quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Carta Aberta ao Senador Aecio Neves

Caro Senador, lutei muito por sua eleição em 2014. Esperava vê-lo Presidente da República em 2015. Tal como eu, muitos outros se expuseram em prol de sua eleição. Perdemos, mas lutamos o bom combate.

Ao longo de 2015 eu o defendi de diversas acusações de que o senhor não estava empenhado em fazer um papel relevante como oposição. Confesso porém que estou chocado com sua postura e a de todo o PSDB neste começo de 2016.

Só existe uma reforma capaz de tirar o Brasil da crise: a reforma que tira Dilma Rousseff e o PT do poder. Qualquer outra medida é paliativa, e não interessa ao futuro de nosso país. O Brasil é grande e maravilhoso, mas certamente mudanças estruturais precisam ser feitas. Reformas macro e microeconômicas são vitais para devolver o emprego e a dignidade ao nosso povo. Contudo, nenhuma dessas reformas será liderada pelo governo Rousseff. Apoiar qualquer medida desse governo equivale a trair os anseios mais claros da população brasileira, qual seja, o fim desse governo corrupto.

Se o Senhor e o PSDB querem ser propositivos, então proponham a única agenda capaz de salvar o Brasil: Fora Dilma e leve o PT junto! Juntem-se aos milhões de brasileiros que dia 13/03 sairão as ruas de todo país pedindo pelo fim de tamanha corrupção, pedindo pelo fim de tanto desemprego e sofrimento, pedindo pelo fim de tamanha falta de vergonha na cara. Enfim, pedindo pelo fim desse governo corrupto e incompetente.

Vejo com assombro líderes do PSDB se posicionarem a favor de reformas que o governo sequer encaminhou!!! Nem mesmo a base aliada tem dado tamanha carta branca a presidente Dilma!

Senador Aécio Neves eu vos peço: lidere o PSDB e vote CONTRA todas as medidas desse governo corrupto, paralise esse governo fazendo uso legítimo e legal do papel de oposição. O governo tem votos o bastante em sua base para aprovar qualquer mudança que lhe pareça necessária, não cabe à oposição se aliar a um governo corrupto. Nada do que vier desse governo é mais importante que sua imediata retirada do poder.

Reformas são fundamentais para o Brasil, mas a primeira delas é a retirada de Dilma Rousseff, e do PT, do poder. Após isso, o Congresso Nacional e o novo Presidente da República, com o apoio do povo, e embasados pela Constituição Federal, farão com calma e honestidade as reformas de que nossa nação tanto precisa.

4 comentários:

Anônimo disse...

Já perdi a esperança no Aécio. Só voto nele novamente se não houver outra opçao ao petê...

Dilson Santos

samuel disse...

Em Nova Iorque, pelo seu aniversário, FHC bebe vinhos em farta mesa com Aecio, José Serra... Descobriu na maturidade, os prazeres de milionário com gordas contas bancárias no exterior. Saboreia o espírito de alguns livros, de alguns vinhos, de alguns uísques, de uma esposa jovem. Tudo que ele deseja é sossego e ....homenagens para massagear sua vaidade...
AQUI NO BRASIL PEDIA VOTOS PARA FACHIN.
Ele comete o terrível erro de avaliação de todos os que abraçaram a social-democracia, de achar que chegam ao poder, cavalgando na mentira igualitarista, e nele conseguirão manter-se. Ora, eles sempre serviram e servirão de abre-alas da revolução. Nas suas pegadas sempre virão os “verdadeiros” socialistas.
É impossível descobrir ou traçar qualquer conexão lógica entre as liberdades civis e a estatização dos meios de produção. São esquemas não somente heterogêneos, mas antagônicos. Antagônicos lógica e materialmente. Qualquer garoto de ginásio pode compreender isso tão logo lhe expliquem o sentido dos dois conceitos.
Mas, uma vez aprisionado nessa idiotice, o cérebro humano nada consegue conceber fora dela ou sem referência a ela, trazendo ao sucesso propagandístico da idéia socialista, uma multidão de cretinices derivadas e secundárias, cujo poder de persuasão não se rende nem mesmo ante a evidência dos fatos mais constantes e repetidos.
O exemplo mais óbvio é o dos sociólogos (Ciência social, no Brasil, é crime organizado), dos juristas, economistas e cientistas políticos de esquerda.
O CASO DO BRASIL MOSTRA QUE NUNCA, NA HISTÓRIA DO CAPITALISMO, O DISCURSO SOCIALISTA RENDEU TANTO DINHEIRO A TÃO POUCOS...

Unknown disse...

O PSDB é o aliado secreto do PT. O professor Olavo de Carvalho ja deixou isso muito claro. O Fernando Henrique Cardoso e José Serra são comunistas adeptos de Antônio Gramsci, Alberto Goldman começou sua carreira política no Partido Comunista, senador Aloisio Nunes parece que foi motorista de Carlos Marighela. Aecio Neves faz parte do esquema globalista ocidental. A tática da estratégia das tesouras divide a esquerda em duas ou mais facções para eliminar a direita e conquistar. As aleicoes de 2002 só tinha partidos de esquerda concorrendo e maioria do Foro de São Paulo. A solução que vejo como melhor no Momento é o Partido Novo que prega menos governo e mais o cidadão

STÉFANO PINTONEVES disse...

O PSDB é o aliado secreto do PT. O professor Olavo de Carvalho ja deixou isso muito claro. O Fernando Henrique Cardoso e José Serra são comunistas adeptos de Antônio Gramsci, Alberto Goldman começou sua carreira política no Partido Comunista, senador Aloisio Nunes parece que foi motorista de Carlos Marighela. Aecio Neves faz parte do esquema globalista ocidental. A tática da estratégia das tesouras divide a esquerda em duas ou mais facções para eliminar a direita e conquistar. As aleicoes de 2002 só tinha partidos de esquerda concorrendo e maioria do Foro de São Paulo. A solução que vejo como melhor no Momento é o Partido Novo que prega menos governo e mais o cidadão

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email