terça-feira, 19 de janeiro de 2010

O Reajuste das Mensalidades Escolares

Começa o ano e uma manchete constante nos jornais refere-se ao reajuste das mensalidades escolares. Não faltam pais reclamando dos reajustes abusivos das mensalidades, e também não faltam reclamações junto ao PROCON. Contudo, creio que essa questão tem sido mal discutida na imprensa. Além disso, me parece que a maior parte das pessoas culpam os inocentes (e não os culpados) por esse problema.

Em primeiro lugar devemos lembrar que ninguém é obrigado a comprar educação privada. Os indivíduos recorrem a educação privada simplesmente porque o nível da educação pública é baixo. Assim, a maneira mais eficiente de se limitar os reajustes de mensalidade é aumentar a qualidade da educação pública. Com uma educação pública de qualidade o poder de barganha dos colégios privados, para reajustar a mensalidade, seria sensivelmente diminuído.

Em segundo lugar devemos lembrar que ninguém é obrigado a fornecer um serviço por uma taxa de remuneração abaixo da que a própria pessoa almeja. Por exemplo, quando seu banco lhe paga uma taxa de juros abaixo da que você considera adequada você retira o dinheiro daquele banco. Se você pode agir assim, então por que esperar que o dono de um colégio deva agir de maneira diferente? Pouco importa se os lucros do colégio são abusivos ou não. Afinal, alguém duvida que o preço de uma bolsa Victor Hugo seja abusivo? Contudo, quando se compra uma mercadoria se compra também a marca. Marcas mais valiosas custam mais caro. Quando um colégio cobra uma mensalidade muito alta, e algumas pessoas pagam, isso reflete o poder da marca (do nome) do colégio. Marca essa que geralmente traz implícita alguma garantia de qualidade ou status.

Em terceiro lugar devemos lembrar que se as mensalidades escolares são abusivas, então uma maneira de combater tal abuso é aumentar a competição no setor. Isto é, diminuindo a burocracia para se abrir escolas particulares é outra maneira de se combater o reajuste das mensalidades. No Brasil é mais fácil abrir um bar do que uma escola. Ninguém parece reclamar de que existe um bar em cada quarteirão da cidade, mas tão logo vejam uma escola em cada quarteirão começam a argumentar que devemos limitar o número de colégios privados.

A baixa qualidade da educação pública aliada a burocracia para a abertura de novas escolas é a garantia, dada pelo Estado, de que as mensalidades escolares continuarão altas no futuro. Ao invés de culparmos o empresário pelos altos preços das mensalidades deveríamos cobrar do governo que agilizasse e facilitasse a abertura de novos colégios, ao mesmo tempo que melhorasse a qualidade da educação pública.

27 comentários:

Anônimo disse...

Por que não fechar todas as escolas particulares? Dessa maneira todos teriam a mesma qualidade de ensino, nas escolas públicas, e ninguém teria mais problemas - a ñ ser os empresários usurpadores, que todo ano aumentam abusivamente as mensalidades - seriam todos iguais, com um nível de ensino baixo, mas seria igualitário.

Da C.I.A. disse...

Ao menos onde moro, não é o caso da "dificuldade em abrir uma escola". Em qualquer bairro é possível encontrar uma Escola Infantil a cada 4 quarteirões. É um setor totalmente desregulado e, a despeito da utopia da auto-regulação do mercado etc..., a baixa qualidade é regra.
Pode ser um problema de onde moro, onde basta molhar a mão de uns 2 ou 3 da Prefeitura e você consegue regularizar seu comércio a posteriori, não sei.

Anônimo disse...

A cada tentativa do governo em coibir uma falha de mercado, falhas de governo são construídas. Esse fardo carregado a cada início de ano eltivo por pais desejosos de que seus filhos tenham educação de boa qualidade é uma prova adicional disso.

Mais uma vez, o blog foi a ponto. Parabéns!

Anônimo disse...

Não é normal que abrir um bar seja mais facil do que abrir uma escola?

Anônimo disse...

“seriam todos iguais, com um nível de ensino baixo, mas seria igualitário.” Meu Deus eu não li isso, é de ‘doer’. Invés de tentar nivelar a educação por cima ele propõe acabar com as melhores escolas e nivelar a sua qualidade por baixo.
Amigo que medo eu tive, pois se escrevesse mais uma linha seria propondo o socialismo.

Ginno Guimarães

Anônimo disse...

