quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Serei o próximo escritor da novela das 9 da Globo!!!

Amigos, quero compartilhar com vocês esta notícia maravilhosa!!! Poucos sabem, mas além de economista, e quase advogado, sou também escritor. E um de meus sonhos está prestes a se concretizar: tenho uma bela chance de vir a ser o próximo escritor da novela das 9 da Rede Globo.

Meu caminho foi aberto por um draft que mandei para a emissora. A resposta foi a mais positiva possível. Acontece que o público está sempre ávido de novidades e, convenhamos, depois de tanto mocinho transar com a mãe da mocinha, e de mocinhas dando mais que chuchu na serra, estava difícil para a Globo encontrar uma trama original. Foi então que surgiu a ideia de um romance verdadeiramente revolucionário, algo que realmente abale os pilares do falso moralismo da nossa cidade, algo pra deixar essa nossa direita coxinha retrógrada cheia de mais preconceitos ainda!!!

Pois bem, a trama principal é a seguinte: uma menina pura, mas nem tanto, afinal com 10 anos as meninas de hoje já tem idade para escolher, começa um relacionamento de amor verdadeiro com um pedófilo de 51 anos. O enredo todo será sobre a briga desse casal para, vencendo os preconceitos burgueses de nossa sociedade, fazer o amor verdadeiro triunfar.

Como pano de fundo teremos várias tramas paralelas: o pai da menina, um típico coxinha que trabalha e insiste em ser honesto e fiel a sua esposa, morre logo no começo da trama (para deixar claro a morte da falsa moralidade). Nesse momento, a mãe da menina jogada as raias do desespero pela opressão machista da figura da viúva descobre-se inesperadamente em amores pela namorada de seu filho mais velho (de 13 anos). A namorada do filho também é a melhor amiga de nossa jovem heroína. Surge então um violento pentágono amoroso: o ex-pedófilo se apaixona pela jovem de 13 anos, que num ato de ciúme dorme com a mãe da heroína. O irmão, ao descobrir a traição da namorada se vinga numa noite de amor com a irmã caçula.

Quando tudo parece perdido, surge então Totó, o cachorrinho vira-lata, representando todos os desabrigados da sociedade capitalista. Totó, com sua simplicidade canina, une todos os antes antagonistas num coletivo de amor, tendo em Totó o herói romântico cheio de carícias e amor sincero. Por ser um cachorro Totó escapa dos rótulos da sociedade ocidental. Seria Totó homossexual? Bissexual? Heterossexual? Ou apenas um jovem cão em busca de sua autoafirmação na sociedade?

No último capítulo, o antes pentágono amoroso, agora transformado num hexágono coletivo, consegue na justiça o direito de adotar um casal de gêmeos de 11 anos de idade.

Com um enredo desses sou imbatível!!! Serei o próximo escritor da novela das 9 da Globo!!!

3 comentários:

samuel disse...

Faltou colocar um ladrão do PT para completar o enredo. ENREDO MORAL ATUAL E BRILHANTE....kkkk UMA GRANDE COLABORAÇÃO PARA A CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL ....

Anônimo disse...

Importante: Dilma sancionou a lei da guarda compartilhada.

Anônimo disse...

Meu Deus é o fim. Casal de 13 anos e 51. Pedofilia. Mortes. Você está tentando misturar um dramalhao mexicano com um boletim de ocorrência. Espero que essa trama nunca chega ao ar.
Cachorrinho Totti, rsrsrsrs

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email