terça-feira, 9 de novembro de 2010

Eu sou CONTRA a volta da CPMF

Impostos sobre movimentação financeira estão entre os piores tipos de impostos: não só geram grandes distorções na economia como também pressionam a taxa de juros para cima (o que encarece a rolagem da dívida pública).

Economistas discordam em muitas coisas, mas nesse ponto NÃO HÁ DISCUSSÃO. A teoria econômica adverte: a CPMF faz mal à economia, faz mal à sociedade, faz mal a todos nós.

Assine o abaixo-assinado contra o retorno da CPMF.

8 comentários:

Anônimo disse...

O ficha-limpa com nao sei quantos milhoes de assinatura quase que nao deu em nada. Até hj o STF ta em cima do muro.

Mas o seu abaixo-assinado contra a CPMF vai resolver... tá bom.

Anônimo disse...

Adolfo, vi uma vez um argumento a favor de tributação como a CPMF, mas com um valor muito irrisóio. A função de 'impostos' seria apenas para fins de controle de movimentações financeiras, o que facilitaria a investigação sobre fraudes, lavagem de dinheiros, etc. Me pareceu razoável....

nesses termos, o que vc acharia de uma CPMF?

Chutando a Lata disse...

Eu sou contra a volta do CPMF, até porque a conta dos juros não está fechando e sei muito bem pra onde essa grana vai.

Blog do Adolfo disse...

Caro anonimo das 10:36,

O abaixo-assinado NÃO É meu, é do movimento endireita brasil.

Adolfo

Blog do Adolfo disse...

Caro anonimo das 10:57,

na pratica o que voce sugere eh o FIM do sigilo bancario.

Adolfo

Anônimo disse...

"Faz mal pra todos nós", menos pros filhos da puta do PT e base aliada, que utilizam o dinheiro de maneira errada. É incrível a companheira Estella, vulga Dilma (terrorista), e sua corja defenderem o aumento da participação pública... É um enorme "foda-se" pra liberdade que ainda exite.

Megamini disse...

Suspeito de que alguma coisa está errada com os índices macro e microeconômicos,com tudo quanto índice, de modo geral.

Deve haver dinheiro de impostos vazando, aos trilhões, por algum esgoto gigante, tipo o de Chicago, que tem 11 metros de diâmetro.

Anônimo disse...

Anônimo-9 de novembro de 2010 10:57. Essa pressuposição de que todo mundo sonega, pode lavar a outra: todo mundo é criminoso, então, a sociedade apoiará o linchamentos públicos? Ou seja, pouco importa a liberdade se é para prender todos os facínoras? Ora. Não tem o menor cabimento esse argumento sobre a CPMF. Argumento desse tipo cumpre o papel perverso de fazer passar excrescências como a CPMF. Se vingar, outras virão.
Dawran Numida

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email