segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Por que Avenida Brasil fez tanto sucesso?

A novela da Globo “Avenida Brasil”está chegando ao seu final. Seus índices de audiência são uma prova cabal de seu sucesso. Então vem a pergunta: em que esta novela é diferente das demais? Por acaso tem atores melhores? Difícil sustentar essa argumentação. Por acaso sua trama é inovadora? Pouco provável, todos os clichês de novela estão lá. Então, o que tornou Avenida Brasil esse tremendo sucesso?

Em minha opinião existe uma diferença crucial entre Avenida Brasil e todas as demais novelas da Globo: em Avenida Brasil praticamente ninguém trabalha. Já notaram isso? No núcleo central da trama ninguém trabalha!!! Ao contrário de outras novelas, onde haviam disputas centrais pelo controle de empresas ou pela expansão de determinadas marcas empresarias, em Avenida Brasil simplesmente não existem disputas desse tipo.

Tufão é jogador de futebol aposentado. Sua família, ai inclusos pai, mãe, filhos, esposa e agregados não trabalham. No núcleo time de futebol (que só tem brancos marombeiros) outro bando de encostados que passa o dia sem nada fazer. Já notaram o número de vezes que aparece um personagem bebendo cerveja em pleno dia de semana a tarde?

Acho que é esse o segredo do sucesso de Avenida Brasil: mostrar um país do faz de conta, onde ninguém precisa trabalhar. Todos podem beber cerveja durante a semana, e no final estamos todos bem. Será que foi nisso que nosso país se transformou?

Um país rico se faz com trabalho duro e honesto, com liberdade econômica, estímulo a competição, e respeito a meritocracia. Pouco importa se novelas retratem isso ou não.

12 comentários:

Anônimo disse...

quem diria hein??!! Sachsida, um grande noveleiro!!kkkkkk

Anônimo disse...

Sejamos realistas, nas novelas globais o trabalho sempre apareceu pouquissimo. As disputas por poder em novelas são sempre puxadas por gente que em geral também não trabalha é só "cliche" de folhetim antigo. Li um critico dizendo esses dias que parte do sucesso pode ser atribuido a estética despojada e, sobretudo, a certas inovações de interpretação que passam despercebidas mas que estão lá. Um exemplo, é comum haver diálogos confusos, onde todo mundo fala ao mesmo tempo, com enquadramentos pouco usuais, isso era "proibido" na dramaturgia da Globo.

Anônimo disse...

Adolfo

Nunca mais vi novela (última foi Roque Santeiro ou Que Rei sou Eu?) então não posso falar nada sobre a tal em questão.
Mas, posso falar: o povo que comenta o dia a dia da novela não é o mais culto, ou seja, não frequenta o extrato social brasileiro que mais lê, sabe escrever, enfim, o que mais recebeu educação em quantidade e qualidade. A correlaçao neste caso tem que ser 1!
O povo brasileiro está cada vez mais burro.
Forte abraço
Martins
Ps: parabéns pelo blog.

Arthur disse...

Você não reparou que a produção da novela tem a melhor qualidade de toda a tv mundial, batendo inclusive as series da HBO, neh?

Não sei, talvez a Globo gaste todo esse dinheiro na qualidade da produção por que as pessoas gostam mesmo, e veem mais a novela, e ela ganha mais dinheiro de propaganda.

Anônimo disse...

As pessoas não trabalham mas tem o motivo para isso, qual profissão deixa a pessoa rica e se aposenta cedo,claro jogador de futebol! eSSA ESCOLHA FOI PERFEITA, pois como você disse a maioria das novelas tem um empresa e brigas pelo pelo controle. A monalisa tem um salão e sua amigas trabalham no salão. Silas tem é dono de um bar, a familia do tufão vive as custa dele e Carminha e Max também! Outros personagéns são as empregadas da mansão,diogenes dono de uma loja de roupas que emprega 3 outros personagens.Suelem,Roni, leandro e o locutor ! Lucinda cata lixo! Nina é consinheira, jorginho engana que joga futebol !!

JV disse...

Po , o cara trabalha o dia inteiro e vai querer sentar na frente da TV para ver os outros tambem trabalhando?
Nota: eu não assisto essa novela.

Anônimo disse...

O mais interessante é que a presidente teria cancelado compromissos para assistir o capítulo final da novela.

Como partido trata a emissora de "partidária" e "golpista", como é que fica, uma vez que a novela é exatamente da emissora considerada inimigo nº 1 doa referidos cidadãos?

Na dúvida, creio que todos vão para e assistir a novela também.

Anônimo disse...

