sexta-feira, 29 de maio de 2015

O meu MUITO OBRIGADO as pessoas abaixo

Essa semana esteve no Distrito Federal a Marcha pela Liberdade. Como todos sabem, na quarta-feira, foi protocolado o pedido de impeachment de Dilma Rousseff. Abaixo quero deixar registrado meu agradecimento as pessoas que organizaram a marcha no Distrito Federal. Claro que todo protagonismo deve ser dado aos valentes patriotas que, sob o comando do Movimento Brasil Livre, caminharam mais de 1.000 km para entregar o pedido de impeachment. Contudo, me parece justo render algumas homenagens a quem, longe dos olhares do grande público, ajudou muito na concretização do evento.

Estarei listando os nomes não na ordem de importância, mas numa ordem cronológica para facilitar a visualização. Os sobrenomes ficam aqui omitidos.

Domingo: foi vital a contribuição de Jefferson que organizou a chegada da Marcha no Distrito Federal. Carros de som, fogos de artifício, carreata. Foi um show. A noite o local de moradia e o jantar foram cortesia do Justos e do Ricardo. Agradecimento a Glau e a Maria pelo apoio.

Segunda: o almoço foi cortesia do Marcelo Reis (Revoltados on line). Coletiva de imprensa e carreata. Fica aqui registrado o agradecimento ao Aldo pelo planejamento. Patricia ajudou na execução.

Terça: Ponce, Daisy, e Roberta organizaram o segundo trecho da marcha no DF. Meire foi vital para conseguirmos a estadia no Pavilhão de Exposição do Parque da Cidade. Felipe ajudou a custear o almoço. Claudia, Silvia e Beatriz custearam o jantar. Ricardo e sua esposa nos brindaram com um caldo para espantar a fome e o frio. Thais foi fundamental para a organização das refeições. Helena nos trouxe água, refrigerante, e produtos diversos.

Quarta: Mario e Chico custearam o café da manhã. Agradecimento a equipe que elaborou o pedido de impeachment, foram atrás dos documentos necessários, e aos que assinaram. Aqui prefiro não citar nomes, mas não há como não agradecer a uma pessoa especial: caro anônimo, você sabe a quem me dirijo, obrigado.

Claro que os nomes citados ajudaram MUITO MAIS do que uma única vez. Claro que outras pessoas também ajudaram. Não é possível listar toda a ajuda que cada um deu, pois ajudaram demais, a ideia foi apenas lembrá-los de que sem vocês alguém teria ficado sem jantar, sem ter lugar para dormir, ou sem pedido de impeachment para entregar. Vocês fizeram a diferença quando o país pediu por sua ajuda. Muito obrigado!

Finalizo agradecendo todas as caravanas que vieram a Brasília. Foram caravanas do Amazonas, Santa Catariana, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Rio Grande do Sul, Paraná, Alagoas, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, e Mato Grosso do Sul. A rigor vieram pessoas de TODOS os estados brasileiros. Muito obrigado por terem deixado seus lares, suas famílias, seus empregos, e gasto recursos para participarem de nossa marcha. Obrigado também a todo povo do Distrito Federal por sua calorosa recepção. Agradeço por fim a polícia militar e civil, bombeiros, detran, e todas as equipes da secretaria de segurança pública que garantiram nossa segurança e nos trataram com todo o respeito e dedicação.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Minha Prestação de Contas sobre a Marcha pela Liberdade

O objetivo desse post é prestar contas sobre meus gastos e sobre minha arrecadação para financiar os custos da Marcha pela Liberdade no Distrito Federal.

Gastos:
1) conta de telefone: 500 reais (inclui a conta do próximo mês que irá vencer)
2) combustível: aproximadamente 200 reais
3) ajuda para pagar jantar: 80 reais
4) ajuda para pagar almoço: 46 reais
5) mesa para assinatura do impeachment: 50 reais
6) limpeza do pavilhão (após o uso da Marcha): 200 reais
7) uma semana de férias do serviço para ajudar na organização e participar da Marcha
Total dos meus gastos: R$ 1.076,00

Receitas:
1) valor recebido de movimentos de rua: ZERO
2) valor recebido de partidos políticos: ZERO
3) valor recebido de sindicatos: ZERO
4) valor recebido de ONG’s: ZERO
5) valor recebido como doação de outras pessoas: ZERO
Total de minhas receitas: ZERO

Saldo: prejuízo de R$ 1.076,00 de meu dinheiro, perda de uma semana de férias, além do enorme volume de tempo dedicado ao evento.