Caro 1º anônimo, esta opção que vc sugeriu já é aplicada em alguns países, em varios setores da economia inclusive. Dentre eles, podemos citar Cuba, onde todos (como vc disse) usurfruem de uma vida "miserável e sem futuro" para serem "iguais"(grande escolha). Quem sou eu para julgar. E lá não existe empresários ursupadores, pq não muda pra lá? Deve ser muito bom se sentir miserável + igual, ainda mais enquanto se tem um governante para torrar seu dinheiro, e, vc soh ver as fotos. Realmente uma política muito boa. Só falhou um pouquinho na semana passada quando deixou 26 pessoas morrerem de frio no seu excelente sistema publico de saúde. Bem esquisito. Mais é isso ai.

Alberto Cavalcanti disse...

Anonimo,

"A igualdade tem que se dar na opção de escolha e não pela força".

Quando dada pela força, normalmente gerá falta de caráter e dependencia. A ponto de deixar as pessoas burras e estabanadas.

Abraço!

Anônimo disse...

Alberto,
não entendi o seu comentário, por favor, me explique direito como funcionaria o que disse. pq fechar as escolas particulares deixaria as pessoas burras e estabanadas?
[aqueles que não frequentam a escola poderiam ser considerados ‘burros’, mas estabanados ñ é o adj apropriado]

Todos terem o mesmo nível de educação é o justo.

Dou-te um bom exemplo: a concorrência em universidades públicas seria mais justa. Devido ao melhor nível de ensino das particulares os únicos concorrentes são de uma escola particular contra a outra. Vc ñ acha que acabando com o ensino particular o acesso as univ. seria mais justo?

Se vc é contra o que eu disse, argumente melhor. Posso te dar um exemplo do que vc poderia dizer: o que deveria ser fechado(extinto) são as escolas públicas com seu péssimo ensino, em contrapartida mais escolas particulares deveriam ser abertas e o governo arcar com as mensalidades. (Acredito que uma das propostas da postagem foi chegar, exatamente, nesse ponto)

abraço!

Anônimo disse...

Caro 5º anônimo,
Não cheguei ao extremismo que vc me colocou! falei de ensino igual para todos, se for para ser na rede pública que seja! se o ensino for igualitário muitas oportunidades teriam concorrência leal.

Agora se não me falhe a memória, ñ sei se a tua está tão ruim assim, ou se vc ñ mora em Bsb, ou se não lê jornal e nem sequer assisti o jornal da TV, mas por aqui, no país das maravilhas, o governo tbm anda roubando o nosso dinheiro. e ñ é de hj, e, infelizmente, parece que não terá fim. e ñ acontece só lá ou aqui. onde tiver governo... esse vai roubar. [mas ñ me pinte de anarquista agora, ñ disse p acabar c o governo]

Espero que vc ñ se esqueça disso e não vote nos mesmos canalhas nesse ano. É o que podemos fazer p tentar acabar com a roubalheira dos políticos.

Lembro-te que aqui, no mundo maravilhoso e não igualitário que vivemos, as pessoas tbm são miseráveis. saia de casa e veja como a maioria das pessoas vive! Não propus o socialismo e muito menos o comunismo, mas há coisas que podem ser aproveitadas para o bem-estar, mas coletivo.

Anônimo disse...

Ginno,
deixa eu te perguntar uma coisa, e para todos aqueles que foram contrários ao que eu disse, talvez dessa forma vcs entendam o que digo.
Existem dois tipos de ensino: um público, de baixa qualidade - o qual eu estudei.
E um particular, de melhor qualidade.
Em qual vc estudou? Acredito q seja na pública tbm. Então diga-me pq vc acha q o ensino que vc usufruiu e se tds usufruíssem apenas dele não seria melhor? Por acaso vc é a favor de ‘concorrer’ com aqueles que tiveram um ensino privilegiado?

Nilo disse...

O governo não tinha que dar educação pra ninguém. Se vc teve filho, seja responsável pela educação dele e não um peso pra sociedade. Bando de usurpadores!!!!

Ginno disse...

‘e o governo arcar com as mensalidades.’ Esta é exatamente a mentalidade do povo brasileiro. Que ta mudar esse discurso? ‘o governo criar meios para que eu possa arcar com as mensalidades’. Bem melhor não acha?
‘não vote nos mesmos canalhas nesse ano’ Você não vai votar em canalhas esse ano? Como vai fazer essa proeza? Ficar sem votar?

A palavra concorrência me agrada, mas a um equivoco, estamos falando de concorrência entre as universidades e não entre os universitários.
Com mais universidades, maior oferta de ensino superior, o que acontece com o preço da mensalidade? E com a qualidade do ensino? Acredito que uma universidade com baixa qualidade de ensino e custo elevado de mensalidade não sobreviveria em um mercado COMPETITIVO.

