quarta-feira, 6 de novembro de 2013

O que eu falei brincando Valdomiro Pinto e Ricardo Paes de Barros falam a sério: a questão das cotas raciais

No dia 18 de janeiro de 2013 escrevi um artigo irônico sobre cotas. Dizia que estava na hora do governo instituir cotas também para os Conselhos das Sociedade Anônimas. Além disso, sugeria também cotas para funções de chefia no setor público. O artigo era uma ironia só. Vale a pena lê-lo.

No dia 10 de setembro de 2013 o filósofo Valdomiro Pinto escreveu um artigo sério sugerindo que devemos deixar o mérito de lado. Qual não foi minha surpresa ao ler no Valor Econômico de hoje que Ricardo Paes de Barros defende uma política de cotas para altos cargos:

É responsabilidade do Estado. Uma preocupação assim levaria a formação de uma elite negra de forma mais acelerada, porque estamos vendo que o acesso da população negra ao topo da sociedade brasileira ainda é limitado. Isso quer dizer que muitos valores e talentos negros não estão sendo aproveitados.”

Ricardo Paes de Barros é um economista de respeito, mas, em minha opinião sua proposta é absurda. O que ele quer com isso? Quer cotas para negros em posições de comando. Como se posições de comando pudessem ser preenchidas com base em critérios raciais. O que vem depois? Iremos limitar o acesso de judeus? Afinal, se determinado segmento esta subrepresentado (negros) é porque outro segmento está superrepresentado. Sou totalmente contra a proposta de Ricardo Paes de Barros. Sou contra o sistema de cotas raciais. Meus argumentos contra as cotas raciais podem ser lidos aqui.

2 comentários:

Anônimo disse...

Esse Ricardo Paes de Barros é um esquerdopata. Pirou de vez. Como um economista desse pode ser respeitado? Depõe contra a sua classe, viu Sachsida (embora saiba que o fulano tem formação de engenharia também).

Que tal cotas raciais para brancos nos times de futebol?? Afinal tem mais negros/mulatos jogando bola do que brancos.

A propósito, no final do campeonato Sachsida poderia rever a enquete no início do ano sobre os candidatos a campeão e rebaixamento.

KB

Anônimo disse...

Dê uma olhada nisso aqui:

http://vejabrasil.abril.com.br/brasilia/materia/a-polemica-vila-das-meninas-1017

Vamos divulgar essa história antes que consigam destruir essa bela obra.

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email