Este post não é uma reclamação. Muitas pessoas gastaram bem mais do que eu, alguns viajaram até Brasília apenas para participar desse evento. Outros se sacrificaram bem mais: largaram o emprego, se endividaram, perderam oportunidades, etc.

Estou prestando contas apenas para que não digam que recebi dinheiro, que estou ganhando por isso. Infelizmente, algumas pessoas tem prazer em transformar um trabalho voluntário bonito em algo sujo. Então que fique bem claro: todos os meus gastos foram financiados EXCLUSIVAMENTE por recursos provenientes de meu bolso. Não recebi um único centavo de ninguém.

Amanhã estarei escrevendo um post sobre as pessoas que ajudaram muito no evento aqui no Distrito Federal. Ressalto que todas elas gastaram dinheiro do próprio bolso, não receberam financiamento de ninguém.

Por que a imprensa não dá ao pedido de impeachment de Dilma o mesmo destaque que deu ao pedido de impeachment de Beto Richa?


Vamos analisar dois casos:

Caso 1) Uma única pessoa pede o impeachment do governador do Paraná.

Caso 2) Um grupo de pessoas caminha mais de 1.000 km, 33 dias na estrada, 33 cidades visitadas, e entrega um pedido de impeachment num ato que reuniu centenas de pessoas na capital federal. Além disso, tal pedido de impeachment se faz acompanhar por mais de 3.000 páginas de documentos oficiais embasando tecnicamente o pedido. O líder do PSDB na câmara, os líderes do DEMOCRATAS na câmara e no senado, outros doze deputados federais, e o Presidente da Câmara, recebem o grupo com o pedido de impeachment.

Adivinhem para qual dos dois casos a imprensa nacional deu mais destaque??? Realmente me foge o motivo do DFTV ter praticamente omitido isso de sua programação. O mesmo valeu para todos os demais veículos de grande mídia. Notas pequenas, ou marginais, ou informação nenhuma sobre o tema. A exceção ficou por conta de alguns blogs de grande destaque nacional como o do Reinaldo Azevedo e o Antagonista. Muito pouco comparado ao destaque dado ao pedido de impeachment do governador do Paraná.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

É Hoje!!! 14:00 na Frente do Congresso Nacional!!!

É Hoje!!! Chegou o grande dia!!!! Depois de 33 dias na estrada, mais de 1.000 km e 33 cidades visitadas, a Marcha pela Liberdade chegará as 14:00 horas, em frente ao Congresso Nacional, com o pedido de impeachment de Dilma Roussef!!!

Venha participar dos últimos quilômetros dessa jornada épica!!! Venha participar desse momento histórico!!!

10:30 horas --> saída do Parque da Cidade (Pavilhão de Exposição) rumo ao Museu da República (caminhada de 5 km)

12:00 horas --> concentração no Museu da República (na esplanada dos ministérios)

13:00 horas --> saída do Museu da República rumo ao Congresso Nacional (caminhada de 1 km)

14:00 horas --> entrega do pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef (assinatura do pedido na rampa do Congresso Nacional)

O Brasil precisa de você. Se você não pode participar de todos percurso, venha pelo menos no seu horário de almoço e fique alguns minutos conosco, mas não deixe de comparecer.