Anônimo disse...

Ave cruz virgem crispim!Me salve desses libertários sem propósito! A maioria das pessoas q comentam isso aqui querem ser LIBERAIS sem saber exatamente quais são as propostas do LIBERALISMO.

Concordo com o anônimo 1º, não existe verdade absoluta,existem propostas que devem ser analisadas e aproveitadas para o bem estar coletivo.

Alguns liberais são contra instituções públicas e uma dessas é a escola.

Antes de seguirmos uma ideologia devemos nos informar a respeito, e não nos tornar adeptos só por fanatismo. Admiro os liberais, comunistas e socialistas, pois geralmente são pessoas que sabem do que estão falando e conhecem os seus respectivos teóricos. O que não pode acontecer é querer ser algo que nem se sabe ao certo o que é ou representa.

Nilo disse...

"Libertários sem propósito", essa é boa. Sempre aparecem esses comunistas travestidos de respeitadores de todos os pontos de vista. Ninguém é contra instituições públicas aqui, somente somos contra as falhas causadas pelos governos que inbecis como o anônimo aí de cima colocaram no poder.
Sempre também querem diminuir os outros falando que não sabem oque estão falando, mas será que ele sabe?
Está no lugar errado palhaço comunista!!!!!

Anônimo disse...

nilo,
vc é uma pessoa extremamente grosseira!
Detesto pessoas imbecis e preconceituosas como vc, q se acham os donos da verdade e pensam que o jeito de mostrar isso é xingando. Faz-me rir!!
[e olha q ñ sou o anômino aí de cima]
Mas entendo qdo ele diz sobre ñ saberem o q estão escrevendo, pois sei o que realmente acontece aqui! Eles são simples seguidores de um professor! o q eles seguem é o prof e ñ a ideologia apresentada pelo prof. concordam com tudo, dizem coisas sem ter a menor idéia do que estão falando, e nem sequer fazem uma pesquisa rápida, nem no Google, para se inteirarem sobre a doutrina do LIBERALISMO.

digo-te uma coisa, são liberais preconceituosos e grosseiros como vc q fazem os liberais serem tão mal-vistos. Qdo leio seus comentários ásperos aqui, mesmos os poucos q vi tem sempre um quê de grosseria, vejo um pouco das respostas tbm grosseiras do Constantino.

digo mais, xingamento é sinal de fraqueza e de incapacidade de contra-argumentação.
Pq ñ argumentar com a visão do liberalismo sobre o assunto em vez de xingar os outros? Ñ tem capacidade? Então mostre!!!

Obs: xinguei p vc ver como fica bonito e como fica educado ler essas coisas.
Ñ me rebata, pois ñ direi mais do q disse agora. Vc será ignorado. A discussão aqui é sobre outra coisa, se ñ pode defender sua causa, então só lamento p vc!!

Ginno disse...

O cara entrou criticou saiu e não escreveu uma linha sobre o assunto em questão. E eu que pensei que ia ler uma sugestão, ou outro ponto de vista. Perdi meu tempo.

Nilo disse...

É, agora que sei que sou um seguidor do professor e não tenho idéia do que é liberalismo, acho que posso me dar ao direito de ser preconceituoso já que minha ignorâcia me permite. Pelo menos só xinguei e não matei ninguém como seguidores de certos regimes contrários ao que acredito. Sobre ser grosseiro, isso não me ofende já que quem me conhece sabe que realmente sou, e ja que não preciso de vc ou de qualquer outro idiota para me sustentar, então não estou nem aí!!! Quanto ao fato de me dar uma ordem de não responder, pois serei ignorado, Hahaha!!! Esse blog é do rofessor Adolfo, tive aula com ele durante 1 semestre e realmente concordo com grande parte do que ele diz, e se está incomodado com isso, pule fora, não leia e não comente que estará fazendo um favor a todos. Porque não fala seu nome? Tem medo? Vcs comunistas são todos iguais, quando estão em menor número em qualquer lugar se acoverdam e se escondem, mas ao contrário de vocês eu só dei minha opinião e não obrigo ninguém a concordar com ela, e ao invés de se esconder e tentar dar uma de intelectual dê a sua opinião sobre o assunto. E quer saber de uma coisa, (ao grande estilo do professor Marco Auréleo) Va se f...

Aline Amaral disse...

