segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O Longo e Perigoso Trajeto até 2018

Ano que vem será um ano de ajustes duros na economia, mais impostos e mais inflação. Inadimplência alta, e juros subindo. Tudo ficará pior ainda quando o Banco Central americano começar sua sequência de aumento nos juros americanos. Não tenho dúvidas que teremos anos duros pela frente, e nessas horas os extremos ganham força. Já venho alertando sobre isso há algum tempo: os grupos radicais ganharão força nos próximos anos (pois essa é umas das consequências das crises). Evitar uma venezuelização do Brasil e, ao mesmo tempo, evitarmos armadilhas que nos afastem da democracia será um desafio primordial.

Tenho sérias dúvidas sobre o ambiente político que nos aguarda nos próximos anos. Não é apenas a economia que vai de mal a pior. O lado social, com uma explosão da violência também assusta. São 60 mil pessoas assassinadas no Brasil ao ano. Em termos absolutos, o Brasil é o país onde mais pessoas são assassinadas por ano. Uma verdadeira tragédia.

Ambientes sociais violentos aliados a crises econômicas tem o potencial de produzir líderes extremistas. Esse caminho representa um risco real a democracia brasileira. Como serão as próximas eleições presidenciais em 2018? Temo que serão marcadas pela violência. O PT passou os últimos 12 anos dividindo o Brasil, e o que antes era periférico agora é central: existe uma verdadeira revolta em vários segmentos da população. O nível de animosidade e belicosidade vem crescendo.

Acredito que nos próximos anos teremos confrontos civis nas ruas. Tomara Deus que esteja errado. Luto para evitar isso, luto para mantermos e aprimorarmos nossas instituições, e convido a todos se juntarem a mim nessa defesa. Sim, nos próximos anos ganharemos força. Mas os inimigos da sociedade aberta também ganharão. Não nos enganemos, nem nos deixemos iludir por nosso crescimento, os extremistas também ganham força e, durante os próximos anos, tentarão de tudo para solapar nossa democracia.

O Brasil não é Cuba, o Brasil não é a Venezuela. A cor de nossa bandeira é verde e amarela. Vamos nos preparar para combater os radicais, vamos lutar para que em 2018 possamos tirar o PT do poder pela via democrática. Essa luta é longa e difícil, mas não existem atalhos. O caminho até 2018 é longo e perigoso, cerremos fileiras e, com fé em Deus, e trabalho duro vamos montar e organizar grupos que defenderão nossa sociedade da bolivarianização.

2 comentários:

Anônimo disse...

Sim, tenhamos sempre fé e esperança em Deus! Com Ele, tudo é possível!

Feliz 2015!

samuel disse...

Quanto aos votos, o caminho até 2018 é longo e perigoso e está traçado pelo PT pq eles têm o controle das URNAS. Estive na passeata de 15 de Nov. Meu cartaz foi: SÃO AS URNAS FRAUDULENTAS, ESTUPIDOS!
A empresa que fez e dá suporte às nossas urnas é a VENEZUELANA SMARTMATIC! Lá A SMARTMATIC controlou (roubou) Capriles x Maduro:
http://nyti.ms/1xG2vXh
E ainda a apuração das nossas urnas foi SECRETA! Nossa única chance irmãos, é o IMPEACHMENT legal de Dilma e ... botar as mãos nessas urnas para torna-las HONESTAS...Caso contrário nada adiantará montar e organizar grupos que defenderão nossa sociedade da bolivarianização...

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email