Se você não está em Brasília, use o verde e amarelo (ofensa mortal aos petistas), poste mensagens e compartilhe eventos ligados ao impeachment de Dilma nas suas redes sociais. Todo indivíduo pode fazer a diferença nesse momento, ninguém é pequeno demais para não ajudar. Toda ajuda é bem vinda, qualquer esforço seu nos é importante. Se você não pode fazer nada disso, então ore por nós e por nosso pais. Com a Graça de Deus, hoje começa o fim desse pesadelo.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Caminhada da Antiga Rodoferroviária até o Parque da Cidade


Nesta terça-feira a Marcha pela Liberdade sairá, as 8:30 da manhã, da antiga rodoferroviária e caminhará até o parque da cidade. Junte-se a nós!!! Faça parte desse momento histórico, venha gritar Fora Dilma, Fora PT!!! Esta é a hora de mostrar sua revolta com a corrupção, escândalos e desmandos que tem caracterizado o governo petista.

Local: antiga Rodoferroviária de Brasília (atual shopping popular)

Horário: 08:30 da manhã

Destino: pavilhão de exposições no Parque da Cidade.

Divulgue, participe!!!

Hoje tem Carreata pró-impeachment em Taguatinga as 15:00 horas!!!

Hoje, as 15 horas, tem carreata pró-impeachment em Taguatinga. Participe, junte-se a nós!!!

Saída da carreata: ACIT Jovem Associação Comercial e Industrial de Taguatinga Jovem, QI 25 Área especial Park da FACITA, Setor Qi - Taguatinga, Brasília - DF, 72135-250.

Horário: 15:00 horas

Data: HOJE!!! (segunda-feira, 25/05)

Ontem foi sensacional, centenas de pessoas foram nos esperar na divisa dos estados de Goias e Distrito Federal!!! Hoje vamos divulgar ainda mais o dia 27/05. Lembrando que hoje as 11:00 horas teremos coletiva de imprensa na FACITA. Abaixo a programação dos eventos externos de nosso evento.

Dia 25/05 (segunda-feira):
15:00 horas: carreata saindo da FACITA e passando por Taguatinga Norte.

Dia 26/05 (terça-feira):
08:00 horas: caminhada da antiga Rodoferroviária até o pavilhão de exposição no Parque da Cidade (6 km).

Dia 27/05 (quarta-feira):
10:30 horas: caminhada do Parque da Cidade (pavilhão de exposição) até o Museu da República (4 km)
13:00 horas: caminhada do Museu da República até o Congresso Nacional (1 km).
14:00 horas: chegada ao Congresso Nacional e assinatura do pedido de Impeachment.

sábado, 23 de maio de 2015

Eu sou PETISTA!!! Eu defendo o corte de gastos na saúde e na educação!!!


Eu sou PETISTA com muito orgulho!!!! Eu defendo o corte de gastos do governo na educação e na saúde!!!! Eu defendo um banqueiro no ministério da fazenda!!! Eu defendo o corte de gastos no Minha Casa Minha Vida!!!! Eu defendo o aumento dos juros para os bancos lucrarem mais!!!! Eu defendo o PT, e a manifestação golpista do dia 27/05 será um fracasso!!! Viva o PT!!! Viva o aumento no preço da energia elétrica!!!

Eu voto no PT!!! Eu defendo o PT!!! Viva o ajuste fiscal!!!! Viva a redução nos direitos trabalhistas e previdenciários promovidos pelo PT!!! Nas próximas eleições voto no PT de novo!!! Quero mais cortes nos gastos sociais, quero menos direitos trabalhistas, menos escolas e menos saúde. Eu tô com o PT! E você???

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Lições da Votação da Alteração na LDO em Dezembro de 2014 para a Oposição e para o Impeachment


Parece que o PSDB vai mesmo desistir de pedir o impeachment da presidente Dilma. Eles argumentam que não tem base política sólida, e que são minoria tanto na Câmara quanto no Senado. Isto é, não teriam como derrotar o governo. Segundo alguns líderes tucanos a derrota no processo de impeachment fortaleceria o governo. Sendo assim optaram por deixar esse pedido de lado.

Peço que a oposição se recorde da votação para a alteração na LDO ocorrida em dezembro de 2014. Acaso a oposição tinha chance de vitória naquela ocasião??? Claro que não!!! Naquele ano a força da oposição era bem menor do que é hoje. Contudo, fazendo uma oposição ferrenha e usando artifícios regimentais a oposição conseguiu uma vitória política enorme: por quase 1 mês as manobras e desajustes do governo petista foram expostos! A oposição perdeu a votação, mas ganhou a batalha política.