Gente.. vamos cada um com sua opinião. Concordo em alguns pontos com o rapaz, tem realmente liberais que não sabem o propósito e acabam sendo radicais. Mas eu como liberal, tendo as vezes a perder a paciências com certas doutrinas e pensamentos que já são passados e que insistem em querer dar certo.
A Educação é delicada de se discutir e estudar como a Saúde. São pontos básicos para uma sociedade ser desenvolvida e capacitada.
O liberalismo defende não somente a linha de acabar com o serviço público, tem a idéia dos voucher, que é cada um receber certa quantia para a educação e entre outras, que não é a hora de ficar citando.
O liberalismo tenta apenas deixar o mercado, seja qual for, ser livre para evitar as distorções na sociedade.
Como eu sempre digo: Talvez não seja o melhor princípio, mas estamos tentando caminhar para a perfeição.

Anônimo disse...

Esse anônimo acha que esta em uma sala de aula pra dar liçãozinha de moral nos aluninhos. Seguidores do professor também foi terrível, mas é melhor seguir alguém que comprovadamente sabe do que alguém como ele que parece aquelas adolescentes mimadas e metidas a educadinhas.

Carlos BH disse...

Não conheço esse Nilo porém acredito que os palavrões ditos, apesar de eu não concordar, deixam claro a indignação perante a carapuça mentirosa de respeito a outras opiniôes vestida pelos esquerdistas já que quem costuma punir opiniões contrarias são os comnistas.

Anônimo disse...

Esse anônimo aí ta com cara de professor recalcado com inveja do Adolfo e tentando discontar em quem não tem nada com isso

Abs.
Marcos

Anônimo disse...

O anônimo esta se achando cheio da razão. Quem ele pensa que é?

Aline Amaral disse...

Acho que não há necessidade de tal discussões neste blog. Aqui é um local sério, onde está aberta a qualquer opinião. Não podemos avacalhar como está acontecendo. Temos que aceitar a opinião de cada um. Não somos liberais? cada um tem direito a pensar e dizer o que quiser.. Só não recriminem as pessoas que tem pensamentos contrários. Não é assim que vamos difundir nossa crença.

Pensem um pouco antes de escrever..

Pessoas de todas as opiniões e de toda parte do mundo lê este blog. Vamos parar um pouco e pensar...

Nilo disse...

Acertou em cheio Carlos! Esses caras querem menosprezar os outros e dar lição de moral, como se tivessem alguma moral. Até parece que vou deixar de criticar um panaca desses.
O blog é liberal, não entro em blogs comunistas pra encher o saco de ninguém, só por aí agente constata a boçalidade do covarde que não põe nem o nome.

Alberto Cavalcanti disse...

Dexa eu explicar melhor então Anônimo,

Devemos buscar a Igualdade na Opção de escolher como devemos ser. Vc pode ser socialista, eu posso ser captalista, assim como bem entendermos. Isso afetará nosso futuro sim, porem, cada um escolheu o q queria pra si. "E somos felizes assin"

Do mesmo modo acontece com as escolas. Pq eu não posso ter o direito de escolher uma escola particular ao inves da publica? Pq o governo não devolve meu dinheiro pago para educação, já que frequento uma universidade particular?

Então acho que acabar com o ensino privado (como vc disse) sería um grande erro. Alem de nivelarmos o ensino por baixo, ainda perderíamos mais um direito. E assim por diante, perderiamos outro, e outro. Até o ponto em que o estado controlaria tudo, e viveríamos a mercer do pensamento do nosso presidente ( isso se chama socialismo, comunismo, etc). E enfin, como não adiantaría ter opnião, acabaríamos com uma mentalidade burra (totalmente dependente) e estabanada. Pois só veríamos o que fosse conveniente para o poder público.

Espero que tenha entendido.

Abraço!

Ginno disse...

O Professor Adolfo apresentou o blog para a minha turma, que por sinal o Alberto faz parte dela, com a proposta de habituar os alunos, ate então calouros, a escrever, discutir assuntos relevantes para a sociedade, aprender a argumentar e desenvolver raciocínios. Freqüento o blog para expressar a minha opinião, ter acesso a diferentes pontos de vista, enfim APRENDER.
Parabéns ao Alberto, pela forma serena e respeitosa que expressa sua opinião.
E a Aline tem razão, realmente não é por ai.

rafael p. disse...

Adolfo, a argumentação do post em cada parágrafo é muito interessante. MAS, no terceiro parágrafo voce usa um exemplo muito ruim para sustentar o argumento. Uma bolsa victor hugo não é exatamente comparável com o bem educação. O serviço educacional é um direito constitucional. E mesmo aquele serviço prestado pelo setor privado, esse é considerado um serviço de bem essencial. Então a autonomia que o dono de uma escola tem para definir seu preço não pode ser comparada com a Empresa Victor Hugo.....

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email