domingo, 15 de junho de 2014

É correto xingar a Presidente da República? Ou O Médico e o Monstro

Resta evidente que xingar a maior autoridade política do país, em público, expondo-a ao ridículo frente a outras autoridades mundiais, é reprovável. Não é assim que um povo civilizado procede. Então sucede a pergunta: por que ocorreu isso com a Presidente Dilma?

A primeira e mais óbvia observação é notar que o xingamento foi espontâneo. Isto é, não foi organizado por grupos específicos. A segunda observação, igualmente óbvia, é notar que a ofensa ocorreu mais de uma vez ao longo do jogo. A terceira observação, é que os manifestantes não pareciam preocupados em estar fazendo algo errado. Você assiste ao xingamento e tem a impressão de que ninguém nota que esta a fazer algo errado. Parece até um xingamento ao juiz do estádio, e não à presidente da República. Aqui, me parece, estar a chave para desvendar a questão: não se diferenciava a figura da Presidente da República da figura de um juiz de futebol.

O parágrafo acima é minha explicação para o xingamento a Presidente da República: a gigantesca fragilização das instituições brasileiras promovidas ao longo de 3 governos petistas. Com o PT no poder tivemos juízes nomeados ao STF com viés claramente político, sendo que alguns dos indicados tinham claras ligações com o PT. O Banco Central perdeu sua credibilidade. Por vezes o executivo tentou transformar o legislativo em objeto de chacota. A oposição legítima de uma democracia foi demonizada. Institutos públicos de pesquisas e coletas de dados foram monitorados. Empresas estatais, e fundos de pensão, passaram a fazer parte do patrimônio político petista. Altos e baixos cargos nos ministérios passaram a ser tratados como propriedade privada de determinados políticos. Propriedades privadas passaram a ser invadidas com a clara intenção de desestabilizar a sociedade, muitas dessas com o apoio implícito do governo petista. Grupos de arruaceiros passaram a atormentar a vida nas cidades, e sempre tratados pelo governo petista como movimentos sociais legítimos. Enfim, as instituições brasileiras foram fragilizadas, e tudo com o apoio e incentivo do PT.

Então encerro esse post com a lição fundamental do grande clássico da literatura universal "O médico e o monstro": não se cria um monstro acreditando que se pode controlá-lo. O PT fragilizou as instituições brasileiras, demonizou os dissidentes, e agora a criatura que ele mesmo criou mostra que tem vida própria, e fragiliza a instituição da presidência da República. O Brasil não aguenta mais 4 anos de PT.

"Quando os governantes perdem a vergonha, os governados perdem o respeito" (Lichtenberg)

5 comentários:

Xyx disse...

A bruxa vermelha se tornou uma ameaça ao Brasil.

Qualquer pessoa que use a mentira como arma de engano para se manter no poder, não merece nenhum respeito.

O xingamento a Dilma pode ser traduzida como sendo a sociedade rejeitando, vomitando toda essa fraude que o PT está impondo ao Brasil.

Anônimo disse...

O que esse PT sabe fazer muito bem é usar a classe menos favorecida em seus discursos apelando para a vitimização e o coitadismo, jogando negros contra brancos, homossexuais contra heterossexuais, ricos contra pobres, civis contra militares, enfim... povo contra povo. Afinal, a melhor maneira de dominar (e isso se comprova historicamente) é dividindo o povo. E isso eles tem feito tão bem que quase ninguém se dá conta de que estão caindo nessa teia de aranha.
O que eu acredito é que esses governantes do PT tem um único objetivo: conquistar lentamente o que não conseguiram fazer no passado. É pura e simples revanche sobre a derrota que tiveram no passado. São demônios disfarçados de gente. Credo.

andrea gaucha disse...

Adolfo, bom dia !

Eu também não considero nada educado mandar a Presidente Dilma para Itu.
Mas, tenho um princípio que sigo na minha vida: não acho correto ter respeito por aqueles que não nos tem respeito. Considero até uma agressão às pessoas que trato com respeito e que o merecem, quando venho a tratar com respeito os que não merecem. Respeito devemos ter com aqueles que fazem por merecer e que nos tratam desta forma, o que não é o caso deste partideco no poder e muito menos dessa presidAnta.
Um grande abraço e ótima semana para ti,
Andrea

Anônimo disse...

Também acho. Sempre suscitam a comparação com o governo que já ficou 12 anos atrás. Mas nunca mencionam q esse governo anterior foi eleito duas vezes em primeiro turno. Os atuais, como disse o anônimo acima, estão sempre dividindo o país, se elegeram sempre com segundo turno, de modo aperrado, com baixa minoria. A outra metade de seus não eleitores têm que sofrer com essa democracia que com suas imposições estapafúrdias (pol. monetária, decreto 8243, cotas, etc) tem ar ditatorial.

Anônimo disse...

Frente à outras autoridades???

ou frente aos amigos deliquentes da presidenta, inclusive um traficante de cocaína condenado na flexível holanda???

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email