quarta-feira, 18 de abril de 2018

Considerações Sobre a Inclusão das Disciplinas Filosofia e Sociologia no Desempenho dos Alunos

Uma reportagem na Folha de São Paulo sobre meu estudo "Efeitos da Inserção das Disciplinas de Filosofia e Sociologia no Ensino Médio Sobre o Desempenho Escolar" (escrito com Thais Waideman Niquito), tem gerado grande debate. Infelizmente, muitos partem para o ataque pessoal e preferem ofender do que debater ideias.

Vamos aos pontos:

1) O estudo verifica o efeito da Lei 11.684 que tornou obrigatória a inclusão das disciplinas de Filosofia e Sociologia no ensino médio.

2) Para estudar o efeito de uma intervenção do governo foi adotado o instrumental padrão na área de avaliação de impacto: diferenças em diferenças e dados de painel.

3) Temos um fato óbvio: dada a limitação de carga horária, qualquer inclusão de novas disciplinas implica em necessariamente reduzir a carga horária destinada as demais.

4) Em decorrência desse fato óbvio elaboramos a seguinte pergunta: será que os efeitos dessa lei são diferentes para diferentes grupos sócio-econômicos?

5) Encontramos a seguinte resposta: alunos que estudaram em escolas públicas em áreas menos desenvolvidas foram mais negativamente afetados por essa lei.

6) Propusemos uma explicação: alunos filhos de pais ricos estudam em escolas particulares que podem aumentar a carga horária em sala de aula, ou ainda podem recorrer a aulas particulares, ou ainda podem ser auxiliados em casa por seus pais. Já alunos pobres não tem tantas opções assim, o que eles não aprendem na escola dificilmente conseguem  aprender fora dela. Dessa maneira, a inclusão das disciplinas filosofia e sociologia no ensino médio piorou a situação dos alunos carentes.

7) Ninguém está dizendo que o desempenho em matemática é ruim por causa das disciplinas de sociologia e filosofia. O que o estudo conclui é que a inclusão dessas disciplinas piorou o desempenho em matemática dos alunos submetidos a essa lei, e tal efeito foi mais evidente para alunos de escolas públicas em locais carentes.

8) Vários procedimentos para verificar a robustez dos resultados (inclusive com a estimação de placebos) foram realizadas. Ao todo são 62 páginas de discussões, revisão de literatura, explicações e testes estatísticos, que nos fornecem evidência suficiente para concluirmos que a Lei 11.684 não teve os resultados esperados no que se refere a melhora no desempenho escolar dos alunos.

9) Todo estudo científico é sujeito a críticas, claro que no futuro podem surgir novas evidências sobre o tema. Espero que meu texto tenha ajudado a despertar a curiosidade sobre esse importante tema. Notem que a Lei 11.684 foi aprovada em 2008, e o nosso estudo (pelo melhor de meu conhecimento) foi o primeiro a avaliar seu impacto no desempenho escolar dos alunos. Espero que novos estudos surjam, e um amplo debate aconteça. Nossos alunos merecem respeito. Se os resultados de meu artigo estiverem corretos (e existem boas evidências de que estão), então a Lei 11.684 não cumpre com seu papel de melhorar o desempenho escolar dos alunos, pior que isso: pune mais severamente os alunos que estudam em escolas públicas em localidades mais carentes.

10) Agora você pode continuar me xingando e me ofendendo na internet, ou você pode começar a dialogar e debater ideias, a escolha é sua! Se você acha que meu estudo está errado, então sua hipótese é a de que a inclusão de Filosofia e Sociologia no ensino médio tem um efeito transbordamento, isto é, o ganho intelectual gerado por essas disciplinas mais do que compensa a redução na carga horária de outras disciplinas. Teste essa hipótese, é assim que a ciência avança!

11) Por fim, uma pergunta: o Distrito Federal está pensando em incluir a matéria Educação Moral e Cívica no currículo de seus alunos. Você concorda com essa proposta? Meu estudo sugere que essa não é uma boa ideia, meu estudo sugere que incluir novas disciplinas sem aumentar a carga horária total na escola tem o potencial de prejudicar o desempenho dos alunos. Engraçado que muitos que são contrários ao ensino de Educação Moral e Cívica são ardorosos defensores da Lei 11.684. Amigos, coerência é fundamental! O argumento usado pelos defensores da inclusão da disciplina Educação Moral e Cívica no currículo das escolas é bem parecido com o adotado pelos defensores do ensino de Filosofia e Sociologia: formar melhores cidadãos.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

O MTST está fazendo na cidade o que o MST faz há muito tempo no campo. BASTA! Cadeia neles! Invasão de propriedade é crime!