No caso do impeachment a situação é exatamente a mesma!!! Mesmo que a oposição perca, mesmo que o governo faça valer a força de sua máquina, ainda assim será uma vitória política para a oposição. Mais de 3 milhões de pessoas saíram as ruas nos dias 15/03 e 12/04, nas duas maiores manifestações de rua da história brasileira, a oposição não tem direito de ignorar essas vozes, e essas vozes tinham um pedido claro: FORA PT, FORA DILMA!

No dia 24 de abril de 2015 um grupo de jovens patriotas, organizados pelo Movimento Brasil Livre, iniciou uma caminhada de São Paulo rumo a Brasília com o objetivo de pedir o impeachment da presidente Dilma. Essa caminhada é conhecida pelo nome de Marcha pela Liberdade. A marcha chegará a Brasília, para pedir o impeachment de Dilma, no dia 27/03 (próxima quarta-feira). Aécio Neves deveria estar gravando vídeos chamando as pessoas para Brasília para participar desse momento. Todo o PSDB deveria estar convocando sua militância para apoiarem a marcha e virem a Brasília. O mesmo vale para o DEMOCRATAS, o PPS, o Solidariedade, e todos os demais partidos de oposição a esse governo corrupto.

Peço que enviem esse post ao pessoal do PSDB e demais partidos de oposição: não virem as costas para quem confiou em vocês!!! Gravem vídeos e disponibilizem na internet, mostrem que vocês apoiam a Marcha pela Liberdade, mostre que vocês não irão trair os votos que receberam e que irão apoiar o pedido de impeachment da Presidente Dilma. Se vocês perderem no voto, ou se Eduardo Cunha (presidente da Câmara) sequer botar o pedido em votação, então vocês terão mais capital político ainda, terão mais respaldo popular ainda, e terão dado um recado claro ao povo: no Brasil existe oposição!!! Façam isso e não esqueceremos esse esforço nas próximas eleições, se omitam nesse momento e não deixaremos que se esqueçam dessa traição!

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Marcha pela Liberdade no DF, divulgue, compartilhe, participe do Impeachment de Dilma!!!!

Abaixo segue um resumo do roteiro e atividades da Marcha pela Liberdade no Distrito Federal. Por favor, divulgue esse post, compartilhe nas redes sociais, comente com seus amigos e família. Vamos fazer um grande evento e acabar de vez com o pesadelo petista. Dia 27/05 é o Dia D, é o dia de pedir o impeachment da Presidente Dilma. Venha marchar conosco, venha fazer parte desse momento histórico!!! Serão três trajetos de caminhada no Distrito Federal, participe!!!!!

Dia 24/05 (domingo):
16:00 horas: caminhada do posto da Receita Federal da BR-060 até o Parque Leão (11 km).

Dia 25/05 (segunda-feira):
15:00 horas: carreata saindo da FACITA e passando por Taguatinga e Ceilândia.

Dia 26/05 (terça-feira):
08:00 horas: caminhada da antiga Rodoferroviária até o pavilhão de exposição no Parque da Cidade (6 km).

Dia 27/05 (quarta-feira):

10:30 horas: caminhada do Parque da Cidade (pavilhão de exposição) até o Museu da República (4 km)

13:00 horas: caminhada do Museu da República até o Congresso Nacional (1 km).

14:00 horas: chegada ao Congresso Nacional e assinatura do pedido de Impeachment.

terça-feira, 19 de maio de 2015

BOMBA!!! Graças a Deus ainda existe justiça no Brasil!!! A Hora do BNDES chegou!!!


BOMBA!!! Graças a Deus ainda existe justiça no Brasil!!! BOMBA!!! Graças a Deus ainda existe justiça no Brasil!!! A Hora do BNDES chegou!!! Ministério Público Federal pediu a prisão de mais de 60 suspeitos envolvidos com o BNDES!!!

domingo, 17 de maio de 2015

Quem paga e quanto custa fazer uma manifestação?

