quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Diga-me com quem andas...

Dilma é ligada a José Dirceu, aquele acusado de ser o chefe do mensalão
Dilma é ligada a Palloci, aquele que violou o sigilo de um simples caseiro
Dilma é ligada a Erenice, aquela da Casa Civil
Dilma é ligada a grupos que tinham “dossies” de inimigos políticos
Dilma foi ligada a um grupo terrorista, que sequestrava e matava pessoas

Talvez Dilma não seja chefe de quadrilha, mas um de seus assessores é acusado disso. Talvez Dilma não viole sigilos fiscais e bancários, mas um de seus assessores já esteve metido nisso. Talvez Dilma não esteja envolvida nos escândalos da Casa Civil, mas seu “braço direito” está. Talvez Dilma não esteja ligada a quebra de sigilo de inimigos políticos, mas seus assessores tinham esses dados. Talvez Dilma não seja assassina, mas terrorista certamente ela já foi. Talvez Dilma não tenha sequestrado ninguém, mas o grupo terrorista do qual fazia parte esteve envolvido com sequestros e assassinatos.

Talvez poderíamos dizer que Dilma é o exemplo de uma freira num cabaré, mas freira ela não é: freiras não pertencem a grupos terroristas e nem defendem o aborto. Além do mais, é muito maldade comparar um nobre cabaré com os amigos que cercam Dilma. Diga-me com quem andas....

13 comentários:

nilo disse...

E a última da Dilma: "Sou contra o aborto, é uma violência contra a mulher". Que coisa não!!! Mudou rápido de opinião!!!

Anônimo disse...

Eu acho que como defensor da liberdade vc deveria defender a Dilma, pelo menos no quesito lutar contra a ditadura, ou seja, contra a restrição das liberdades individuais.
Se tivesse vivido na época da ditadura militar de que lado estaria?
Não acha que ela como defensora da liberdade merece crédito por isso? Se ela sequestrou como sempre diz, não acredito! mas a LUTA DELA FOI CONTRA A DITATURA! E essa sim: matou, prendeu, torturou quem ousasse ao menos pensar assim com o senhor. O senhor seria considerado subversivo assim como ela... A ditadura é a vilã e não quem lutou contra ela. Afinal, foi através, primeiramente, de pessoas COMO A DILMA que ela terminou.

Blog do Adolfo disse...

Caro Anonimo,

Voce esta mal informado: Dilma NAO lutou pela liberdade. Dilma lutou sim pela implementacao de uma ditadura nos moldes sovieticos no Brasil.

Dilma era contra a ditadura militar, mas NUNCA foi contra a ditadura nos moldes socialistas.

Nos, defensores da liberdade, NADA devemos a essa terrorista. Por ela, e pelo seu grupo, nós não existiríamos.

Adolfo

Anônimo disse...

Boa Adolfo,

Agora vc podia escrever um post mostrando o terrorismo do Serra nas suas promessas economicas.

Pois, de acordo com o que vc disse o Serra é um analfabeto em economia.

1 - Salário Mínimo de R$ 600,00;
2 - 10% de aumento aos aposentados;
3 - 2 professores em sala;

Creda!!!

Marcio disse...

Anonimo, desde quando sequestrar empresário e assaltar banco é lutar contra a ditadura ? Dilma lutou foi pelos interesses pessoais dela, pela ditadura dela.

Anônimo disse...

O modelo do capitalismo estatal não só torna operário uma mercadoria de consumo mas o proprio homem um objeto sem liberdade de pensar e de ser fora da impostura do modelo Além de tirar dele a possibilidade de expansão da consciêcia para um mundo mais justo. Toda unilateralidade do pensamento quando imposta é desumana.

Anônimo disse...

"E a última da Dilma: "Sou contra o aborto, é uma violência contra a mulher". Que coisa não!!! Mudou rápido de opinião!!!"

Professor,

Pegando o comentário acima do anonimo (29 de setembro de 2010 17:01), gostaria de saber se vc concorda com o debate sobre o aborto abordado no Livro Freakonomics.

Sou contra, mas achei bastante fortes os argumentos do autor sobre a permissão nos EUA e a redução da criminalidade.

Blog do Adolfo disse...

O debate sobre o aborto no livro Freaknomics vem de um artigo no QJE do Levitt.

Eu particularmente nao acho correto o link que ele montou entre leis pro aborto e violencia. Mas certamente cabe muita discussao. Tambem me parece que haviam erros nos dados desse artigo, o que certamente deve ser levado em consideracao.

Adolfo

Anônimo disse...

Se a Dilma sequestrou e participou da luta armada deve ser considerada heroína nacional e coberta de medalhas. Eu faria o mesmo contra a ditadura militar criminosa que governou o Brasil a partir de 1964. Os americanos reclamam que sequestraram um embaixadorzinho deles, mas eles não falam que financiaram e apoiaram as ditaduras latino amaricanas que prenderam e assassinaram milhares de pessoas. Quanta hipocrisia e falta de informação...Vocês foram mesmo doutrinados pelos Yankees e pelo lobby judeu.

Alberto Cavalcanti disse...

Adolfo,

Desculpe fugir um pouco do assunto, mas, gostaria de saber o que vc acha da atual crise política equatoriana? O atual presidente disse que é uma tentativa de golpe e já chamou o exercito as ruas e está querendo pedir a dissolução do legislativo equatoriano. E isto me parece mais uma tentativa de implante de ditadura pelo atual presidente, considerando que só aconteceu protestos sindicais, e, que o atual presidente segue uma linha "chavista" de administração.

Obrigado desde já!

Abraço!

Anônimo disse...

Se o QJE publica paper com erros...isso dá uma boa discussão: Adolfo, você acredita que em tempos de internet, google etc ainda exista blind review? Os working papers estão todos na internet, só esperando uma googlada. Acho que as revistas, mesmo as de ponta, estão virando uns antros de camaradagem.

Ângelo disse...

Infelizmente não temos bons candidatos a presidente; paciência.

Dedé Ramos disse...

Meu voto é em Serra, por falta de opção.

Mas, creio que será interessante ver essa Weslian melhorada PAGAR por todos os erros de LULA, junto com a gente, é claro.

Fico pensando que se outro candidato ganhar acabará levando a culpa por tudo, a saber:

1) Os gastos incontroláveis do governo;

2) Manipulação dos dados de superávit com a "mágica" da capitalização da Petrobrás;

3) A politização do judiciário;

4) A privatização das empresas públicas(não como deveria ser e sim loteando os cargos à serviço do PT);

e aí vai...sigilo fiscal quebrado, sigilo bancário, mensalão, aloprados....etc, etc

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email