Hoje os moradores do Guarujá sentem na pele o que produtores rurais tem sentido há pelo menos duas décadas: a insegurança referente a sua vida, a sua liberdade e a sua propriedade, ameaçadas diretamente por invasores de propriedades privadas.

Durante os governos do PSDB e do PT o MST surfou na impunidade: invadem e destroem propriedades, e mantém pessoas em cárcere privado. Isto é, ameaçam a vida, a propriedade e a liberdade dos trabalhadores do campo sem receberem punição alguma. Ao contrário, ONG's ligadas ao MST costumam receber verbas públicas tanto por transferências diretas como por meio de apoios a seus eventos (financiados em parte com o patrocínio de empresas estatais).

Nos últimos anos, o MTST passou a adotar as técnicas do MST para invasões em áreas urbanas. Novamente, sob o silêncio cúmplice e covarde das autoridades, líderes e componentes do MTST surfam na impunidade, e sequer são detidos por seus crimes.

Boulos é o líder do MTST, e se gaba abertamente de liderar a invasão do Triplex no Guarujá.
 O que as autoridades estão esperando para prendê-lo por invasão de propriedade??? Lindbergh Farias já tuitou seu apoio, atenção PGR cadê a denúncia contra esse senador por apologia ao crime? Manuela D'Avila fez o mesmo! Cadê a denúncia contra essa candidata à presidência da República por apologia ao crime?

São vários os petistas que estão comemorando a invasão do Triplex, a deputada federal Maria do Rosário entre eles, isto é apologia ao crime. Cadê o processo nesse pessoal? Já imaginaram se fosse Bolsonaro a comemorar e apoiar uma invasão de propriedade? Quanto tempo você acha que levaria para ele levar processo? A lei deve valer para todos!

Sabe o que é mais trágico??? A polícia observa tudo, impotente. Ninguém sairá de lá preso, nada acontecerá com os invasores. Um dos invasores já avisou que só sai de lá depois de ordem judicial. Entendeu? Invadem a propriedade, causam transtornos a vizinhança, fazem ameaças, e depois de tudo ainda tripudiam da sociedade. Não é necessário ordem judicial nenhuma para prender um bandido em delito flagrante! Invadir propriedade privada é crime, e lugar de criminoso é na cadeia!



quinta-feira, 12 de abril de 2018

Grupo Integrante do CA de Direito da USP dá mostras de antissemitismo

Inaceitável, para dizer  o mínimo, o fato ocorrido essa semana na Faculdade de Direito da USP. O coletivo Contraponto (que tem membros ligados à juventude do PT) que faz parte do Centro Acadêmico de Direito da USP literalmente fichou estudantes de direito da Faculdade.

Mas o que já era ruim virou péssimo. Eu entendo, apesar de discordar, um "coletivo" de esquerda, com membros ligados ao PT, fazer uma busca por potenciais esquerdistas para se juntarem futuramente a seus quadros. Esse procedimento é pra lá de absurdo, uma vez que os estudantes sequer sabem que estão sendo avaliados, e fica pior ao descobrirmos que esse coletivo adora falar em favor da inclusão e do respeito a opiniões divergentes. Ao fazer tal lista, o coletivo deixou claro que exclui a priori alguns alunos. Nem todos são bons o bastante para serem convidados.

O que era ruim ficou péssimo quando descubro que entre as classificações adotadas estava o termo "judeu". Eu sou capaz de entender (apesar de achar repugnante e discordar totalmente desse procedimento) um coletivo de esquerda, com integrantes ligados ao PT, não quererem conversa com um "liberal de merda" ou um "bolsominion". Contudo, sou incapaz de aceitar a repulsa demonstrada contra "judeus". Desde quando o termo "judeu" exclui alguém de participar de algum grupo de esquerda? Existem vários judeus de esquerda, entre eles Karl Marx.

Ao usar o termo "judeu" os elaboradores dessa lista deixaram claro todo seu antissemitismo, toda sua aversão a judeus. Isso é inadmissível. Os elaboradores da lista excluem judeus apenas por serem judeus, não há como argumentar que judeus não podem ser de esquerda. Em outras palavras, eles discriminam judeus. Tenho uma palavra para eles:  CANALHAS!

