mais limites, a pior equipe econômica de todos os tempos nos surpreende de novo.... adivinha qual é a nova arma da equipe econômica para combater a inflação??? Pensa bem... vejamos:

a) adoção de uma política monetária restritiva
b) redução nos gastos públicos
c) maior abertura da economia
d) comer mais frango


Bom, acertou quem disse alternativa "d" (comer mais frango).

Impressões Sobre a Primeira Propaganda Eleitoral do Segundo Turno

Neste vídeo descrevo minhas impressões sobre a primeira propaganda eleitoral presidencial do segundo turno de 2014. Para assistir clique aqui.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Meus Votos para o Segundo Turno da Eleição de 2014

Neste vídeo declaro meus votos para o segundo turno das eleições de 2014: Aécio Neves para Presidente do Brasil, e Jofran Frejat para Governador do Distrito Federal. Para assistir clique aqui.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O Time Titular do PT Entra em Campo!!!

Começou o jogo pra valer, e o PT coloca em campo seu time titular! Até agora os petistas estavam descansando, brincando, vivendo um faz de conta. Com a subida grande de Aécio, o time titular do PT finalmente foi convocado para entrar em campo. Aguardem: essa será a eleição mais suja de nossa recente história democrática. Esse post alerta para três truques simples que os petistas já colocaram em prática. E vem mais por ai!!!

Truque 1) “Não sou petista, mas...” Esse é um truque de primeira geração. O interlocutor começa dizendo não gostar e nem votar no PT apenas para em seguida declarar apoio ao PT. Não se deixe enganar, desmascare o petista no ato!!!

Truque 2) “Aécio vai vencer e graças a Deus vamos nos livrar desses nordestinos...”. Esse é um truque de segunda geração que o PT acabou de lançar no mercado. Ele tem várias derivadas, entre elas “Não aguento mais ter que puxar saco de negros para que votem no Aécio”, ou ainda “Quando Aécio vencer vamos nos livrar desses pobres”. Enfim, são várias combinações de frases que dão a entender que pessoas que votam em Aécio são da “elite branca reacionária que não suporta negros, pobres ou nordestinos”. Não se engane, são todos perfis falsos, criados por petistas, justamente para criar uma antipatia de determinados segmentos da população contra Aécio Neves. Desmascare os petistas no ato, e advirta seus amigos desse truque sujo petista.

Truque 3) Não sei o que virá por aí, mas com certeza vem chumbo grosso. Entendam uma coisa: hoje existem milhares de pessoas que estão no governo que recebem entre 20 e 50 mil reais por mês, que se tivessem que trabalhar no setor privado não receberiam nem 3 mil. Essas pessoas topam fazer qualquer coisa para manter seus empregos. É um batalhão de sindicalistas mamando em fundos de previdência estatais, pelegos em conselhos de administração, esquerdistas em funções gratificadas, jornalistas que subsistem graças ao patrocínio de empresas estatais em seus blogs, etc. Essas pessoas farão QUALQUER COISA para manter seus empregos atuais. Afinal, se perderem essa “boca” dificilmente encontram emprego que lhes pague mais do que dois ou três salários mínimos.

Compartilhem esse post, alertem seus amigos, vizinhos e colegas de trabalho!!! O time titular petista entrou em campo, para eles o vale tudo eleitoral só está começando. Pelo bem do Brasil, pelo bem de nossa nação, pelo bem de nossas famílias, vamos defender nossa pátria desses vagabundos, dessa corja que acredita que o Brasil é deles, que ninguém além deles tem direitos. Vamos defender nossa pátria daqueles que estão a semear o ódio, a discórdia e a desconfiança entre irmãos. O Brasil não aguenta mais 4 anos de PT.

domingo, 5 de outubro de 2014

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Meus Votos para a Eleição 2014


Esse é o tipo de coisa que você não vai ver outros políticos fazendo. O político tradicional não revela seus votos por medo de perder apoios. Acho errado esse procedimento. Enfim, quem vota em mim tem o direito de saber em quem irei votar.

Deputado Distrital: Adolfo Sachsida (25.444) - Democratas

Deputado Federal: Alberto Fraga (2525) - Democratas

Senador: Sandra Quezado (456) - PSDB

Governador: Jofran Frejat (22) - PR

Presidente: Aécio Neves (45) - PSDB

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email