Que que uma coisa tem a ver com outra, que dizer entâo que uma novela ao estilo the oficce seria o melhor para gente? Eu n gosto de novela, acho repetitiva, cliche e contem muitas cenas e dramas baratos, e não pq as pessoas trabalham ou deixam de trabalhar.Muitas belissimas obras artisticas da humanidade o trabalho fica em 2º, 3º plano, as vezes nem é mostrado.

Anônimo disse...

É óbvio que eles mostram as pessoas atoa, ou vc queria que mostrassem só cenas de pedreiros trabalhando ou executivos em seus escritórios.As maiores séries de sucesso no mundo nâo mostram o trabalho, pq é chato ver os outros trabalhandom, Two and a half men, o protagonista é rico e atoa, Big bang theory só mostram eles no almoço do trabalho, em chavez um dos ídolo,seu madruga, nâo trabalha, em supernatural os protagonistas não exercem atividade remunerada, em simpsons o protagonista finge que trabalha, em family guy idem, dá a impressão que qualquer americano tem um serviço super simples e ganha o sufciente para ter uma casa de 2 andares, e sustentar 3 filhos, e ainda ter uma vida tranquila.E em séries que mostram as pessoas trabalhando acho chatas e repetitivas, como house, law and order e csi por exemplo.

Alan Soares disse...

Na minha opiniao o sucesso da novela esta ligado ao foco nos personagens principais. Sempre vimos novelas onde o final do capitulo terminava com nucleos distintos. No caso de Avenida Brasil, a maioria dos capitulos terminavam ou com Carminha, Nina, Tufao, Jorginho, Max etc. E nao havia tantos cliches nos episodios, que convenhamos, eram intensos um após o outro. E tambem há o fato de a imagem, os focos de camera serem semelhantes a de filmes e nao ded novelas comuns, onde é tudo clarinho e bonito. E os atores sem duvida abraçaram a causa da novela, sabendo interpretar minuciosamente os personagens propostos. E nao podemos esquecer é claro o fato de que o autor utilizou um artificio famoso e classico - um cliche, na verdade - no final: a morte misteriosa dde Max. Quem o matou? Era o que todos estavam se perguntando, e detalhe, faltando uma semana para o término da novela. O segredo do sucesso de uma novela esta ai. O publico quer ver conflitos intensos, entre vilao e mocinho, e nas reviravoltas no desenrolar da trama. Queremos mais novelas assim. No mais, parabens Avenida Brasil.

Alan Soares disse...

Na minha opiniao o sucesso da novela esta ligado ao foco nos personagens principais. Sempre vimos novelas onde o final do capitulo terminava com nucleos distintos. No caso de Avenida Brasil, a maioria dos capitulos terminavam ou com Carminha, Nina, Tufao, Jorginho, Max etc. E nao havia tantos cliches nos episodios, que convenhamos, eram intensos um após o outro. E tambem há o fato de a imagem, os focos de camera serem semelhantes a de filmes e nao ded novelas comuns, onde é tudo clarinho e bonito. E os atores sem duvida abraçaram a causa da novela, sabendo interpretar minuciosamente os personagens propostos. E nao podemos esquecer é claro o fato de que o autor utilizou um artificio famoso e classico - um cliche, na verdade - no final: a morte misteriosa dde Max. Quem o matou? Era o que todos estavam se perguntando, e detalhe, faltando uma semana para o término da novela. O segredo do sucesso de uma novela esta ai. O publico quer ver conflitos intensos, entre vilao e mocinho, e nas reviravoltas no desenrolar da trama. Queremos mais novelas assim. No mais, parabens Avenida Brasil.

Alan Soares disse...

Na minha opiniao o sucesso da novela esta ligado ao foco nos personagens principais. Sempre vimos novelas onde o final do capitulo terminava com nucleos distintos. No caso de Avenida Brasil, a maioria dos capitulos terminavam ou com Carminha, Nina, Tufao, Jorginho, Max etc. E nao havia tantos cliches nos episodios, que convenhamos, eram intensos um após o outro. E tambem há o fato de a imagem, os focos de camera serem semelhantes a de filmes e nao ded novelas comuns, onde é tudo clarinho e bonito. E os atores sem duvida abraçaram a causa da novela, sabendo interpretar minuciosamente os personagens propostos. E nao podemos esquecer é claro o fato de que o autor utilizou um artificio famoso e classico - um cliche, na verdade - no final: a morte misteriosa dde Max. Quem o matou? Era o que todos estavam se perguntando, e detalhe, faltando uma semana para o término da novela. O segredo do sucesso de uma novela esta ai. O publico quer ver conflitos intensos, entre vilao e mocinho, e nas reviravoltas no desenrolar da trama. Queremos mais novelas assim. No mais, parabens Avenida Brasil.

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email