quinta-feira, 8 de agosto de 2013

O Samba do Câmbio Doido e a Inflação

Tenho recebido muitos pedidos de informação sobre a taxa de câmbio. Deixa eu responder todas de uma única vez: eu não tenho a menor idéia do que irá acontecer com a taxa de câmbio, e provavelmente ninguém tem....

No dia 09/05 o dólar estava a R$ 2,01. Quase três meses depois, no dia 07/08 foi a R$ 2,31. Hoje fechou a R$ 2,28. E amanhã? NÃO SEI. Isso dá uma desvalorização de quase 15% em três meses. Confesso que acreditava que o dólar fecharia o ano a R$ 2,25... mas hoje não sei mais.

O movimento da taxa de câmbio reflete bem a instabilidade atual da economia brasileira... bastou o medo de que os Estados Unidos estão se recuperando, e que as taxas de juros por lá subiriam, para bagunçar nossa taxa cambial. Imaginem o que irá acontecer quando os EUA realmente aumentarem sua taxa de juros!!!

A pergunta que surge agora é: qual o impacto dessa desvalorização cambial sobre a inflação?

Essa resposta não é fácil. Em primeiro lugar, vários estudos mostram que o impacto de desvalorizações cambiais sobre a taxa de inflação, MEDIDA PELO IPCA, é baixo. Além disso, esse impacto também depende do estado da economia. Por exemplo, em períodos de estabilidade o pass throught (repasse da desvalorização cambial para a taxa de inflação) é menor do que em períodos de instabilidade econômica. Em segundo lugar, existe uma questão de defasagem. Mesmo que parte da desvalorização cambial seja repassada a inflação isso não ocorre imediatamente, pode levar alguns meses. Por fim, existe a possibilidade da desvalorização cambial afetar as expectativas de inflação, o que por sua vez afetariam a taxa de inflação.

De acordo com os estudos que tenho sobre o tema, deveríamos esperar um pass throught baixo ou inexistente (sobre a inflação medida pelo IPCA). CONTUDO, tais estudos analisam períodos de grande estabilidade econômica, e desvalorizações cambiais bem menores. No cenário atual, onde as expectativas de inflação estão deterioradas, e com a magnitude da desvalorização, tendo a acreditar que parte dessa desvalorização irá impactar não só o IPCA, mas também irá contribuir para uma piora nas expectativas de inflação.

Nenhum comentário:

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email