quinta-feira, 21 de setembro de 2017

2019: uma ponte longe demais

Em setembro de 1944, logo após o dia D, os aliados lançaram a operação Market Garden. Se fosse bem sucedida essa ousada manobra poderia encerrar a guerra na Europa ainda antes do natal de 1944. A operação foi um tremendo fracasso, a ponte de Arnhem (fundamental para o avanço aliado) era simplesmente longe demais...

Guardadas as devidas proporções, creio que o Brasil está numa posição semelhante hoje. Temos a chance de fazermos as reformas, temos a chance de elegermos um presidente responsável em 2018, temos a chance de recolocarmos nosso país no caminho do desenvolvimento sustentável. Tudo depende de nossa "ponte de Arnhem", tudo depende de fazermos as escolhas corretas.

Infelizmente, quando olho para 2018 vejo a polarização ganhando força em nossa sociedade, vejo populistas prontos a prometerem qualquer coisa para se elegerem, vejo governadores que irão gastar mais dinheiro público para tentarem sua reeleição ou a eleição de seus comandados. Quando olho para 2018 tenho a impressão de que 2019 é uma ponte longe demais.

Deus proteja nosso país. Confesso que tenho muito medo do ano que vem. Olhando para o futuro sinto que 2019 é uma ponte longe demais. Deus tenha misericórdia de nosso país.

Um comentário:

caio silva disse...

Lula vai ser preso, Ciro tem pouca expressividade fora de seu curral eleitoral, só vejo 3 candidatos viáveis: Dória, Bolsonaro e Álvaro Dias. Assim, teremos na pior das hipóteses um governo de centro ou direita. Do ponto de vista do investidor, tem muito produto financeiro bom para aplicar lá fora com hedge cambial. Estou otimista com os próximos anos. Quem sabe vai dar para ganhar uns trocados e ajudar o país com as privatizações que vêm aí?!

Google+ Followers

Follow by Email