quinta-feira, 28 de maio de 2009

Os Vigias e o Setor Bancário

Os vigias de bancos entrarem em greve aqui em Brasília, resultado: TODOS os bancos suspenderam seus atendimentos.... vou repetir: em Brasília os bancos fecharam porque os vigias entraram em greve.... dá pra levar um sistema bancário desses a sério?

O melhor é que ninguém sabe informar quando os bancos irão reabrir para atendimento ao público... a informação disponível é: os bancos só voltam a atender ao público quando acabar a greve.... Resumindo: greve de bancário não pára banco, mas greve de vigia pára.

Da próxima vez que você for a um banco lembre-se: a única pessoa lá capaz de fechar o banco é o velhinho com o cacetete que fica atrás da porta giratória....

7 comentários:

Anônimo disse...

Caro,

A coisa é um pouco pior. Os bancos tentaram ficar abertos, mas existe alguma norma legal que exige pelo menos dois seguranças em cada agência. O sindicato dos seguranças entrou na justiça e os bancos foram obrigados a fechar.
Depois dizem que a culpa é dos juros...

Abraço,

Roberto.

P.S. Já não era sem tempo do blog voltar, boa sorte nesta nova fase.

Anônimo disse...

Só no Brasil mesmo que acontece esse tipo de coisa viu! Lamentável.

Marcos Paulo

Aline Amaral disse...

Concordo plenamente. Fui muito tempo bancária, e nunca a minha agência foi fechada pelo sindicato. Sempre trabalhava normalmente. Ontem, tive que ir ao banco, no qual já trabalhei, e no momento em que passei a porta, o sindicato chegou e decretou o fechamento da agência. O incrível é que eles chegaram fechando e pronto, com se fossem greve dos bancários. Felizmente, o banco não pode trabalhar sem o vigilante, mas não imaginava que seria nessa proporção a força que exercem. Primeiro que em uma situação de risco, eles são treinados para não agir, já sofri golpes na agência que poderiam ter sido evitados se tivessem mais atentos.

Anônimo disse...

É lamentável que se feche os bancos pelas greves dos vigilantes. Mas, mais lamentável que isso é a segurança precária em que os bancários trabalham.
Não existe segurança nas agências e a onda agora é roubar banco... Não acreditam? Vejam o histórico das três últimas semanas. Uma agência do QUARTEL GENERAL DO EXÉRCITO... isso mesmo!! Entraram dentro de uma instalação militar e amordaçaram um GENERAL... Depois, uma agência no pistão sul de taguatinga... E pra encerrar a semana uma agência do SIA...
Então o que penso Adolfo é que os bancários têm todo o direito de apoiar a luta dos vigilantes, se estes estiverem reivindicando melhores salários e condições de trabalho. A segurança de uma agência bancária não está restrita somente aos funcionários e vigilantes, mas também ao público que elas atendem.
Imagine você e todos nós se as agências tivessem sido abertas sem os vigilantes... Os bandidos entram dentro de QUARTEL com todos aqueles militares envolvidos na segurança, imagine em uma agência sem vigilantes.
Então eu acho que nem deveria existir lei que diga que toda agência bancária deva abrir com pelo menos dois vigilantes, mas isso deveria ser sensato.
O que temos sim é que cobrar dos banqueiros. Os verdadeiros donos do dinheiro e que a cada ano batem recorde de faturamento, sugando o máximo possível dos poucos funcionários que nos atendem quando vamos ao banco e nos deparamos com uma fila sem proporção, porque pra eles o melhor é que tenham poucos funcionários.
É o que penso...

Abraços...

Daniel Marchi disse...

Adolfo
Existe algum estudo que estima o gasto com segurança privada no Brasil? Olha... quem tem a oportunidade de conhecer outros países percebe que vigias, porteiros, guardetes são "serviços" tipicamente brasileiros. Tanto nas ações concretas quanto no respeito perante a população, nossa polícia deixa muito a desejar.
Abraço

Anônimo disse...

Seguramente o brasil gasta mais com segurança privada do que com segurança publica

Gilberto disse...

Sendo bem curto e grosso.. na minha opinião... manda os kra embora e contrata outros... como a minha opinião é brasileiramente inviável.. vamos conversar, com um jeitinho daqui, outro dali, quem sabe a gente chega num acordo... sabe como é neeh...

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email