segunda-feira, 8 de outubro de 2012

A Credibilidade dos Institutos de Pesquisa de Opinião

No dia 03 de outubro de 2010 escrevi o texto abaixo. Dois anos depois, O MESMO PROBLEMA SE REPETE. Me parece que a credibilidade de algumas pesquisas de opinião é bem baixa.

O Absurdo Comportamento dos Institutos de Pesquisa de Opinião

Até o momento é ridículo o comportamento de institutos tais como o Datafolha e o IBOPE. Ontem o IBOPE anunciva 51% para Dilma, e o Datafolha 50%, ambos adotaram uma margem de erro de 2%.

Com quase 99% dos votos apurados temos Dilma com 46,7%; e Serra com 32,6%. Resumindo: ambos os institutos de pesquisa erraram. É incrível que ninguém comente isso. Os analistas de plantão culpam o efeito Marina, o efeito aborto, o efeito escambau a quatro. Contudo ninguém diz o óbvio: o IBOPE e o DATAFOLHA erraram. E não venha me dizer que erraram por pouco: eles erraram acima da margem de erro. Digo mais: erraram muito acima da margem de erro.

Se Dilma conseguir chegar a 47% dos votos isso implica que o IBOPE deveria DUPLICAR SUA MARGEM DE ERRO!!!! Se Dilma conseguir chegar a 47% dos votos isso implica que o DATAFOLHA deveria aumentar em 50% sua margem de erro. Esse NÃO SÃO ERROS PEQUENOS do ponto de vista estatístico.

No final do dia parabéns ao Blog Coturno Noturno que até ontem sustentava que Dilma não passaria de 45%, usando a margem de 2%, o Coronel acertou na mosca.

3 comentários:

Cibele Bastos disse...

Adolfo, as coisas aqui em Fortaleza foram sérias no quesito erro. Um candidato que levou 21% do eleitorado da cidade, aparecia em 4º lugar, com apenas 11% nas pesquisas. Resultado tai ó: http://www.jangadeiroonline.com.br/blogs/kezya-diniz/eleicoes-2012/eleicoes-2012-heitor-ferrer-insiste-que-foi-prejudicado-e-pede-a-justica-que-o-inclua-no-segundo-turno/

Abraços!

Anônimo disse...

Se os institutos de pesquisa acertassem assim do jeito que vc propoem, nem precisavam mais eleições, eles são institutos de pesquisas, não futurólogos, para acertarem eles teria q entrevistar todas as pessoas no país que fosse votar, para terem a margem mais perfeita possível, fora aquelas pessoas que dão sua opinião e não votam, as que mudam de opinião, muitos fatores contribuem para esses erros, afinal isso é estatística, a realidade é muito mais complexa que isso.

Anônimo disse...

Legal Adolfo que diferença isso vai fazer na minha vida? Isso são pesquisas, não uma previsão do futuro

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email