quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Considerações Sobre o Futuro do Brasil: o Desafio de 2018


O que nos espera em 2018? Em minha opinião 2018 será o ano da verdade para a sociedade brasileira. A crise econômica está chegando, e será uma crise forte. Ambientes assim sempre favorecem o crescimento dos extremos: tanto a esquerda como a direita.

Participo de vários grupos, e na maioria deles a euforia é geral. Comemoram o crescimento da direita, comemoram o crescimento dos conservadores, comemoram o crescimento dos liberais. Infelizmente, acredito que todos cometem o mesmo erro: esquecem-se de verificar o que ocorre no campo oposto. E a extrema esquerda está crescendo muito, o PSOL é o exemplo mais visível. Alguém pode me apontar um único partido conservador, liberal ou de direita que sequer tenha 10% da força do PSOL? Apenas para lembra-los, o PSOL tem 5 deputados federais e 1 senador. Não apenas isso, alas radicais a esquerda de partidos de esquerda ganham força a todo dia.

Temos que nos preparar para 2018, sim estamos crescendo. Mas precisamos crescer mais rapidamente, o tempo urge. Tenho sérias dúvidas de como serão as próximas eleições presidenciais. O nível de agressão, de desrespeito, de animosidade está cada vez mais alto. Discordar de algum ponto de vista ou de algum partido está cada vez mais sendo tomado como ofensa pessoal. Domingo passado protestava na Esplanada contra a corrupção e contra o aumento de impostos, um sujeito de bicicleta passou por mim me xingando e ofendendo, basicamente ele berrava “Seu fascista filho da puta”. Isso é normal? É evidente que não, mas casos assim estão cada vez mais frequentes.

Com o agravamento da crise econômica vira também o crescimento do extremismo e da intolerância.

2 comentários:

Albertino F. disse...

Há um clima muitíssimo parecido com 1963 e início de 1964 em todos os aspectos: Corrupção geral, caos na economia, estatais problemáticas... Até ouço um côro cada vez mais intenso de simpatizantes (principalmente empresariado e classe média) com uma intervenção militar.
Intolerância e extremismos políticos também são notórios desde a eleição.

Janderson Borges disse...

Sachsida, acha que a TR sobe até 2018? Quanto acha que sobe mais ou menos? Sei que é babaquice financiar imóvel agora, mas tenho até pensado nisso aqui em Manaus depois de um enorme "desconto" de uma construtora.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email