Escrevo esse texto pois não aguento mais ouvir os petistas, e parte da imprensa, questionando o custo das manifestações e quem paga por elas. Pois bem, acabou de chegar minha conta de telefone: R$ 510,09. Sabe quem paga por ela? Eu mesmo! Em toda manifestação é assim, as vezes pagamos a impressão de panfletos, as vezes fazemos caixinha para pagar o caminhão de som, outros pagam as faixas e por ai vai. Inclua nisso o custo de seu tempo, e do combustível, o tempo que você deixa de ficar com sua família, com seus amigos, e o tempo que você é obrigado a faltar na faculdade e deixar de estudar. Sabem quem paga por tudo isso? Eu mesmo, e todos aqueles que ajudam na organização de um evento.

Estou aqui dizendo em alto e bom som que milhares de brasileiros, espalhados por todo Brasil, botam a mão no bolso e, em vez de gastar seu suado salário com sua família, usam seu dinheiro para defender nossa pátria, para defender nosso país de uma quadrilha que o tomou de assalto.

Da próxima vez que um petista perguntar quem paga pelas manifestações pelo impeachment de Dilma, pode responder em alto e bom som: quem paga por isso são brasileiros honestos, trabalhadores, que usam seu salário para ajudar a libertar o Brasil. Infelizmente não tem nenhuma grande organização por trás desse movimento. A OAB será objeto de estudo um dia por seu posicionamento nesse episódio, o mesmo vale para a ABI. Vocês acham que a FIESP ou a CNI assinariam um pedido de impeachment? Meus amigos, são pessoas normais, como você, que dão vida e sustentação a esse movimento.

Não sou rico, é difícil para mim arcar com essas despesas. Situação idêntica é vivenciada por milhares de outros brasileiros que apesar de não terem muitos recursos contribuem com o pouco que tem para salvar nosso país de uma ditadura bolivariana. Conheço várias pessoas que tem sacrificado muito para manterem viva a chama da esperança. Esse post é um desabafo. Quem está a frente das manifestações contra o PT e contra Dilma são as pessoas decentes desse país, que não usam dinheiro de fundos de pensão estatais, ou verbas públicas, para defenderem suas ideias. Essa defesa é feita com o dinheiro suado de nosso próprio trabalho.

Dia 27/05 (quarta-feira), as 14:00 horas, em frente ao Congresso Nacional em Brasília, estaremos entregando o pedido de impeachment da Presidente Dilma. Se você concorda com isso, por favor, prestigie esse evento. Divulgue essa informação em suas redes sociais, avise seus amigos e parentes, e, se você mora em Brasília, participe desse ato. Se você não mora em Brasília, organize caravanas e venha para cá. Se você não pode vir, organize atos em sua cidade, vista o verde e amarelo (uma verdadeira ofensa para os petistas), e poste: “Eu quero o impeachment da presidente Dilma”.

Talvez essa seja nossa última chance de defendermos a democracia. Venha para Brasília e defenda a liberdade. Se falharmos no dia 27/05 o custo será pago por nós mesmo, mas também por nossos filhos e netos que serão condenados a viver sob um regime ditatorial.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Para Levy R$ 50 bilhões para o BNDES não comprometem o ajuste fiscal, mas R$ 20 bilhões para os trabalhadores é problema!!!


Não deixa de ser irônico ver o Ministro da Fazenda dizer que os R$ 20 bilhões de cortes em direitos trabalhistas e previdenciários são fundamentais para o ajuste fiscal, mas se calar sobre os R$ 50 bilhões para o BNDES.

No final do ano passado cobrei de Levy uma postura sobre o BNDES. Na época estava sendo autorizado mais um crédito (daquela vez de R$ 30 bilhões) do Tesouro para o BNDES. Meus "amigos" me diziam que a crítica era injusta, afinal ele ainda não era Ministro da Fazenda (e daí, será que não tenho o direito de saber o que pensa o próximo ministro?). Enfim, agora temos o BNDES novamente recebendo ajuda do Tesouro. Dessa vez serão R$ 50 bilhões. O que o Ministro da Fazenda tem a dizer sobre isso???

