quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Um Conselho a Donald Trump: Aprenda com o Fracasso Econômico do Brasil

Muitos comemoram a "vitória" de Trump no caso da empresa Ford (que decidiu investir US$ 700 milhões nos Estados Unidos). Parafraseando o rei Pirro, digo que outras vitórias dessas e a economia americana irá sofrer.

Vejamos o exemplo brasileiro. Nos últimos anos, o Brasil incrementou a política de componentes nacionais (que exige que determinada parte dos insumos seja produzido no Brasil). Usou política tributária desonerando impostos para estimular setores específicos. Expandiu artificialmente o crédito para fornecer juros subsidiados a grandes empresas (numa política conhecida por "campeões nacionais"). Manteve impostos de importação altos impedindo a entrada de produtos importados e garantindo a produção de diversos produtos dentro do Brasil. Criou uma lei de licitações que dava preferência a empresas brasileiras mesmo que essas cobrassem um preco mais alto.

Sabe qual foi o resultado disso tudo? Uma depressão econômica que já dura 10 trimestres (2 anos e meio). Trump tem ideias econômicas parecidas com as do governo Dilma e Lula. Tal política costuma dar vistosos e bons resultados em curtos períodos de tempo, mas com o passar dos anos as ineficiências causadas por tais medidas vão se acumulando, e diminuem a produtividade da economia. O resultado é uma brutal recessão econômica com expressivo aumento do desemprego.

Trump deixo aqui uma dica para você: aprenda com o fracasso econômico do Brasil. As medidas que o governo Trump ameaça tomar na economia SAO AS MESMAS dos governos Lula e Dilma no Brasil. O resultado será o mesmo: recessão, inflação e desemprego.

Nao deixa de ser irônico notar que os petistas que criticam as ideias econômicas de Trump são os mesmos que defendiam essas mesmas ideias nos governo Dilma e Lula.

Abrir a economia, diminuir e acabar com as barreiras ao comércio, facilitar a abertura de novas empresas e a adoção de novas tecnologias, diminuir os impostos para toda a economia (e não para setores específicos), e manter as contas públicas em ordem. Esse é o caminho da prosperidade.

Nenhum comentário:

Google+ Followers

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email