quinta-feira, 15 de abril de 2010

Falha de Governo 3

Prefeitura de Niterói gasta mais recursos com Conselho Consultivo do que com limpeza, recuperação e reflorestamento de encostas.

São 2,2 milhões de reais para o conselho consultivo e apenas 966 mil reais para os quatro programas voltados para limpeza, recuperação e reflorestamento de encostas. É fundamental a sociedade brasileira começar a discutir mais as falhas de governo.

Governos tendem a gastar mais com burocracia do que com a resolução de problemas. Antes de pedir a intervenção do governo para consertar uma falha de mercado lembre-se: CUIDADO com o que você deseja, as vezes o governo pode te atender e te cobrar por mais um serviço que não será feito.

7 comentários:

Anônimo disse...

Desconfio que a expressão conselho consultivo seja um neologismo para desvio de recursos para o próprio bolso. A conferir.

Anônimo disse...

"Governos tendem a gastar mais com burocracia do que com a resolução de problemas."

Perfeito Professor!!

Anônimo disse...

Se continuar postando ‘Falhas de Governo’ vai ter o ‘Falhas de Governo 1000’. Rsrsrs

Ginno

Chutando a Lata disse...

É a tal e consultoria por gente especializada e que já são remunerados pelas suas universidades ou entidades para falarem as suas abobrinhas.

Anônimo disse...

É de um presidente assim que precisamos!

http://blogdojuca.uol.com.br/2010/04/coragem-candidatos/

Plínio de Arruda Sampaio topa o desafio!

http://blogdojuca.uol.com.br/2010/04/do-candidato-do-psol/

Anônimo disse...

Adolfo

Moro em Niterói e infelizmente esse conselho é marca registrada da pobreza e corrupção que marca Niterói na atual administração Jorge Roberto Silveira. Suas passagens anteriores e de seus asseclas são marcadas por "fantasia" e "maquiagem".

Nós, habitantes mais esclarecidos, mas com pouco poder (número) de votos, somos refém desta perversa situação, pois pagamos essa fatura enquanto que os benefícios políticos são capturados pelos governantes e apadrinhados da casta política nas classes tipo “moradores do Bumba”.

Cada conselheiro ganha mais de 70 K/ano, que somados aos salários dos mais de 40 secretários municipais (isso mesmo!) e aos salários dos vereadores fica a impressão que a cidade é bem administrada, tanto no executivo quanto no legislativo.

Somente a impressão, pois as águas escancararam essa rasura / rabisco.

Cabe lembrar que o prefeito JR Silveira é conhecido na cidade pelos seus hábitos noturnos de intensa atividade carreirista, e que não consegue chegar aos compromissos no período matutino, pois não acorda, além de ser herdeiro local do populismo impregnado de Leonel Brizola, seu padrinho político.

O sistema político brasileiro permite esse tipo de situação. Qualquer um que queira romper com esse modelo é expelido para fora, clássico conluio onde a lei “olho por olho” prevalece.

Ou seja, o “cartório” político vigente no Brasil é mantido para ser a única conspiração onde os participantes não têm interesse em ficar de fora no intuito de “capturar” votos adicionais. A regra é dura entre eles (expulsos, mas sem pagar com a justiça) à custa da nossa obrigação de votar na manutenção deste sistema.

Você poderia postar algo a respeito?

Brados

Martins

Anônimo disse...

Dodô,

Tô chegando em BSB no dia 02 de maio. Diz prá cambada.

Um abraço,

J. Coelho

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email