Estou aguardando que providências a reitoria da USP irá tomar contra esse ato fascista.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Lula copia "Walking Dead": somos todos Negan!

Na série "The Walking Dead" um líder psicopata repete para um grupo grande de pessoas composto por outros psicopatas, assassinos, ladrões, zumbis, e alguns inocentes maravilhados pelo magnetismo do líder: "Eu sou Negan, você é Negan, somos todos Negan".

No domingo Lula repetia a multidão "(...) cada um de vocês, vocês não vão mais chamar Chiquinha, Joaozinho, Zezinho, Robertinho, todos vocês, daqui pra frente, vão virar Lula e vão andar por esse país (...)". Em outras palavras "Eu sou Negan, você é Negan, somos todos Negan".

Pensando bem, acho mesmo que Lula acertou: lá naquele ambiente, eram realmente todos Negan, ops quero dizer eram todos Lula.

domingo, 8 de abril de 2018

Hoje é um dia especial para os pecadores: Este é o Domingo da Divina Misericórdia

Deus julgará os vivos e os mortos. A justiça de Deus é perfeita, e cada um será julgado de acordo com seus atos. De minha parte, serei franco com vocês: estou ferrado, é inferno na certa. Meus pecados são muitos, muitos mesmo. Sou divorciado, e isso por si só já é um começo pouco promissor. Mas não paro por ai, infelizmente nem sempre sou a pessoa que gostaria de ser. Nem sempre meu lado bom vence, coisa de que muito me envergonho e arrependo.

Com muita vergonha de minha fraqueza, tenho que admitir que se for julgado por minhas ações estarei numa situação bem complicada. Mas Deus em sua infinita sabedoria nos forneceu um outro caminho, mais adequado a pessoas como eu: o Domingo da Divina Misericórdia.

No Domingo da Divina Misericórdia podemos alcançar a graça do perdão  dos pecados. Prometeu Jesus em suas aparições a Santa Faustina Kowalska:

“Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores (…). Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças. Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate”.

Em Brasília a festa da Divina Misericórdia acontece na Igreja da Divina Misericórdia (entre a SQN 214 e 215 norte, entrada pelo eixinho L). As missas começam as 8:30 da manhã e ocorrem ao longo do dia. Também haverá almoço, lanche da tarde, e jantar. Como disse o Santo Papa: "Deus não se cansa de nos perdoar, somos nós que cansamos de pedir perdão".

sábado, 7 de abril de 2018

E o teatro continua... vergonhoso!

Lula continua tripudiando da justiça. Esse teatro fingindo que tentou sair do sindicato não engana ninguém.

Quem conhece os seguranças do PT, quem conhece a militância adestrada petista, sabe muito bem que tudo era jogo combinado. Se os seguranças quisessem teriam aberto caminho. Se Lula quisesse teria dado a ordem para se afastarem, ou teria seguido a pé até o carro da polícia federal.

Acho que está na hora da polícia federal ajudar Lula a sair do prédio do sindicato, não era isso que ele queria? Basta de palhaçada!

Temos que dar a Lula a designação correta: Bandido de Alta Periculosidade

Incrível como Lula está recebendo tratamento especial, muitos se recusam a dar o nome correto a qual Lula faz jus: um bandido de alta periculosidade.

De acordo com o dicionário Aurélio, pode-se definir bandido como "pessoa que é pouco honesta ou tem mau caráter". De acordo com um juiz de primeira instância, e de três outros desembargadores, Lula cometeu os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção. Isto o qualifica como pessoa que é pouco honesta, ou Bandido.

Podemos  definir periculosidade como a "propensão de alguém para o mal, revelada por seus atos anteriores, ou conjunto de circunstâncias que indicam a possibilidade da prática de um crime". Agressão física a um manifestante contrário a Lula (a vítima teve que ser operada em decorrência de um traumatismo craniano), agressões a jornalistas, bloqueio de estradas federais, depredação de um edifício onde reside a presidente do STF, desafio aberto as autoridades constituídas, entre outros atos deixam claro que Lula é um indivíduo de alta periculosidade.

Um bandido de alta periculosidade representa riscos claros a ordem pública, o que justifica sua prisão preventiva. Um bandido de alta periculosidade deve ser algemado a ser preso, e deve ser posto em cela reservada num presídio de segurança máxima. Nenhum cuidado é pouco, se dermos chance a Lula ele fará de tudo (como tem feito) para jogar o país numa guerra civil. Urge prendê-lo.

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email