segunda-feira, 9 de junho de 2008

Ação Afirmativa e as Eleições Americanas

Em janeiro desse ano o blog deu um bola fora: disse que Hillary venceria Obama. Vou tentar me recuperar e dizer que os maiores cabos eleitorais de McCain serão os eleitores latinos.

Muitos acreditam que os brancos americanos discriminam os negros. Talvez isso seja verdade, mas nada se compara a discriminação que os latinos fazem contra os negros. Existe um sentimento de ressentimento muito grande dos latinos contra os negros nos Estados Unidos. Eu atribuo esse sentimento às políticas de ação afirmativa. Ação afirmativa são as políticas destinadas a ajudar as minorias na América, tipo políticas de cotas raciais.

O latino mediano ou é ilegal, ou foi ilegal, ou conhece alguém ilegal. Eles tiveram que dar um duro danado para vencer na América. Em contrapartida, viam os negros recebendo vários tipos de ajuda governamental e ainda assim reclamando da vida. O latino mediano via-se preterido por candidatos negros, mesmo sendo mais habilidoso ou se esforçando mais, por causa das políticas de ação afirmativa.

As ações afirmativas causaram um profundo ressentimento dos latinos para com os negros americanos. Esse ressentimento irá tornar-se claro nas eleições presidenciais americanas. O maior adversário de Obama não será o preconceito dos brancos, mas sim o desprezo dos latinos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Adolfo,

Ao ouvir o slogan do candidato Barraco Osama, "Change, We Believe In" recordei-me do slogan de em certo molusco-candidato, "A Esperança Venceu o Medo". Assim amigão, torço para o blog não dar bola fora dessa vez.

Anônimo disse...

Pode até ser,.... mas tanto lá como aqui, o preconceito existe por baixo dos panos, até mesmo eles próprios com eles mesmos, e o que fico mais abismada é essas açoes de afirmação, cotas nas universidades,....se a cor não fosse tão importante, o porque disso, nos EUA é pior, realmente essas eleições vão dar o que falar,....
JUNARA

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email