quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Assassino, Bandido, Traficante... esse tem direito a julgamento no STF

Juan Carlos Ramirez Abadia, esse é o nome do assassino de 300 pessoas na Colômbia e de outras 15 nos Estados Unidos. Também é condenado por tráfico de drogas. Esse representante do crime, de periculosidade inquestionável, tem direito a ter seu pedido de extradição julgado pelo Supremo Tribunal Federal. Por que aos atletas cubanos não foi concedida ao menos uma entrevista com a imprensa brasileira enquanto esse marginal tem direito a audiência no STF?

Os boxeadores cubanos foram presos na quinta-feira e deportados no sábado, isso implica que o governo brasileiro se livrou deles em menos de 48 horas e, não custa lembrar, não permitiu que a imprensa brasileira tivesse acesso aos mesmos. Por que? Qual era o medo de permitir aos cubanos responder a algumas perguntas da imprensa?

Juan Carlos Ramirez Abadia foi preso nesta terça feira. Quando será deportado? A justiça americana pediu, desde o dia 2 de agosto, a extradição de Ramirez. O processo esta com o ministro Eros Grau no STF. Tal processo só será julgado quando a Superintendência da Polícia Federal em São Paulo informar ao STF da prisão do traficante. DUVIDO que o processo de extradição leve menos de 48 horas. Vou dar uma dica aos americanos: se vocês querem Ramirez deportado peçam a Fidel Castro. Esse já mostrou que manda aqui.

Já notaram como no Brasil é difícil extraditar traficante? A polícia tem que informar ao STF, os políticos interferem e o STF então julga. O último traficante estrangeiro que passou por aqui ganhou o direito de ficar no Brasil. Refiro-me a Camilo Collazzos, ou Padre Olivério Medina para os íntimos. Esse além de tudo era terrorista. Medina contribui para o movimento terrorista FARC. Tal movimento sequestra pessoas inocentes e participa ativamente do tráfico de drogas. Para espanto de alguns incrédulos, o governo brasileiro não classifica a FARC como um movimento terrorista. Tenho para mim que se Ramirez se declarar terrorista ganha asilo político no Brasil. Perigoso aqui é ser esportista.....

Vamos terminar esse post com uma pergunta intrigante: para que o processo de extradição seja julgado a superintendência da polícia deve informar ao STF da prisão de Ramirez. Como você acha que essa comunicação será feita e quanto tempo vai levar para Ramirez ser extraditado (se é que ele será mesmo extraditado)?

7 comentários:

Anônimo disse...

Veremos o que os da OPUSIÇÃO têm a dizer. Com a palavra os OPUSICIONISTAS do PSDB, do DEM e do PPS.

Anônimo disse...

Enquanto isso, o Lamarca, aquele desertor-terrorista-assassino foi promovido a general de brigada, post mortem. Tudo em nome da LIBERDADE. rá rá rá!

Mônica disse...

Um país tão organizado como esse nosso, certamente não consegue dá os pesos exatos aos fatos. Por isso, julga esse tipo de coisa - crimes - de forma tão aleatória.
E aí mais uma vez pratica injustiça e favorece grandes criminosos.

Erik Figueiredo disse...

Infelizmente esse é o nosso país. A cada dia dá mais vontade de ir embora para bem longe. Adolfo, mais uma vez, você toca, com grande inteligência, em um assunto delicado. Só um detalhe, para um blog "dedicado à liberdade" moderar os comentários é bem...deixa pra lá.
Abraços,

Anônimo disse...

eta pais pra bandido ter direito

Anônimo disse...

Viva a democracia brasileira!!!!

William dos Reis disse...

É lamentável, porém esse é o país em que vivemos...
Os privilégios são para a minoria poderosa. Até onde iremos com isso??? Quando enfim, teremos orgulho de dizer que todos os criminosos terão o mesmo julgamento sem nenhuma distinção de classe??? No desenrolar dos acontecimentos fica cada dia mais difícil de acreditar que um dia será diferente. Até porque dependemos de decisões de pessoas (juízes, políticos, etc.) que sempre estão envolvidas e sendo beneficiadas de alguma maneira.
Basta!!!

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email