quarta-feira, 15 de julho de 2015

Não se brinca com time grande. O PT é time grande, não se brinca com o PT.

Time grande é time grande, quando você tem a chance de vencê-lo vença-o!!! Não fique tocando a bola de lado, não fique querendo fazer firulas ou malabarismos. Goste-se ou não o PT é time grande. A oposição comete um erro tenebroso com essa história de deixar o PT sangrar até 2018. Vamos aos fatos.

1) A história de deixar sangrar já deu errado no passado com Lula, por que daria certo agora? Detalhe: eu previ a crise de 2015/2016, mas não é necessário ser gênio para saber que um país não cai infinitamente. Pode perfeitamente ocorrer que 2017/2018 sejam anos de crescimento razoável APESAR do PT.

2) Eduardo Cunha já certou uns 5 ou 6 diretos de direita no governo Dilma, o TCU idem, a lava-jato idem, o TSE idem, a população saiu maciçamente as ruas pedindo sua saída, Dilma e o PT são vaiados continuamente, e continuam de pé. Collor caiu por muito menos, esse é um fato.

3) Qualquer outro político que não fosse Lula já estaria liquidado. Lula continua com intenções de voto acima de 20% mesmo tendo sua imagem muito arranhada pelos escândalos de corrupção.

4) Quem tem a caneta é sempre um adversário perigoso.

5) E o principal dos argumentos, o Brasil sangra junto com o PT.

O pedido de impeachment tem que receber o apoio aberto, e o patrocínio, do PSDB que é o principal partido de oposição. O DEM e o PPS devem se juntar. Tal pedido não pode demorar muito mais, cedo ou tarde o PT se recompõe. O período entre a terceira semana de agosto e a primeira de setembro parece ser o período ideal para isso. Vamos jogar em Eduardo Cunha o peso de dizer não ao impeachment. Hoje este peso está nas mãos do PSDB. Vamos jogar nos deputados o peso de NOMINALMENTE dizerem que são contra o impeachment, esse peso hoje está todo com o PSDB.

Mesmo que o pedido de impeachment não seja aceito será uma vitória política da oposição. O pedido de impeachment tem base legal e tem suporte popular. Não se brinca com time grande, a hora é agora!

3 comentários:

Anônimo disse...

O Cunha não gosta de Renan que não gosta de Temer que não gosta de Cunha. Mas os 3 se suportam.
Até o ano passado o Cunha era mero lider de partido e coadjuvante dos outros dois. Abriu uma bela duma ferida no poder petista e ascendeu hierarquicamente no PMDB, praticamente sem o apoio dos outros dois caciques. Cunha se tornou mais visível e tão importante quanto eles. Se vc se lembrar o Temer ficou meio apagado no início deste periodo legislativo e assistiu o protagonismo do Cunha. Foi por isso que resolver assumir a articulação politica, surpreendendo até mesmo Renan e Cunha naquele momento. Tomou para si novamente uma parte da batuta do poder. É como se dissesse: Oh, eu ainda estou aqui e mando. Mas o Cunha não se intimidou e continuou avançando sua agenda e obtendo vitorias. Por isso nega, até então, a possibilidade do impeachment. Ele vai esticar até onde der, faturando politicamente, abrindo caminho no PMDB e de quebra desgastando o PT e Dilma. Chegou ao ponto de propor um parlamentarismo para 2019. Certamente ele acredita que teria grandes chances de ser o Primeiro ministro. Conta, até o momento, com mais apoio dos congressistas para se eleger do que prestígio popular para ser presidente. Falta combinar com os outros dois. Temer que ser presidente e Renan quer continuar mandando.
Portanto é simples. Eles estão disputando poder entre si. O impeachment só vai avançar primeiramente, quando e, se eles entrarem em acordo. Se há ou não fato indiscutível para o impedimento neste mandato é um mero detalhe. Na hora que eles se entederem, juntam com a oposição e apeam a Bulgara de lá. Só não vale perder o "timing". Cabe ao povo tentar fazer essa "engrenagem" girar e ir as ruas em peso no 16/08, forçando para que eles se definam entre si.;-)
abs

Anônimo disse...

Grande Adolfo, as coisas estão mudando depressa.
As organizações criminosas irão se enfrentar e o vale tudo já começou.
Qualquer previsão, inclusive para o dia seguinte, estará furada.
Temos que torcer para que se matem.
Abração.

samuel disse...

Cunha já pediu para V atualizar seu pedido de Impeachment. A hora chegou Adolfo! É seu momento de gloria. Agora o Impeachment sai...kkk
ou sai ou saimos nós...

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email