Quero saber por que o Ministro da Fazenda diz que um corte de R$ 20 bilhões nos direitos trabalhistas e previdenciários são fundamentais para o ajuste fiscal, mas se cala sobre R$ 50 bilhões ao BNDES!!!!

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Ajuste Fiscal: Gastos Irão Aumentar em vez de Diminuir

Já disse antes e repito: o ajuste fiscal do governo resume-se a aumento de impostos e inflação. O corte de gastos estava relegado a segundo plano.

O que já era ruim conseguiu ficar pior. Já havia alertado antes de que a operacionalização do ajuste iria implicar no pagamento de multas que poderiam aumentar os gastos públicos. E não é que a articulação política do governo deu um jeito de piorar as coisas!!! A mudança no cálculo do fator previdenciário tem tudo para AUMENTAR o gasto do governo numa magnitude superior a redução esperada nos gastos decorrente da Medida Provisória 664.

Resumindo, outro ajuste fiscal como esse e os gastos do governo duplicam!!!!

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Como Levar a Sério o Ajuste Fiscal??? Governo Coloca mais R$ 50 bilhões do Contribuinte no BNDES


O governo federal tem tentado convencer a sociedade de que o ajuste fiscal é pra valer. O governo petista jura que é necessário cortar direitos trabalhistas e previdenciários. O ministro da Fazenda diz em alto e bom som que precisa aumentar impostos. Tudo porque não há mais dinheiro em caixa...

Aí você abre o jornal e se depara com a seguinte notícia: GOVERNO VAI REPASSAR MAIS R$ 50 BILHÕES PARA O BNDES. Isso mesmo, o governo vai pegar o dinheiro do contribuinte brasileiro e repassar aos amigos do rei.

Em resumo, o governo pede sacrifícios cada vez maiores a população apenas para ter mais dinheiro para emprestar aos amigos do rei. Os cortes de direitos trabalhistas e previdenciários irão gerar uma economia MÁXIMA de R$ 20 bilhões. Os aumentos de impostos irão tirar outras dezenas de bilhões de reais do bolso do combalido contribuinte brasileiro. A inflação vem punindo cada vez mais nossa sociedade. Tudo isso para sobrar dinheiro para o governo brincar de fazer caridade com o chapéu alheio.

Como levar a sério um ajuste fiscal que, ao mesmo tempo em que aumenta impostos e corta direitos, repassa R$ 50 bilhões para os amigos da rainha?

terça-feira, 12 de maio de 2015

O Brasil a Dois Passos da Ditadura

Peço que leiam esse post com atenção. Peço que enviem esse post a deputados e senadores. Nosso país está a dois passos da ditadura, e tais passos estão prestes a serem dados.

Passo 1) Aprovar o petista Fachin para o STF: a população brasileira é majoritariamente contra o MST, contra a invasão de propriedade privada. Fachin já defendeu o MST, Fachin defende a desapropriação de terras produtivas. Aprovar o nome do petista Fachin para o STF é o primeiro passo em direção a ditadura.

Passo 2) Negar o pedido de impeachment: 61% da população brasileira são a favor do impeachment de Dilma. Os indícios de corrupção se avolumam, a irresponsabilidade fiscal do passado segue punindo o povo brasileiro, e o aparelhamento do Estado segue a pleno vapor. Negar o pedido de impeachment é ferir de morte as duas maiores manifestações populares da história brasileira.

Claro que existem outros problemas no Brasil, as urnas eletrônicas entre elas. Mas os dois pontos levantados acima contam com MACIÇO APOIO POPULAR. Se nem nesses dois casos conseguirmos prevalecer é porque o governo já não segue mais as vozes da democracia e do decoro.

Aprovar Fachin para o STF e negar o pedido de impeachment de Dilma abrirá o Brasil para a implantação de uma ditadura. Restará apenas saber se será uma ditadura bolivariana de esquerda ou uma ditadura a la 1964. Mas para os defensores da democracia será apenas mais uma ditadura, mais restrições a liberdade, mais retrocesso.

