sexta-feira, 2 de maio de 2008

Carambola e Estado

A cidade de Jau-SP proibiu que pessoas com problemas renais se alimentem de carambola. A justificativa eh que carambola faz mal para quem tem problemas renais.

Que tal impedirmos de que pessoas com altas taxas de colesterol sejam impedidas de comer ovos? Ou entao tirarmos o sal de pessoas com pressao alta? Ou ainda por que nao obrigarmos os obesos a fazerem exercicios fisicos? Afinal, o Estado estaria agindo no melhor interesse da saude da populacao ao agir dessa maneira.

A fome do Estado por poder eh ilimitada. Hoje ele proibe carambola, amanha seremos obrigados a assistir programas nacionais na TV a cabo.... opa isso ja parece estar acontecendo.

Hoje foi a vez da carambola, o que o Estado nos reservou para amanha? Esta na hora de darmos uma basta em tanta intervencao publica em nossas vidas privadas.

5 comentários:

Anônimo disse...

ô Adolfo, o problema é semântico. Você não lembra do ditado: caramba, carambola um pxxu e duas bxxxs.
Um abraço
Marco B

Anônimo disse...

Vixi, Adolfo,

Parece que você não leu Hegel. Recomendo-lhe(!).

Um abraço,

J. Coelho

PS: (!)=ironia

Anônimo disse...

Adolfo,que privacidade? Nos grandes centros com São Paulo e Rio já somos monitorados por cameras nas ruas, avenida, shopping e assim vai, o governo com o seu ar angelical esta tomando conta de tudo, dando ordens e impondo até o que devemos comer ou não, cadê os cara pintadas?, cadê as manifestações? Parece que o povo anda meio adormecido para os fatos, realmente estamos a mercê de uma situação que não sabemos onde vai parar. Junara

William dos Reis disse...

Carambola???
É o fim da picada mesmo!!!
Mas só lembrando Adolfo... hoje ele proíbe carambola, mas ontem proibiu as pessoas de consumirem bebida alcoólica nas estradas federais... É preciso um debate melhor pra dizer se é uma medida boa ou ruim, entretanto, aí, o governo já interferiu nas nossas vida privada. Não no que devemos comer, mas no que devemos beber.

William dos Reis

Anônimo disse...

Penso que o governo exagerou nessa medida. Pode ser que a carambola faça mal para quem tem problemas renais, mas chegar a proibir já é demais.
O certo seria fazer campanhas alertando sobre a carambola, mas se mesmo assim alguem quiser comer o que se pode fazer?

Priscilla O.
Aluna UCB

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email