domingo, 29 de maio de 2011

Palocci e a Questão da Consultoria

Semana passada Palocci se complicou bastante para explicar os 10 milhões de reais que recebeu entre novembro e dezembro de 2010. Aqui vão algumas considerações sobre o mercado de consultoria.
1) Parte significante das empresas de consultoria não prestam consultoria, servem apenas para indivíduos receberem como pessoa jurídica (e pagarem menos impostos), por serviços de aula e palestras. Ex-ministros podem cobrar facilmente 10 mil reais por palestra. Uma média de 3 palestras por mês gera uma receita de 30 mil/mês, ou quase 400 mil/ano. Desnecessário dizer que parte dessa receita não é declarada. Essa é uma explicação parcial para a evolução do patrimônio de Palocci: ele estava usando a empresa para “lavar” parte do dinheiro que não havia declarado antes. Sim, essa é uma explicação possível e implica que o Ministro cometeu crime fiscal.
2) Por mais que dar palestras seja interessante, tirando ex-presidentes é difícil cobrar valores que justifiquem um faturamente de 20 milhões. O dinheiro grande esta no mercado de consultorias, onde um ex-ministro pode cobrar 1.000 reais/hora (o próprio Banco Mundial pode chegar a pagar algo como 500 dólares/hora). O problema é que nesse mercado é necessário trabalhar para valer. Ao contrário de uma palestra, onde se fala por 1 hora e vai se almoçar com a platéia, no cado de consultorias é necessário apresentar relatórios e justificá-los.
3) Consultorias seguem uma regra geral: recebe-se em partes. Só se recebe o valor parcial da consultoria mediante a apresentação de relatórios parciais. Isso é definido em contrato: contratos anuais costumam cobrar relatórios bimensais ou trimestrais. E é mediante a aprovação desses relatórios que se recebe a parcela parcial. Esse detalhe é um duro golpe na apresentação do Ministro Palocci: ele argumenta que recebeu dinheiro referente a antecipação do contrato. Esse mecanismo simplesmente não ocorre no mercado de consultorias. Você recebe o dinheiro no ato da aprovação do relatório parcial, ninguém manda um relatório parcial, tem ele aprovado, e fica sem receber a parcela.

4) Não adianta o ministro argumentar que fez apenas parte do trabalho, não apresentou o relatório parcial, mas como já tinha algo feito recebeu por essa parte já feita. Não existe isso num trabalho de consultoria: você recebe APENAS mediante a apresentação do relatório parcial. Até porque quando se é contratado para um consultoria, tipo verificar a viabilidade de determinado empreendimento, não adianta você dizer: já gastei 100 horas estudando o problema, mas terei que parar, logo voce tem que me pagar essas horas. Ou você apresenta o relatório ou não tem pagamento. E, como ficou claro no item 3 acima, se você já teve o relatório aprovado seu dinheiro já foi liberado (não existe isso de antecipar um pagamento por um trabalho já feito, o trabalho é pago na medida em que é entregue).

11 comentários:

Gabriella Pouso disse...

sinceramente? ISSO VAI ACABAR, COMO SEMPRE, NA PIZZARIA ALI DA ESQUINA DA ESPLANADA....
cara de pau demais!! e ainda por cima, mentiroso!!
como é possível que não haja uma lei como a de "ficha limpa" pra esses tipos de cargos também?? grande absurdo!!! coloca quem quer lá na frente e esquece que tem gente aqui atrás, só pagando imposto, juros e tendo de acompanhar essas palhaçadas políticas!

RE-VOL-TAN-TE!

Anônimo disse...

Pelo que venho notando nos ultimos anos,esta me parecendo que há uma grande quadrlha muito bem armada no Brasil. Não da para citar tudo aqui, mas só esse caso mais recente do palocci é de comprovar isso. pois todos irão ver que todos os membros desta máfia vão parecer em defesa de mais este descalabro. A CGU ja começou fazer sua parte, em resisti a investigar as denúcias contra palocci. A Dilma se pronunciando em defesa favor.
Enfim, a mafia ja esta fazendo suas manobras. E se por acaso isso chegar ao STF ( como no caso do mensalão)não precisamos nem ser mãe Dinar para saber que os ministro vão empatar seus votos e depois desempata a favor da máfia...

Edvaldo Frazão

Anônimo disse...

Pelo que venho notando nos ultimos anos,esta me parecendo que há uma grande quadrlha muito bem armada no Brasil. Não da para citar tudo aqui, mas só esse caso mais recente do palocci é de comprovar isso. pois todos irão ver que todos os membros desta máfia vão parecer em defesa de mais este descalabro. A CGU ja começou fazer sua parte, em resisti a investigar as denúcias contra palocci. A Dilma se pronunciando em defesa favor.
Enfim, a mafia ja esta fazendo suas manobras. E se por acaso isso chegar ao STF ( como no caso do mensalão)não precisamos nem ser mãe Dinar para saber que os ministro vão empatar seus votos e depois desempata a favor da máfia...

Edvaldo Frazão

Nilo disse...

O Palocci foi apenas um entre muitos. As corretoras estão cheias de ex integrantes de vários governos, e ainda tem a questão do tráfico de influência que é necessário a qualquer empresa que deseja se sobressair no Brasil.

Anônimo disse...

Consultoria econômico-financeira do Palocci é que nem "modelo e atriz" em baile de carnaval.

Anônimo disse...

Gostaria muito de ver um estudo do IPEA sobre uma plicação eficiente dos tributos que é arrecadado no Brasil. Foi divulgado pelo o Impostômetro do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), que ja se arrecador um motante de R$ 600 bilhões , o valor foi registrado no dia 24 de junho.Isso que dizer que até o final do anos passaremos fácil dos trilhões.
O que podemos perceber é esse montante arrecadado em tributos começa a crescer cada vez mais rápido ao longo dos anos. Para se ter uma ideia, em 2009, esse mesmo valor foi atingido ainda mais tarde que em 2010, em 28 julho. Em 2008, os brasileiros desembolsaram R$ 600 bilhões em tributos até o dia 29 de julho.Ou seja. estamos betendo recorde todos anos.
Agora a minha dúvida, que talvez um estudo do IPEA esclareça, caso ja tenho este estudo gostaria que divulgasse aqui neste blog.
Se fossemos um páis sério, e aplicassemos todo esse recurso com eficiência, enquanto tempo teríamos um país robustos, como boas escolas, todas cidades com saneamento,etc, etc.

Fico no aguardo...

Sérgio Ricardo disse...

Ao anônimo de 31 de maio de 2011, às 16:47, como você chegou ao fantástico dia 24 de junho se ele ainda não chegou? Você é visionário?

Abraço!
Sérgio Ricardo

William dos Reis disse...

Eu já nem tenho mais nada a falar desse picareta!!!

William dos Reis

Ângelo disse...

Aquele que devassou a vida, inclusive financeira, de um humilde caseiro, agora é o caseiro-mor da Casa Civil e terá a vida financeira, inclusive, devassada.
Não passará impune.

Ângelo disse...

A casa caiu, Palocci foi demitido.

Consultoria RH disse...

Um Este blog é uma representação exata de competências. Eu gosto da sua recomendação. grande conceito que reflete os pensamentos do escritor.

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email