Pelo bem da democracia brasileira, peço que os deputados e senadores da República não nos empurrem para a escuridão da falta de direitos políticos, para a noite negra da ditadura. Dia 27/05, quarta-feira, junte-se a nós em Brasília. Venha participar da entrega do pedido de impeachment da presidente Dilma. Caravanas de todo Brasil virão para cá, chame seus amigos e venha defender a democracia, talvez você não tenha outra chance.

Senador Alvaro Dias: Quo Vadis?

Pedro saia de Roma quando se deparou com o Senhor. Nesse momento fez a famosa pergunta: Quo Vadis? Ou Aonde Vais? Então o Senhor respondeu: já que você sai da cidade, entro eu para cuidar do rebanho. Pedro entendeu a mensagem e voltou a Roma.

Quo Vadis senador Álvaro Dias? O senhor é um senador da república, tem dinheiro, tem status, tem imunidade, e mesmo assim se presta a um vexame desse tamanho no episodio Fachin!!! Ao fugir da oposição o senhor deixa sozinhos milhares de Brasileiros, sem dinheiro, sem status, sem proteção alguma, mas que mesmo assim engrossam as fileiras da oposição.

Senador Álvaro Dias, o que lhe leva a esse vexame. Não é possível que você ainda não viu as irregularidades e perigos dessa indicação, mesmo assim continua a apoiar esse absurdo.

Senador Álvaro Dias, um dia meu falecido pai votou no senhor. Minha mãe votou no senhor. Se eu ainda estivesse no Paraná teria votado no senhor, mas lhe digo o senhor nos enganou. O senhor é um vexame.

Só espero que ainda exista oposição no PSDB, que o senhor seja punido. Um senador como o senhor não faz falta, é melhor ir logo para a base do governo do que ficar a nos enganar.

Não sou rico, não tenho status, e me arrisco. Eu e milhões de brasileiros somos jogados as feras porque pessoas como o Senador Álvaro Dias se acovardam e deixam de cumprir sua função: fazer oposição a um governo que flerta abertamente com o aparelhamento do Estado.

Não bastasse Gleisi Hoffmann e Requião. Agora o Paraná tem também mais um senador na base do governo. Senador Álvaro Dias, o senhor me envergonha. Me envergonho de um dia ter confiado no senhor.

domingo, 10 de maio de 2015

Feliz dia das Mães!!!! Meu primeiro dia na universidade!

No meu primeiro dia de aula na universidade sentei na primeira fila. Na minha direita tinha um cara escrevendo um diário. Achei aquilo estranho, e cometi uma indiscrição lendo o que estava escrito. Era algo do tipo "hoje é meu primeiro dia de aula, a emoção que sinto é indescritível...". No final da aula voltei para casa. Naquela época éramos bem pobres, e minha mãe me esperava chegar para ir dormir. Acho que essa era a maneira dela dizer que estava lá comigo, ajudando como podia.

Fui contar como tinha sido meu primeiro dia, já eram quase meia noite, e ri contando sobre o bobão que escrevia o diário. Minha mãe me repreendeu na hora, ainda lembro de suas palavras: "Para você foi fácil chegar até aqui, por acaso você sabe pelo que ele passou? Sabe das dificuldades que ele enfrentou? Respeitei-o!". Até hoje tenho vergonha de minha atitude.

Obrigado mãe por fazer de mim uma pessoa melhor. Um feliz dia das mães a todas as mamães que chova ou faça sol, calor ou frio, na riqueza ou na pobreza, na saúde ou na doença, estão sempre lá para nos lembrar que somos importantes, amados, e que devemos sempre tentar nos tornarmos pessoas melhores.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

BACEN descumpre mais uma vez legislação sobre metas de inflação

Já disse isso antes!

Em 16/03/2011 eu alertava: "O BC não tem legitimidade para sozinho alterar o horizonte do sistema de metas. Se o BC quer falar sobre convergência da inflação, para o centro da meta, em horizontes superiores a 1 ano, ele deve informar claramente à sociedade que está alterando o horizonte de tempo do regime de metas".

Em 22/09/2012 escrevi esse artigo na Folha de São Paulo mostrando que o BACEN estava descumprindo a legislação sobre o regime de metas de inflação.

