segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Pesquisa Datafolha: Considerações a serem feitas e o Espaço para a Direita


A Folha de São Paulo publicou matéria comentando sobre o perfil do brasileiro. Algumas considerações devem ser feitas. Em primeiro lugar, ela cria um leque de bondades e atribui isso a esquerda. Já afirmações do tipo: "o pobre é pobre pois tem preguiça de trabalhar" o jornal classifica como pensamento de direita. Evidente que isso é incorreto!!!

Não meus amigos, a direita não é má. Nós não qualificamos os pobres de preguiçosos e vagabundos como a Folha de São Paulo indica. A direita defende que toda pessoa deve ter chances de ter sucesso na vida e perseguir sua felicidade. A direita defende comportamentos conservadores no lado moral, isso implica ser contra a liberação das drogas, implica em ser contra o aborto. Aliás, cadê a pergunta referente ao aborto na pesquisa??? O que é que estão querendo esconder??? Você faz uma pesquisa para ver o perfil comportamental do brasileiro e a pergunta sobre aborto não aparece????? Estão querendo enganar quem??? Ou essa pergunta foi feita, e estão escondendo o resultado; ou a pesquisa já nasceu tendenciosa, pois deixou de lado uma das maiores bandeiras da direita.

Mas vamos continuar, desde quando a direita diz que os crimes são culpa da maldade das pessoas? A direita é a favor de prender bandidos, colocar policiais nas ruas, e punir os criminosos justamente por acreditar que a falta de punição é o principal motivador do crime. A direita acredita em Deus, como alguém pode acreditar em Deus e dizer que os crimes são obra primordial da maldade humana? Existem pessoas más, não restam dúvidas, mas a matéria da Folha de São Paulo tenta passar a idéia que a direita é um bando de bocós.

A questão das armas é emblemática. Se eu tiver que apostar, aposto que a pesquisa está ERRADA. Veja bem, a população brasileira REJEITOU de forma contundente o plebiscito para limitar a posse de armas de fogo. Como é que na pesquisa aparecem 68% de pessoas querendo limitar tal direito???

Por fim, a boa notícia. Apesar da reportagem não explorar tal ponto: 49% da população brasileira preferem pagar MENOS impostos e arcar com seus próprios gastos de saúde e educação, contra 43% que preferem mais impostos para essas despesas. Outra boa notícia: sobre ajuda estatal (por mais viesada que tenha sido a pergunta) 47% dos brasileiros deixam claro que querem menos governo. Isto é, a direita propriamente dita (valores conservadores em questões morais, e liberdade econômica) tem espaço para vencer eleições majoritárias no país. E isso com toda a propaganda esquerdista, e com toda difamação sofrida pela direita. Será que finalmente as oposições irão acordar para essa agenda???

4 comentários:

Bruno Leite disse...

Sachsida, apenas para pontuar. A direita a qual vc se refere é a direita conservadora. Liberais clássicos não estão contemplados no texto.

Anônimo disse...

Nem todo mundo que é de direita é conservador em termo morais. Existe a direita plenamente liberal, que defende a liberdade no campo econômico e no campo comportamental (liberação das drogas,por exemplo).
Mas é claro, essa direita está ainda mais longe da representatividade política.Infelizmente.

Anônimo disse...

Pelos critérios esdrúxulos do Datafolha, sou de direta na economia e de esquerda nos dilemas sociais.

Ricardo Totti disse...

Creio que a questão central é: Sera que Uma direita por mais forte que ela seja, pode competir com a propaganda financiada pela maquina estatal??? lembrem-se:da Frase de Joseph Goebbels, ministro da propaganda NAZISTA. "Uma Mentira contada mil vezes, torna-se uma verdade."

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email