Repito novamente: o BACEN deve explicações!!! O Banco Central está descumprindo a legislação sobre o regime de metas de inflação!!! Aqui você pode ler o DECRETO No 3.088, DE 21 DE JUNHO DE 1999 que criou o regime de metas de inflação. No parágrafo primeiro do artigo 1 do Decreto pode-se ler:

§ 1o As metas são representadas por variações anuais de índice de preços de ampla divulgação.


No artigo 4 temos que:

Art. 4o Considera-se que a meta foi cumprida quando a variação acumulada da inflação - medida pelo índice de preços referido no artigo anterior, relativa ao período de janeiro a dezembro de cada ano calendário - situar-se na faixa do seu respectivo intervalo de tolerância.


As partes em negrito (que eu destaquei no texto para ressaltar o ponto que estou chamando a atenção) deixam claro que o regime de metas de inflação é ANUAL!!! Agora vejam MAIS UMA VEZ O BACEN DESCUMPRINDO A LEI!!! Olhem a manchete do jornal OGLOBO: Alta do dólar e de tarifas vai atrasar cumprimento da meta de inflação para fim de 2016, diz BC. Repito, o BACEN não tem autonomia legal para prolongar o horizonte de metas de inflação, as metas são anuais!!!

Já escrevi em 2011 e repito: pode-se discutir a mudança do horizonte de metas no campo teórico, essa discussão é válida. Contudo, de acordo com a legislação atual, o BACEN tem que focar seus esforços em bases anuais. Essa é a lei, e se o BACEN não irá cumpri-la deve dizer isso de maneira clara a sociedade e arcar com o peso dessa decisão.

Liminar proíbe a doação da usina termelétrica Rio Madeira para a Bolívia ao custo de R$60 mi para os cofres públicos

Essa é mais uma contribuição do Foro de Brasília. Força e Honra!

Liminar proíbe a doação da usina termelétrica Rio Madeira para a Bolívia ao custo de R$60 mi para os cofres públicos



A juíza federal Daniele Maranhão Costa concedeu liminar em caráter de urgência para determinar o bloqueio de todo e qualquer ato de execução, em especial da Ordem Bancária em favor da ELETRONORTE no valor de R$ 60 milhões de reais em razão de acordo bilateral com a Bolívia.

A decisão impede a União e a ELETRONORTE de realizar quaisquer pagamentos ou reformas dos equipamentos da Usina Termoelétrica do Rio Madeira até que se julgue o mérito da ação.

A decisão ocorreu em ação popular proposta por membros do Foro de Brasília que se insurgiram contra a doação de bens considerados inservíveis para o serviço público, que todavia tiveram a dotação orçamentária de 60 milhões de reais aprovada para a reforma e transporte dos mesmos bens para a Bolívia.

Na decisão, a Juíza Daniele Maranhão Costa considerou que a ilegalidade estava configurada, entre outras, por afronta ao artigo 62 da Constituição que proíbe a utilização de medida provisória para tratar e orçamento e créditos adicionais e suplementares. Foi o que ocorreu em 2013 com a medida provisória 625 que autorizou a abertura do crédito extraordinário de R$60 mi em favor do Ministério de Minas e Energia.

Não bastasse a ilegalidade constitucional da MP, o repasse ocorreu em 21 de outubro de 2013 com emissão de ordem bancária ainda não executada. A decisão ainda observa que o STF já se manifestou em idêntico sentido, sendo que a MP 625 teve sua vigência encerrada em 10 de fevereiro de 2014.

A magistrada ainda reforça sua decisão pelo fato de não haver qualquer contrapartida por parte da Bolívia ao obter a benesse de 60 milhões do contribuinte brasileiro, destacando que o pacto ideológico dos países que compõem a UNASUL não constitui base legal para tanto.

A União e a Eletronorte foram intimadas para se manifestar antes da decisão liminar, porém os argumentos da primeira não foram acolhidos e a segunda não se manifestou nos autos.

A decisão foi proferida ontem em caráter de urgência, determinando a citação dos réus.

Processo nº 0019249-29.2015.4.01.3400 - 5ª VARA FEDERAL.

Mais notícias podem ser lidas aqui
.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email